Alguém duvida que só sabujos entram no governo?

É irrelevante a discussão sobre quem serão o ministro da Justiça e o diretor da Polícia Federal.

Quem entra, independente da sua desqualificação pessoal, o fazem com a condição de serem cúmplices de Jair Bolsonaro numa operação de obstrução ao Poder Judiciário que, tardiamente, resolve investigar o clã presidencial.

É o preço que se paga pelas ambições do Judiciário, do Ministério Público e da própria PF em terem encontrado como resultado de suas ambições em chave para se tornar uma mixórdia, como são hoje.

Jair Bolsonaro tomará o controle da área policial, como Moro antes o tinha.

Ou alguém acha que a ligação entre Maurício Valeixo e Sérgio Moro era diferente da que Bolsonaro pretendia e pretende ter?

Os hackers de Araraquara foram descobertos em tempo recorde, ao contrário dos assassinos de Marielle Franco e os cúmplices do Queiroz.

As flechas de Rodrigo Janot viraram flácidos chuviscos de Augusto Aras.

O bambu, afinal, se verga muito, para sobreviver ao vento.

Moro foi uma virose mortal para o sistema judicial brasileiro. Contaminou em massa e tornou quase impossível respirar o ar do estado de Direito e de um regime de garantias.

A saída do governo Bolsonaro não representa muito, porque, como se viu nas ruas de Brasília, hoje, a malta que o apoiava agora grita contra ele e pelo capitão patético.

O aprendiz de feiticeiro togado conjurou os espíritos bestiais que avançam contra ele.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. Luiz Inácio falou!
    Luís Inácio falou!
    os mesmos que ti cortejam
    Vão ti jogar cocô…

    A rima/paródia é pobre, mas, é verdade este bilhete!

  2. Claro que todos são cumplices de Bolsonaro, principalmente aqueles que alémdele querem dizer quem é para ser preso ou para ser solto, independente de culpa ou de provas, estou falando dos quem o tutela, não tiveram um voto sequer é se auto-intitulam salvadores da pátria, será que divulgam seus reais interesses? A mando é subordinados a quem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *