Bolsonaro, guarde as flexões para depois que Fabrício aparecer

O presidente eleito Jair Bolsonaro prestou-se hoje ao ridículo papel de fingir que fazia “flexões de braço” com os jovens agentes da Polícia Federal.

É bom que ele guarde suas energias para os próximos dias.

Diz o “Estadão” que Fabrício Queiroz prestará depoimento na próxima semana para contar, quem sabe, a “história plausível” que prometeu Flávio Bolsonaro, ex-empregador do amigo de seu pai.

A esta altura – e muito mais até lá – a história implausível de uma família de deputados que tinha um “apanhador” de caixinha de servidores de seu gabinete.

R$ 1,2 milhão em um ano (e quanto mais ao longo dos anos anteriores) na conta de um “ex-assessor” (demitido, como também a  filha,  um dia antes da deflagração da operação que se desfechou contra deputados estaduais, cargo que Flávio Bolsonaro ainda ocupa) é coleta para ninguém botar defeito.

Não importa que se diga que não é incomum que deputados façam ‘coletas’ do gênero. Quem faz tem de se sujeitar ao risco que malandragens deste tipo trazem.

Mais ainda quando se propõem a ser “paladinos da moralidade”.

Embora esteja já suficientemente claro o que acontecia na conta bancária de Fabrício há outras questões que, a esta altura, deveriam estar sendo objeto de investigação: se o “pedágio” era cobrado apenas dos servidores que depositavam naquela conta ou havia outras? De quando são e quando foram sacados ou depositados dos “dez cheques de R$ 4 mil” que, segundo o presidente eleito, comporiam o pagamento da dívida de Fabrício com ele? Quando foi dado este empréstimo, de quanto era e como o valor chegou a R$ 40 mil? Foi dado em depósito, cheque ou em dinheiro vivo?

Enquanto nada disso é perguntado, vai-se dando tempo para a construção de algum arranjo.

E para cenas ridículas de um irresponsável que, por marketing, finge fazer flexões com policiais, colostomizado como está.

Talvez porque, depois desta história, o que vai acontecer com a  bolsa de colostomia não faça muita diferença.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

40 respostas

    1. Palhaça não, ele esta se alimentando, afinal, se não o fizer fica sem energia para cometer as cagada.

  1. essa bolsa é mega resistente. precisamos saber a marca, pra caso de necessidade.

  2. Essas cenas do Bolsonaro me lembram o filme Matilda. O personagem do Danny DeVito, um vendedor picareta de carros usados. No café da manhã ele falava para o filho adolescente: “vamos lá que tem um monte de otários nos esperando”.
    Esse é o Brasil que Globo e as pseudas igrejas queriam.

  3. Tudo, absolutamente tudo, nessa família dos Bozos é marcado por malandragens, safadezas, negociatas, “caixinhas”, “peitas”, propinas, falsidade ideológica, uso de “laranjas”, contrabando, sonegação de tributos, subfaturamento de valores patrimoniais (como os de imóveis e automóveis), nepotismo, funcionários-fantasma e o que mais a memória dos leitores lembrar e que possa ser elencado na categoria CORRUPÇÃO ou malversação de recursos públicos para fins particulares. Olha que nem mencionei crimes de mando, como a “sanção” dos opositores indesejáveis; que o diga Marielle Franco, assassinada em condições mais do que suspeitas, com fortíssimos indícios de sua morte foi encomendada por milicianos, estes com ligações estreitas com PMs e ex-PMs, vereadores, deputados, assim como com vereadores e integrantes do clã Bozo.

    1. E pensar que os eleitores desse figura diziam que ele “fez campanha sem dinheiro”, coitadinho…
      Sobre o assassinato de Marielle, as tentativas de vários desses PMs (até de outros Estados; teve um no Paraná) em desmoralizar a vítima levantam mais suspeitas…

      1. “Fez campanha sem dinheiro” próprio ou legal. Usou dinheiro de “assessores” (de fato, escravos de ganho) e, muito provavelmente, de empresas que esperam reaver os “investimentos” quando o Bozo assumir o Palácio do Planalto, a exemplo das disparadoras de mensagens de fake news e de outros crimes e manipulações via redes sociais.

    1. A bolsa só mudou uma coisa. Antes uma parte da merda saia pelo lugar normal. Agora sai tudo pela boca, junto com a merda que ele já falava. Ou seja, é o maior produtor de merda do Brasil.

    2. E ele nesta foto esta se alimentando para fazer mais bosta ainda, ele e a manada.

  4. “E para cenas ridículas de um irresponsável que, por marketing, finge fazer flexões com policiais, colostomizado como está”.
    Ele está mesmo colostomizado?

    Em tempo: nos meus tempos de escola, chamávamos essa pose da foto de “posição em que Napoleão perdeu a guerra”…

  5. Simplesmente ridículo. O inominável ainda não percebeu, parece, que a campanha eleitoral já terminou. Ainda se vê candidato. Certamente não contava com a vitória e agora não está sabendo o que fazer. Estamos vivendo uma realidade surreal. Tragicômico.

  6. Quem disse que ele é colostomizado? Ainda não se deram conta que ele foi lobotomizado? O cérebro dele fica nos intestinos…

  7. Cara, até hoje não acredito nesta história de facada ou de bolsa.
    Para mim não passa de papo furado.
    Alguém viu alguma imagem da tal bolsa com “tubinha” enfiado em seu abdomem?
    Para uma farsa, a bolsa pode estar lá. mas sem nenhuma conexão com o interior do corpo do ladrão.
    Em redes sociais, aquilo que parece pode não ser e aquilo que é pode não parecer.

  8. é o collor 2, a ‘flexão’ é a descida da rampa dele…. eu tô apostando q em janeiro já vai ter gente querendo derrubar ele e de dentro.. assim q sairem as primeiras medidas e as devidas reações a elas q eu espero q existam

  9. difícil de entender… uma pessoa com bolsa de colostomia fazendo esse tipo de esforço físico, outro dia levantando a taça do Palmeiras, em outra situação com um moleque grandão na carcunda… tô começando a acha que a tal facada foi fake mesmo.

  10. Para quem fez, diz-se, delicadas operações, o capetão não está nada mal. E a bolsa de colostomia? Parece cabelo de freira ninguém vê. Vindo de quem vem, dá para desconfiar, dá não? O maior caô.

  11. O Collor pelo menos esperou começar a governar para fazer essas palhaçadas. Alguém se lembra das imagens do Collor fazendo as mais variadas atividades físicas acompanhado de seguranças? Pois é deu a merda que deu.

    1. Todas devidamente registradas por Silvio Santos em sua “Semana do Presidente”, afff…????????????

  12. Vai que cidadão faz uma flexão abdominal e rebenta e o conteúdo vai pro cérebro do indigitado. Tamos bem né: Um é um jumento de carga e o outro é cagado.
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  13. As flexões enrijecem os músculos abdominais e forçam a bolsa de colostomia como um pneu quando é enchido com ar.
    Apesar desta bolsa não ser enchida com ar, ela sofre o risco de estourar com o esforço.
    Deve ter havido a proteção divina do Jesus-do-Pé-de-Goiaba porque senão a cena da explosão da merda seria homérica.
    Mas isso ainda não encerra o assunto. Cedo ou tarde todo o conteúdo do excremento familiar irá pelos ares num espetáculo de escandalizar até Satanás e os irmãos em fé, acostumados a comer diariamente grande quantidade de… daquele produto.

  14. Para levantar a taça, fazer esta “flexão” ridícula ele não esta doente, não tem restrições médicas, já para comparecer aos debates… só sendo muito tapado para levar este cara a serio.

  15. Quem observou viu que o cara está muito pior que a imprensa tenta esconder.Ameaçou fazer uma flexão e explodiu tudo dentro da bolsa de colostomia, sentou rapidamente, pois foi “ruim”

  16. Seira um treinamento para se relacionar com os EUA? A posição parece muito apropriada para quem se sujeita, muito se abaixa, finda aparecendo o desejado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.