Assange: a verdade deve ser presa

Era esperado pelo próprio WikiLeaks que o Equador, depois de sete anos, entregasse Julian Assange, apesar das convenções sobre asilo político.

Assange, desde que o traiçoeiro presidente Lenín Moreno, que voltou as costas, logo que eleito graças ao apoio de Rafael Correa, para tudo o que representava politicamente e se aliou à mais desmoralizada direita, era uma grande “mercadoria” a ser negociada por favores dos Estados Unidos.

A acusação de violação de segredos é ridícula: o dever de manter sigilo é de quem o deseja e não pode estender-se a civis, ainda mais de outras nacionalidades, como a australiana, de Assange. Tanto que procuraram detê-lo com uma armação, a de que teria cometido abuso sexual, muitos anos atrás, contra duas jovens na Suécia. Acusação que, hoje, foi arquivada pelos próprios investigadores daquele país.

A prisão de Assange, “por violar segredos” aos quais não devia qualquer fidelidade, é um atentado à liberdade de informação. Infelizmente, ao que parece, sem nenhuma reação da comunidade mundial.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. OS DITADORES ,PATRÕES DO ASNO PRESIDENTE E DOS FARDADOS GENOCIDAS BRASILEIROS ,CONTINUAM A SE SENTIR E AGIR COMO DONOS DO MUNDO.
    TODO IMPÉRIO CAI ,E ESSE COMEÇOU A RUIR FAZ UM TEMPO .
    ASSIM COMO TODOS ELES ,OS QUE VIRÃO NO SEU LUGAR DEVERÃO SER COMBATIDOS.
    Assange ,Snowden e Bradley Manning (o militar que permitiu que todo esse lixo americano viesse a tona),são o símbolo da luta contra os tiranos.
    MAIS UM A ACOMPANHAR A LULA EM NOSSO PEDIDO DE LIBERDADE.
    LULA LIVRE !!
    ASSANGE LIVRE !!!
    BRADLEY MANNING LIVRE !!!

  2. Dia muito triste para a liberdade de imprensa e a América do Sul. E o povo equatoriano, nessas “tenebrosas transações” (apud Chico Buarque), ganhará o mesmo que Inês ganhou atrás da horta…

    1. Deve estar submetido as chantagens análogas ao que houve com pessoas/instituições aqui no Brasil. Um traidor asqueroso esse Moreno.

  3. Para que se mantenha o famoso ” status quo “, este homem foi preso. Dane-se a liberdade de informação!

  4. Esse Lenin Moreno me lembra um certo professor do Insper, que posa de esquerda e beneficia-se do clamor por um certo prisioneiro de guerra, guerra híbrida.

    1. Dizem que temos de ter cuidado com o que desejamos… imagino o que aconteceria se o professor estivesse no poder.

  5. Sempre ouço alguém reclamando da passividade do povo brasileiro. Mas Lula tem tido o apoio de milhares de militantes e de dezenas de intelectuais, autoridades e artistas. Gostaria que esse apoio fosse gigantesco mas temos algo. E o Assange, também é um preso político e não vejo manifestações a seu favor. Há alguns dias li um artigo que cobrava de seu país, a Austrália, a defesa de seu cidadão. Não é só o Brasil que está atrelado aos EUA, países tidos como progressistas como Suécia, Austrália e Canadá, também. A vergonha não é só nossa.

    1. É nisso que dá confiar em instituições falidas e corruptas. Uma embaixada russa, talvez – talvez – fosse uma melhor saída.

      No dia em que não pudermos contar com o contraponto da Rússia, parem o mundo que eu quero descer.

      1. É interessante… A Theresa May da Inglaterra, para justificar a prisão do Assange, tirou da prateleira a mesma frase que o Moro usou quando prendeu o Lula: “Ninguém pode estar acima da Lei”. Desconfio que esta tal de Lei é apenas a vontade trovejante do Tio Sam.

        1. Os EUA já estavam “se engraçando” para aprovar uma lei que puniria a OPEP como cartel. Estão cada vez mais metidos a policiais do mundo.

          Lembremo-nos que há alguns poucos anos o banco francês PNB Paribas foi multado em quase 9 bilhões de dólares porque fez transações financeiras com o Irã. Houve outros bancos europeus também punidos pelo mesmo motivo, inclusive um suíço.

          Ao saber da tentativa de aprovação dessa lei, a Arábia Saudita ameaçou com seu “artefato atômico”: sair do petrodólar.

      2. Eu acredito que a economia chinesa já esteja tão embalada que irá passar a norte americana em menos de uma década, mesmo com o Trump tentando freiar este avanço.Sei quenwnhum império nasce para ser bonzinho e a China não será diferente, mas de toda forma, a mudança é uma das coisas interessantes que existe na historia humana.

    2. Lamento ser solidário com você mas não existe absolutamente nada no horizonte que indique sua libertação

  6. Bem lembrado, Brito. O dever de sigilo é de quem tem a obrigação legal de guardå-lo. Um exemplo local: o jornalista que recebe informações vazadas de um inquérito da lava jato pode divulgar livremente.

  7. Quando o ser humano se torna pusilânime fica difícil comentar algo.
    pusilânime
    adjetivo de dois gêneros
    1. que revela pusilanimidade, fraqueza moral; covarde, medroso, fraco.
    “atitudes p.”
    2. adjetivo e substantivo de dois gêneros
    diz-se de ou indivíduo fraco de ânimo, de energia, de firmeza, de decisão.

    1. Ou, como disse Tom Paine em The age of reason (apud Carl Sagan, O Mundo Assombrado pelos Demônos): “quando o homem corrompeu e prostituiu de tal modo a castidade de sua mente, a ponto de empenhar a sua crença profissional em coisas que não acredita, ele está preparado para a execução de qualquer outro crime”.

  8. Um dos dois maiores traidores da América do Sul em todos os tempos, um homem que quebrou o compromisso de fidelidade de seu país ao princípio sagrado do asilo político, entregou aos instintos vingativos dos bárbaros anglo-americanos um grande benfeitor da Humanidade, que havia confiado na seriedade daquele compromisso assumido. Não precisa nem dizer que o outro traidor é aquele ardiloso que saiu do governo que usurpou de fininho, com 90 por cento de rejeição.

  9. Vergonhosa a postura do governo equatoriano. A reação enérgica do ex-presidente Rafael Correa frente a essa traição de Lenin Moreno é totalmente compreensível

    O Lenin russo deve estar se revirando no mausoléu por uma postura tão submissa do “Lenin equatoriano” aos EUA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.