A pizza policial agora é “expressa”

Quando falou da chacina de Santa Teresa, no mesmo dia do assassinato por desídia dos garotos do Flamengo, este blog perguntou: “perícia para quê?”.

Hoje, passado apenas o final de semana, esta descrença já se comprovou arrazoada.

O  porta-voz da Polícia Militar do Rio, coronel Mauro Fliess, afirmou ao “Bom Dia, Rio”, da Globo, que “não há indicativo de irregularidade na ação dos PMs que participaram da operação nos morros da Coroa, Fallet e Fogueteiro e dos Prazeres”.

Sequer esperou os resultados da perícia feita no local.

Fliess, até pouco tempo, era o comandante do Batalhão de Choque, unidade envolvida no episódio e é bem esperado que, nos tempos de hoje, decrete que foi “legítima defesa” e “uso moderado da força”.

É só olhar a parede multiperfurada da casa onde morreram 10 pessoas para ter ideia da fuzilaria que ocorreu ali.

Claro, a “Lei Jair” já está em vigor, mesmo não tendo sido sequer mandada ao Congresso.

A regra, agora, é “matar geral”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Terceira lei de Newton: A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em sentidos opostos.
    Em relação ao Tucanistão, parece que o atual governante não sabe do que aconteceu por aqui em 2006. Vai ver estava muito ocupado organizando desfiles de cachorros de madames.

  2. O chamado “homem de bem” que quer andar armado no fundo tem a fisura de matar. Vai buscar qualquer pretexto para alegar legítima defesa e então fazer valer o seu desejo de matar. É como o brigão de rua, ele procura encrenca para botar em prática a sua destreza na luta. É tudo assassino enrustido. O homem de paz quer distância de briga e de armas.

  3. O mais trágico é que, impressão minha, OITO entre dez pessoas acham que a ação foi correta. Estamos numa rota para a tragédia que, na minha opinião, não tem mais retorno. Inacreditável que psicólogos, sociólogos, filósofos, etc, não tenham percebido e alertado de maneira EFETIVA, para o processo de adoecimento mental que a lavagem cerebral da mídia ocasionou ao longo dos anos.

    1. é o apoio desssas pessoas que a PM atua dessa forma…
      até que um dos que apoiam sofram na mão da PM
      aí eu quero ver o chororô – e esse dia vai chegar

      1. Chorará aquele que sofrer a perda de um ente querido, jamais admitindo, contudo, que ele próprio respaldou os autores.
        Enquanto isso, os demais aguardarão cada um a sua vez, cada um chorará a mesma dor e nenhum jamais admitirá a coautoria.
        E, depois, o próximo, e o próximo…

    2. Mídia que daqui algum tempo, depois de alcançado o objetivo, haverá de fazer um novo “mea culpa”. E a canalhice se perpetua.

    3. Pessoa da família, psicóloga, para ela, Lula tem que morrer na prisão, ”imagine se todos os presos tivessem o direito de sair para velar os parentes” disse. Para ela, bandido bom é bandido morto ”cadeia ou bala”, diz ela, ”tenho horror ao machismo”, mas todo apoio ao Bozo e finge que Damaris não existe. A maior parte da elite ”intelectual”, quando não brada apoio explícito ao libera geral para matar o fazem de maneira velada. Como você disse, a tragédia é inevitável e, com a inércia dos movimentos sociais e da apatia do povão, que parece pedir pelo açoite, me parece que será a única saída para acordar o país.

  4. e nem vou comentar que os mortos estavam desarmados
    foi execução sumária

    os juizes que se cuidem, logo não serão mais necessários, a puliça fará tudo, julgará condenará e fará a execução – tudo no mesmo momento, e zéfini

  5. Jovens morrendo fuzilados, aos monte, como se fora uma banalidade. E, claro, uma ação do tipo jamais aconteceria em outra classe social, embora saibamos que ricos, mauricinhos, aprontam todas e sempre, em todos os estados e DF.
    A continuar assim a violência contra pobres e negros, estaremos apenas constatando uma ideia de higienização social moderna, sob argumentos bem ao estilo de quem compactua com isso.
    Teve até quem ofendesse os meninos mortos no incêndio das instalações do Flamengo, com racismo. É desse jeito!

  6. “bandido bom é bandido morto” .A prática da barbarie levada ao poder, continuarem assim,nã demorará e terão a óbvia resposta do outro lado.
    O engomadinho botox de SP( estado de imbecis como esse está pra se fazer!!!!) quer “combater” o PCC.
    É melhor pra ele que só esteja jogando pra torcida ,porque esses caras não brincam ,ou veremos o engomado numa foto com seu penteado estragado???
    POLÍTICAS DE REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA ,CONCRETAS ,EFETIVAS,APLICADA POR PROFISSIONAIS COM ABUNDANTES RECURSOS E _FOCADAS NAS CAUSAS E NÃO NAS CONSEQUÊNCIAS_, ATÉ AGORA NADA ,ABSOLUTAMENTE NADA.

  7. Vejo propaganda para imigrar para o Canada, se for difícil ir para os Estados Unidos vá para um puxadinho americano de luxo, como o Canada, ou também tem uns menos luxuosos como o Panama e Honduras, na America do Sul temos Paraguai e já temos “bananas” por aqui. Será que nos temos que tirar os sapatos para ir aos puxadinhos?

  8. Está bem claro a proteção da categoria PM. E espero isenção da perícia para que a verdade venha à tona!

  9. O objetivo talvez seja o de atingir os “30 mil” que deveriam ser eliminados, conforme anunciava Bostonaro.

    #LulaLivre

  10. Em breve as milícias começarão a agir em bairros da pequena classe média para irem subindo aos poucos de status e de rendimento. Tudo isto com apoio destes policiais que exterminam rivais para deixar livre para seus colegas.
    A imbecilidade da classe média brasileira é tal que nem história da humanidade eles conhecem, e não sabem como o crime (organizado mesmo, e com apoio político) tomou conta de centenas de cidades no mundo.

  11. Tanto no caso do Flamengo quanto no de Santa Tereza as perícias vão inocentar o clube e a PM. Motivo: as vítimas eram negras. Os casos me fez lembrar de dois filmes: Titanic (para o caso do Flamengo) e O Massacre do Dia de São Valentim (para o caso de Santa Tereza).

  12. Ocupar o pessoal da perícia em mortes de pessoas de cor negra nesse governo? Nem pensar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.