O nome não é sorte, Noblat

Em sua coluna na Veja, Ricardo Noblat diz que Flávio e Jair Bolsonaro “são dois homens de muita sorte” por não ter “vazado a informação” de que o “Filho 01” estava sendo investigado por suspeita de enriquecimento ilícito e por não ter se ficado “sabendo à época da ligação deles com milicianos”.

Sim, porque Flávio começou a ser investigado em maio, cinco meses antes da eleição de outubro.

Ressalve-se a ironia do “sorte” usado por Noblat, mas passou da hora de apenas sugerir que para uns se vaza tudo, para outros, o sigilo permanece até que os fatos se consumem.

É inacreditável que os protagonistas dos escândalos de movimentações financeiras milionárias não tenham, sequer, sido levados a prestarem esclarecimentos.

Na mesma Veja, relata-se o desaparecimento de todos os personagens envolvidos no caso: casas e apartamentos fechados, correspondência acumulando-se nas portas, outros negócios abandonados, sumidos na lama que escorreu das contas de Fabrício Queiroz.

Quando será que os promotores do Ministério Público se dignarão a começar as buscas?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. O Ministério Público é tão criminoso como os criminosos que investiga. Pois faz da sua função institucional uma ferramenta de guerra político partidária: quando o assunto é do seu interesse político, como prejudicar Lula e o PT, vazam seletivamente informações para a imprensa, principalmente pro Jornal Nacional, como as “delações negociadas” de Palocci às véspera do 2º turno das eleições presidenciais.

    Já quando as investigações giram em torno de seus parceiros partidários, como a Famiglia Bolsonaro, escondem seletivamente as informações à imprensa.

    As maracutaias de Flávio Bolsonaro e a ligação da família do atual Presidente da República com milícias do Rio de Janeiro já eram do conhecimento do Ministério Público a pelo menos seis meses antes das eleições, mas foram mantidas em segredo, pois se vazassem Jair Bolsonaro e os filhos não se elegeriam nem síndicos dos prédios onde residem.

    Outro detalhe grave: Queiroz e seus familiares desapareceram, não são encontrados em lugar nenhum. Queima de Arquivo é uma das especialidades das milícias.

    E aí Sérgio Moro? E aí Dallagnol? Ficaram Cegos, Surdos e Mudos, seletivamentes.
    #HipocritasECriminosos

    1. É igual a polícia e a milícia no RJ… estão tão misturados que não se diferencia mais um do outro … E nesse bando se mistura BOSTONAROS, CUNHAS, WITZEL, BRETAS & cia

  2. Pre-condição para qualquer bandido é não possuir moral alguma.
    Isso explica o sigilo empregado pelos “vazadores” profissionais no caso da familia asno e a pressa pra botar a boca no trombone no caso dos pts.
    Dupla moral é coisa de imoral,de bandido.

    1. Com pessoas de dupla moral, certas precauções devem ser tomadas.

      Mas, com o “complexo de Jesus Cristo”, a esquerda seguiu a “retidão moral” e entregou Lula numa bandeja de prata, ao invés de tê-lo conduzido a uma embaixada. Os imorais agradecem.

        1. Lembrado e ao mesmo tempo indevidamente apropriado por outros e esquecido.

          Basta ver o que aconteceu nos quase 2000 anos seguintes e o que foi feito em seu “nome”. Ele não estava pessoalmente para “dar pitaco”.

          Aliás, nunca engoli direito essa história do sacrifício. Não seria mais produtivo Deus – por exemplo – levitar o Pôncio Pilatos? Tanto foi que muita gente duvidou – e duvida até hoje – que ele fosse o Messias. A visão do ressuscitamento ficou para os “petistas” da época, os apóstolos. O que restou em boa parte na História foi um moralismo em que vale à pena temer a Deus, ser mártir e se sacrificar – para o riso cínico dos poderosos e covardes.

          Aliás, essa ideia do nosso “chanceler da Terra plana” de transferir a embaixada para Jerusalém é uma perversão sobre os pensamentos de Cristo.

          Lula vai ser lembrado? Oh, que meigo! Enquanto isso, os inimigos de suas ideias ganham de lavada – apesar dele ainda estar vivo. E os mais necessitados vêem oportunidades de uma vida mais digna desperdiçadas por mais um tempo.

        1. Meu caro, essa solução da embaixada passou pela minha cabeça quando ainda faltavam três meses para Lula ser preso. E sugeriria a Rússia, porque a China está muito “busine$$”.

          A diferença é que sou apenas um mero eleitor e simpatizante; não sou filiado, e muito menos “cacique” como o tal Zé Cardoso. Serei eu algum iluminado? Não…apenas um outsider que já viveu o suficiente para perceber as sacanagens do mundo.

  3. Aqui no brazil-colônia imperam várias cracias: Cleptocracia, “Merito”cracia, Plutocracia etc. São tantas as cracias, mas, acredito que para estes tempos sombrios e neomedievais, vejo-me compelido a criar um neologismo, especialmente em homenagem ao Moro: Hipocritocracia.

  4. Quando será que os promotores do Ministério Público se dignarão a começar as buscas?Eu digo NUNCA.

  5. E os criminosos lavajateiros, tão falantes, como o “cu-de-frango” e o “dartagnan propanolol”? Por que estão silentes? E a meganhagem das diversas polícias, promotores/procuradores e juízes que não saíam dos holofotes? Por onde andam esses moralistas sem moral?

  6. Em nome da moral, da família e do combate à corrupção,
    “TRANSFORMAM O PAÍS INTEIRO NUM PUTEIRO,
    PORQUE ASSIM SE GANHA MAIS DINHEIRO”.

    A história do Brasil parece um eterno “deja vu”.
    A colônia miserável a que nos reduziu essa elite do atraso é uma gigantesca Macondo girando na espiral da decadência e do retrocesso civilizacional.

  7. Quando os promotores agirão? Neste caso, especificamente, agirão com calma, cuidado para não cometerem injustiça.
    Afinal, voltamos a ouvir e ler coisas como “validade das provas obtidas”, “presunção de inocência”, “sigilo bancário e telefônico devem ser preservados”, “ônus da prova”, “é preciso investigar tudo antes de qualquer acusação”, “devido processo legal”, “informações obtidas de forma ilegal não têm validade jurídica”, “o caso tramita sob sigilo”, “MP não pode atuar sem limites”. Vazamento de informações para a Globo? Jamais!! Seletividade nos depoimentos? NÃO!! Telefones de advogados de defesa grampeados por um juizeco de Curitiba? NÃO!! Telefone do gabinete do presidente grampeado, seu conteúdo gravado e divulgado em rede de televisão? QUE ABSURDO!! Isso aqui é BRAZIL!! Com “Z”, taokey? E os canalhas nem disfarçam.

  8. O MP e judiciário fazem parte da lama. Biológicos. A lama nasceu deles, com a iniciativa deles, e ” com STF e tudo” destruiu nossa soberania, democracia. Eles fedem.

  9. Não ouviram sequer os funcionários que depositaram na conta de Queirós. Oito funcionários não localizados.

  10. Alguém precisa investigar na Câmara dos Vereadores do Rio. O Carlinhos deve fazer o mesmo esquema.

  11. :: * * * * 04:13 * * * * * : Elles (Ou Mal lutar é lutar mal)

    Nunca se viu povo tão idiota
    militando contra a própria sorte!…
    Mesmo toda paciência se esgota
    quando os “fracos” idolatram o “forte”.

    E ainda esperam alguma cota…
    Coitados! Que o tempo não lhes corte
    a memória em meio à tal rota
    da vida indo ainda mais para a morte…

    ……………………………. Cláudio Carvalho Fernandes
    ……………………………. (Poeta (anarcoexistencialista))
    Poema dedicado ao eleiTORADO brasileño, no pós-eleições de 2018…
    :.:
    Poema “Z”
    Para Dilma, Lula e o PT e todos/as os/as progressistas do mundo inteiro. Sinta-se homenageado/a, também.

    Penso

    Logo(S)

    ReXisto

    :.:

  12. Os milicianos associados a Flávio Bozonazi já queimou todas as testemunhas, em pneus (microondas) para não deixar nem os ossos.

  13. O Ministério Público é uma casa de prostituição. Contra a elite branca venda os olhos,contra o João-ninguém é um leão faminto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.