“Não fui eu”, de Cármem Lúcia. Sinais de curto-circuito no STF

A nota da ministra Cármem Lúcia, amanhã presidente da 2ª Turma so STF, a quem competiria, em tesa, definir a pauta de julgamento da sessão e amanhã, nega de forma veemente que seja ela a responsável por tirar da pauta o julgamento do pedido de suspensão do pedido de suspeição feito pela defesa de Lula sobre o juiz Sérgio Moro.

O que quer dizer que há uma confusão o total sobre o que vai acontecer amanhã na sessão da Turma do tribunal.

Porque, não importa o que se diga, quem estarpa com o comando da pauta amanhã.

Céámem Lúcia tirou o corpo fora e não se pode descartar a hipótese de que vem coisa pesada por aí.

Quando  ministros começam a “tirar o corpo fora” é sinal e que os acordos internos estão ruindo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

29 respostas

  1. Na quinta-feira da semana passada, dia 20/06, Monica Bergamo lançou o primeiro balaio de ensaio [1] do adiamento da decisão. Na sexta-feira, 21/06, o Valor lançou o segundo balão de ensaio [2], informando que “(…) “agora, sob o comando de Cármen, o processo continua previsto para análise na terça-feira, mas passou do terceiro item da pauta para o último, numa lista de 12 ações. A inclusão de novas matérias por parte da ministra tem sido apontada como uma maneira de adiar a análise, já que pode não haver tempo na terça-feira para analisar o HC de Lula.

    Finalmente, na segunda-feira, 24/06, apareceu a conversa mole de Gilmar anunciando adiamento, por causa da mudança de pauta e por que seu voto tinha 40 páginas. E, no mesmo 24/06, à noite, veio a nota da Carmén Lúcia tirando o corpo fora. A beata passou – desde a notícia do Valor em 21/06 – mais de 3 dias rezando ou dormindo e só despertou ontem? Brincadeira.

    Fica a impressão de alguma extorsão sobre a defesa do ex-presidente, para ceder ou aceitar alguma coisa, pois algo nesse sentido já ocorreu, com a tal história da domiciliar com tornozeleira e tapa-boca, recusada por Lula.

    Pode ser também que nesta terça-feira, 25/06, alguma bomba Intercept-adora exploda, nas manchetes matinais ou no depoimento de Glenn Greenwald no congresso, e que os excelentíssimos homenageados no bordel Bahamas tenham sido avisados, levando à mudança.

    Assim caminha o CTF (sem cedilha) que temos, com general com tudo.

    – – – – – – – – – – – –
    [1] 20/06https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2019/06/stf-pode-adiar-o-julgamento-sobre-a-suspeicao-de-moro-nos-processos-da-lava-jato.shtml
    O STF (Supremo Tribunal Federal) pode adiar o julgamento sobre a suspeição do ministro Sergio Moro nos processos da Lava Jato, marcado para a terça-feira (25). CONSENSO?A pressão é grande no sentido de postergar a análise do caso. Mas a decisão só deve ser tomada no dia, e por todos os cinco ministros da 2ª turma, que julgará o pedido de habeas corpus apresentado pela defesa de Lula.
    [2] 21/06https://www.brasil247.com/regionais/brasilia/carmen-lucia-e-quem-manobra-para-adiar-julgamento-de-lula

    1. Pessoalmente, aposto na ida de Greenwald à Câmara:

      1) ele levará material de alto poder de fogo, e tornará impossível evitar a “queima” do rábula de Curitiba e a liberação de Lula, pela pressão popular, ou;

      2) aproveitarão a presença física dele em Brasília, sem dar-lhe sequer tempo de apresentar material algum, para detê-lo provisoriamente e extorquir a identidade de sua fonte, por pressões militares e do Planalto.

      Vejamos a qual pressão o Supremo se acomodará.

    2. É bem por aí. Acho que não vai dar tempo de julgar o caso de Lula e vão mandá-lo para prisão domiciliar por ofício, porque “não teve tempo” de analisar o caso, como se já não estivesse na cara de todo mundo. Eu se fosse Lula, se as leis permitirem, não ia para prisão domiciliar. Sairia pela porta da frente abraçado com o povo, como fez Mandela.

      1. O STF assim como o governo estão em compasso de espera, para ver o que mais o Intercept tem contra a dupla Moro&Dallagnol….e o principal: se a Chefia nos EUA vai continuar protegendo e bancando seus dois agentes……Não é segredo pra ninguém, que a elite do Mercado Financeiro Internacional já andou se queixando da incompetencia administrativa do governo e anda cogitando a troca por uma gerencia mais preparada tecnicamente, mas o presidente Trump apoiou publicamente o presidente Bolsonaro e pega mal descartá-lo assim sem mais nem menos (sem um motivo forte)…..Na minha opinião (como de alguns analistas poliíticos), a Vaza Jato é a tentativa de acertar o comando politico administrativo do país, dentro dos moldes requeridos pela Elite Financeira global. Quanto a dupla Moro&Dallagnol, acredito em 2 saídas: ou serão colocados na prateleira de objetos usados do Deep State americano (junto com outras bugigangas), na melhor das hipóteses, ou jogados na lata do lixo (já que cumpriram seu papel e perderam a serventia).

  2. Golpista desde o Mentirão, o STF não deixará de sê-lo agora…
    Estamos nas mãos de militares, servidores civis e empresários escravagistas e entreguistas.
    Chama o ladrão, chama o ladrão…

  3. vem outra “bomba” do intercept e lembrando dia 30 de junho tem a beatificação de moro. ai gilmar puxou a pauta.
    STF adia julgamento de HC em que Lula pede suspeição de Sergio Moro
    Hyndara Freitas
    Lula
    Ex-presidente Lula / Crédito: Fernando Frazão/Agência Brasil
    Esta reportagem foi alterada às 19h58 de 24 de junho para corrigir o nome do ministro que retirou o processo de pauta: não foi Cármen Lúcia, mas, sim, Gilmar Mendes
    O julgamento do habeas corpus de Lula em que o ex-presidente pede a suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, foi oficialmente adiado. O caso iria ser julgado pela 2ª Turma nesta terça-feira (25/6), mas o ministro Gilmar Mendes, que está com vista do processo, o retirou de pauta.

    Pouco antes, a defesa de Lula havia solicitado prioridade para o julgamento do HC. Como a sessão desta terça-feira é a última do semestre, o caso só deve voltar a ser analisado depois do recesso, a partir de agosto.

    +JOTA: Assine o JOTA e não deixe de ler nenhum destaque!
    Antes mesmo desta confirmação, já havia a possibilidade do não julgamento do pedido de liberdade de Lula, porque a sessão da 2ª Turma está com uma pauta extensa. Este, aliás, foi o motivo pelo qual Gilmar Mendes resolveu não devolver o HC para julgamento – como ele pediu vista, pode dizer quando vai liberá-lo para julgamento.

    Antes do adiamento, havia, além do HC de Lula, 11 processos na pauta, e o HC de Lula se encontrava na última posição da pauta.

    Em nota, a ministra Cármen Lúcia negou que tenha sido ela a excluir ou incluir processos na sessão de amanhã, pois sequer assumiu a presidência da turma – ela substitui o ministro Ricardo Lewandowski na presidência da 2ª Turma. Explicou, ainda, que a ordem da pauta não necessariamente é a ordem de julgamentos.

    “Em todas as sessões, é dada a preferência e prioridade aos habeas corpus, determinada pelo ministro relator ou vistor. Todo processo com paciente preso tem prioridade legal e regimental, especialmente quando já iniciado o julgamento, como nos casos de vista, independente da ordem da pauta divulgada”, diz Cármen Lúcia na nota.

    Defesa pede prioridade
    Justamente por conta da probabilidade do processo não ser julgado agora, a defesa de Lula pediu prioridade na tramitação do habeas corpus mesmo antes da confirmação do adiamento, destacando que o ex-presidente já está preso há muito tempo e que o caso já começou a ser julgado.

    “O paciente encontra-se preso desde 07/04/2018, em decorrência da execução inconstitucional e antecipada da pena criminal da referida ação penal. Ou seja, o Paciente já está preso há 443 dias”, diz a defesa em petição protocolada na tarde desta segunda-feira (24/6), endereçada à presidente da 2ª Turma, Cármen Lúcia. Uma nota com o mesmo teor foi encaminhada ao ministro Gilmar Mendes.

    Neste habeas corpus, Lula pede a anulação de seu julgamento no caso triplex por suspeição do então juiz Sérgio Moro por suposta parcialidade. O mesmo pedido já foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

    Hyndara Freitas – Repórter

  4. Pode ser que a Ministra Carmen Lúcia saiba o voto de Celso de Mello e
    esta colocando o Gilmar em xeque … ai, ele vai pedir vista novamente
    alegando fatos novos… ou simplesmente o Gilmar vai usar o julgamento
    do Lula como moeda de troca… as hipóteses todas são válidas… até
    mesmo haver julgamento… com qualquer resultado

  5. Essas manobras para não votar o HC de Lula são criminosas. Se eu falar o que penso do STF provavelmente serei condenado à prisão perpétua.

    1. Chamá-los educadamente de felhasdaputa canalhas e bandidos não vai mudar nada!
      Destruíram o Poder Judiciário só para prender LULA… que otários!
      Junto para a mérda foi o MPF, a PF, o 4TRF…
      E, os vazamentos vão trazer outros canalhas para o cenário!

      1. Junto com a destruição do “çupremo” destruíram também o país com o único propósito de encarcerar o ex-Presidente mesmo ele não tendo cometido crime algum. Em qualquer país medianamente civilizado quem estaria na prisão seria o marreco de Maringá e seus principais cúmplices.

  6. ElPais – Entrevista com o criminalista Maurício Dieter:

    ” O controle da pauta no STF é o que há de mais autoritário na Corte. Autoritário exatamente no sentido de discricionariedade sem limite. Isso mostra, entre outras coisas, a enorme distância que existe entre os ministros, incapazes de definirem uma agenda consensual para os julgamentos mais importantes do país, subordinando esses assuntos a critérios pessoais, de mera conveniência. É o tipo de disputa de micropoder local, que alguém nunca esperaria em uma Corte que, em tese, deveria ser formada por pessoas com notório saber e reputação ilibada. A pior manifestação do STF nesses casos é o silêncio provocado pelo adiamento, a renúncia em julgar diz muito sobre o lugar que, infelizmente, o STF ocupa hoje. Quanto aos motivos, só resta a especulação. E o que vem à mente não é bom, não dignifica a Corte, porque a única razão para esse adiamento parece ser o receio de não ter as próprias decisões respeitadas.”

    https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/23/politica/1561300934_564924.html

    1. Análise perfeita. O Supremo está com MEDO, acuado. Sabe que por trás da operação Lava Jato está o Deep State americano…Por isso o compasso de espera para ver qual o poder de fogo do site Intercept (ou seja, de quem está por trás da operação Vaza Jato). Qualquer gesto em favor de Lula, é colocar a cabeça na linha de tiro…..Não vão se arriscar.

  7. (…)E a história também ensina que não importa o quão poderosa seja a pessoa no momento em que maneja a interpretação das leis contra o texto legal, com fundamento em aparentes boas razões e também não interessa a que título exerce o poder, se deriva da riqueza ou da ocupação de um cargo público: o exercício do poder é algo transitório e amanhã será o poderoso de ontem a reclamar em sua defesa o direito que ele próprio pisoteou e ajudou a destruir.(….) Geraldo Prado. No viomundo.

  8. O Sinal é simples . Quando o Intercept citou FHC , em ter tido proteção de Moro , Gilmar antes contra Moro , virou a casaca . E todos sabemos porque . Não será dessa vez que teremos ” Lula Livre ” .

    1. Como já disse um dos leitores aqui do Tijolaço: deve ter havido um singelo telefonema de fhc para o Gilmar.

    2. “A declaração de ontem, de Carmen Lúcia, reforçando todos os argumentos a favor do julgamento do HC, aquela que é incapaz de qualquer gesto de grandeza, foi apenas a vingança, com requintes de crueldade, de todas as vezes em que ela foi o bode expiatório. Jogou no colo de Gilmar a bomba do adiamento e reforçou o grau de arbitrariedade da decisão, caso Gilmar leve a tática adiante.”
      https://jornalggn.com.br/recado-do-nassif/recado-do-nassif-o-julgamento-de-hoje-podera-ser-o-strip-tease-final-do-supremo/

  9. Ele leva a culpa pelo conjunto da obra. É como o flatulento compulsivo, que solta e sai da sala dizendo que não foi ele.
    Não adianta disfarçar, Bruxa do 71! Você peidou!

  10. Não irão finalizar o julgamento. Aguardarão as próximas semanas para avaliarem se entre as mentiras golpistas versus as revelações da vaza-farsa-jato, precisarão sair ou não do acordo costurado pelo Jucá.

  11. O g precisa mudar e estratégia se quiser viver em um país democrático, invejo agora a Venezuela com todos problemas que os americanos criaram, e ainda criam, aquele povo, com militares briosos, defendem seu país com coragem, passam fome mas não perderam a dignidade. Os canalhas bradam contra uma ditadura argumentanto que Maduro foi eleito com os adversarios presos, aqui canalhas no poder se posam de democratas, insistem em manter um inocente na cadeia e aceitam um criminoso acoitado no ministerio da justiça, e a ONU e a OEA? Quietinhos quietinhos. Está chegando a hora de mudar procedimentos em defesa da verdade, os canalhas pagarão o preço.

  12. Quantun rest novis foran dumitan glorian mandart parnasis! “quantos rapazes novinhos dormiram com glorinha e não gostaram e mesmo assim mandaram pães para ela porque ela estava com fome?

  13. Prestidigitação explicita que não funcionando, o grito foi muito alto, ficou como tendo sido uma obra do além a colocação do processo do LULA no fim da fila. me engana que eu gostio!!!!

  14. Passou da hora de mudar tudo no ]Judiciário, uma Reforma total, inclusive nos MPs, Superiores e Supremo. Do jeito que está, parece que quanto mais alto o cargo, mais são escalados protetores de bandidos de todos os tipos, pelos que detem o poder de indicar quem vai ocupar esses cargos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.