Bancos públicos, lógica de agiota

tarifas

Dirigidos, no Governo Lula, para estimular a economia e facilitar o acesso ao crédito, os bancos públicos, sob Michel Temer, voltaram a operar sob a mesma lógica extorsionista do sistema bancário do Brasil.

As tarifas, sobretudo na Caixa, tiveram elevações brutais, como se vê na tabela publicada pelo site Infomoney, produzida pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor.

O banco está descapitalizado e desertou até de seu papel histórico de financiador do sistema habitacional. Quem aprovou crédito imobiliário desde outubro, mesmo que em parcela pequena do valor total, pagou vistoria, assinou papéis e…ficou chupando dedo e pressionado por quem vendeu financiado, porque os valores pararam de ser liberados e não têm data para voltar.

No Banco do Brasil, os microempreendedores individuais – uma grande conquista na formalização do trabalho “por conta própria” – pagam seis vezes mais pela abertura de uma conta.

Clientes com mais de 20 anos de relacionamento, para obter um pequeno empréstimo, são extorquidos com taxas de juros superiores a 6% ao mês, ou 100% anuais, mais caras que as de agiotas. Não é figuração, é experiência própria.

Até no crédito consignado, que tem risco zero, a taxa anda, na Caixa, em torno de 28% ao ano, quatro vezes mais que a taxa Selic.

Não vou falar em cheque especial e em cartão de crédito, porque não sou sádico.

O fato concreto, porém, é que sem que se imponha um diferencial positivo aos bancos públicos, a banca privada vai ocupando os espaços e ganhando mercado.

 
contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

  1. Milhões de famílias estão com imóveis a venda, perderam tudo com o golpe.
    E não há perspectiva. Por onde se passa tem placa de vende-se.

  2. Sem um forte boicote aos bancos privados Itau-Bradesco-Santander pelos trabalhadores (incluindo empresários que trabalham também), apenas reclamar é como boi berrando a caminho do matadouro. Sou cliente do BB (já boicoto bancos privados desde que o Unibanco, agora Itaú, patrocinava o JN para derrubar Lula no caos aéreo) e vejo que o BB está sendo sabotado para espantar clientes favorecendo os bancos privados, mesmo assim é preciso ter consciência política de teimar e reagir contra os bancos privados. Já passou da hora dos movimentos sociais fazer um ocupa em frente agencias do Itaú-Bradesco-Santander para pregar o boicote e conscientizar o povo de que quem está metendo a mão nos nossos bolsos, nos escravizando para entregarmos um copo de sangue por dia até morrermos são estes bancos. O governo golpista é apenas empregado deles.

  3. Pérola do Fantástico do dia 25: “Todo ano é assim, a gente se reúne em torno de uma mesa farta…”. Realmente eles vivem em outro mundo.

  4. Pérola do Fantástico do dia 25: “Todo ano é assim, a gente se reúne em torno de uma mesa farta…”. Realmente eles vivem em outro mundo.

  5. Quem manda no Brasil hoje é meia dúzia de bancos mesmo, que literalmente extorquem seus clientes. Temer é um marionete na mão dessa ‘quadrilha’.

    1. Kawarinha

      Acabou o indulto de Natal, vagabunda ! Não espere indulto de Ano Novo !
      Você tá lascada boneca vadia @
      Dilma é uma jumenta ?
      Pelo tamanho da tabaca da sua mãe, tenho certeza que a jumenta é ela.
      Lula é ladrão ?
      Vocês quando veem o nome do Lula começam a dar coceiras nos CUS e desatam a escrever mais MERDA.
      Lave a porra da sua boca pra falar da Dilma ou do Lula.
      Você, Capiau V.C.M.P e o Arnestinha o troca-troca ?
      Vão entrar o Ano com esse troca-troca ?
      A diferença entre eu e você, é que voce, ganha pra disseminar MERDA . Eu faço por puro PRAZER .
      NÃO PRECISO TER PRESSA. TENHO TODO TEMPO DO MUNDO.
      VAGABUNDINHA.
      Xibunguinha !
      Vagaba !
      Otária !
      kkkkk
      kkkk
      kkk
      kk
      k

  6. No caso da Caixa especificamente, não é difícil entender o que está havendo. Quem leu “O Brasil privatizado”, clássico de Aloysio Biondi, verá que se trata de uma técnica. Em períodos que antecedem processos de privatização, tenta-se fazer “ajustes” nas estatais, tanto para elas tornarem-se mais atraentes para quem quiser comprar, quanto para tirar o peso das costas dos possíveis adquirentes, para que não tenham que passar pelo constrangimento de reajuste em seus preços, logo que comprarem.
    Noutras palavras, campanha pesada pela privatização da Caixa vem aí.

  7. Elevar tarifas faz parte do jogo,antecede a privatização.Seja por uma ação de “marketing” logo após a privatização elas baixam por pouco tempo para os idiotas dizer”viú ,foi só privatizar e já caíram as tarifas!” ou deixando elas mais atrativas para o capital internacional ,junto com um câmbio baixo.
    No RS tem uma estatal em que o governo entreguista e sem-vergonha ,aumentou a tarifa em 26% para deixa-la “bonita” aos olhos dos cães que vivem de sugar o sangue do povo.

  8. Fernando isto faz parte do golpe, gestão fraudulenta conta a economia popular ,desprestígio das instituições , interesse dos bancos privados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.