As duas Avenidas Paulistas

Uma destas “Avenidas”, todo mundo está vendo, até porque a grande mídia, desta vez, não fez o boicote de noticiário que ensaiou no dia 29 de maio,. É um mar de gente, de se ombrear com mas maiores que aquelas pistas diante do Masp já viram. lotando, conforme a avaliação, entre 10 e 15 quarteirões, nas duas pistas.

A outra Paulista, vazia hoje, é a Avenida do dinheiro e do poder econômico, a de gente que, não raramente, acha que é possível fazer um país dar lucro contra o seu povo.

As duas avenidas estão em confronto.

Uma segue engordando; a outra, está perdendo pais, mães, filhos, amigos.

E representa ali a outra, que come com cada vez menos – é menos, Paulo Guedes, é quase o alumínio das quentinhas e não as sobras que você vê restarem no seu prato.

A Avenida Paulista de hoje mostra, de graça, o que a outra Paulista, pagando a peso de ouro, encomenda a seus consultores: que este governo – embora não importe a eles que seja selvagem, imbecil e tosco – não tem condições de sobreviver.

A outra é a a avenida das motocicletas possantes e luxuosas, mantidas como hobby e afirmação máscula.

A Paulista de hoje é também é uma afirmação: a de o Brasil quer se livrar deste governo.

Quando um país quer derrubar seu governo, isso acontece, seja ou não pela via eleitoral.

O controle do Legislativo dá a Bolsonaro a quase certeza de que não enfrentará um pedido de impeachment, que poderia, até, ganhar muita força.

Não há perspectiva de que isso possa acontecer em pouco tempo e, entrando num ano eleitoral, impeachment torna-se um pleonasmo, diante das urnas.

Nelas, importa a Paulista de hoje. As “Paulistas” que encheram ruas cariocas, mineiras, gaúchas, pernambucanas…

Resta saber se a outra Paulista quer seguir até o fim com o monstro que criou e ser devorada pelo desastre em que ele se transformou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *