Bolsonaro transformou Aziz: de adversário em inimigo mortal

Jair Bolsonaro, com seus xingamentos e acusações, conseguiu criar um poderoso inimigo, e inimigo mortal.

Omar Aziz, um pouco conhecido nacionalmente, senador pelo Amazonas, politicamente moderado, conservador, está fazendo o caminho de volta para os tempos em que era um militante de esquerda, 40 anos atrás, no Diretório Central de Estudantes da Universidade Federal do Amazonas e vinculado ao PCdoB.

Aziz iniciou aí uma trajetória para a direita -PFL; PDC;PPB; PFL; PMN e PSD, onde está há dez anos e de votos e posições à direita: impeachment de Dilma, teto de gastos, reforma trabalhista, tudo isso mereceu seu apoio no parlamento.

Agora, porém, se tornou mais eficiente do que qualquer senador de esquerda na Comissão Parlamentar de inquérito.

Como seu jeitão de “árabe caboclo” (é filho de palestino), fala simples, popular, metáforas de fácil compreensão , acabou caindo no gosto dos que acompanham pela TV os trabalhos de investigação.

E hoje, calou o plenário – inclusive os encrenqueiros governistas que interrompem tudo e todos – e soltou um libelo contra Jair Bolsonaro daqueles que deixam todos parados, tamanha a força e a crueza das palavras.

Vale a pena assistir e ver que o senado tem uma liderança que vai marcá-lo por um bom tempo. E que as eleições no Amazonas, que pareciam fadadas a ficarem numa disputa apenas entre bolsonaristas, ganhou um forte concorrente.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *