A inquisição bolsonarista nas igrejas

Quem acha que é exagero dizer que há um processo de talibanização da fé religiosa promovido pelo bolsonarismo deve ler a reportagem de hoje da BBC News sobre o afastamento de fiéis, por expulsão ou decepção, que não concordam com a “pregação” do voto em Jair Bolsonaro em igrejas – não só evangélicas, mas também católicas – em todo o Brasil.

Um deles conta que o pastor ameaçou “queimar” quem, na igreja, votasse em Lula:

“Teve um culto em que o pastor chegou e falou que se o candidato Lula fosse eleito e fossem queimar as igrejas, ele ia mandar queimar primeiro quem votou nele. Isso não foi fora da igreja, não foi nos corredores, foi na frente da igreja toda”

Outro, reunia pais e mães de jovens para dizer que, se estes fossem para a universidade pública, se transformariam em drogados ou em homossexuais.

O rosário de horrores é imenso.

Maior, porém, é o horror de uma país vai perdendo a capacidade de existir de forma civilizada.

Por isso, a caminho de talibanizar-se.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *