Bolsonaro vai reagir ao STF e o tempo vai “fechar”

Aguarda-se – e prepare-se – a reação de Jair Bolsonaro contra os mandados de busca e apreensão determinados pelo ministro Alexandre de Moraes em busca dos financiadores e autores das tempestades de fakenews que se despejam sobre o país.

Vai ser brutal, pois não pode ser de outro jeito porque mexe com o seu mais importante núcleo de apoio, talvez o único além do generais palacianos: os zumbis desordeiros que urram em seu louvor.

Afinal, que “mito” heróico seria esse que não defende, resolutamente, seus áulicos, aos quais nunca sugeriu moderação e verdade, coisas que ele próprio não pratica.

Portanto, logo teremos um Bolsonaro vociferante e, por dentro, irritadíssimo por não ter sido, como parece, avisado da operação policial determinada pelo STF.

Não se descarte, também, que o nanogeneral Augusto Heleno faça o Exército Brasileiro ser chamado a defender este bando de desqualificados provocadores.

O dia frio, na política, será escaldante.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. E ontem, com a Operação que abateu o governador Wilson Witzel, houve comemoração no Planalto. Segundo o Blog do Vicente do Correio Braziliense, faz tempo que não se via um clima de euforia no Palácio do governo. “Bozzo acreditava que abateu Witzel com um tiro de canhão”. E hoje deve estar arrancando os cabelos por conta dessa Operação contra o seu “gabinete do ódio”. Nada como um dia após o outro. http://blogs.correiobraziliense.com.br/vicente/bolsonaro-acredita-que-abateu-witzel-com-tiro-de-canhao/#disqus_thread

  2. Talvez a busca e apreensão mais importante do ponto de vista político, tenha se dado na casa de Roberto Jefferson. Embora o foco tenha sido as fakenews, não deixa de ter sido uma marretada forte na cabeça do Centrão. Breve veremos as consequências disso.

  3. Bolsonaro está puto da vida. Se acabarem as fake news ou se for desbaratada a quadrilha que toca essa parte, acaba o governo dele.
    Afinal, o cara não tem plano de governo, um projeto , um programa. Vive dessa mentirada diária. Se acabar isso……. acabou.

  4. E o Clube Militar? Vai apoiar bandido? Talvez vá, já estão de braços dados com o centrão, do lado das milícias criminosas, porque não? Estão jogando a dignidade dos militares no lixo, mas por opção deles mesmo. Fazer o quê?

  5. Meu Deus,piedade de nós. Afasta de nós o fascismo, a violência, a morte, O Brasil não merece isto. Kyrie eleison.

  6. O que mais me impressiona no STF, é que os ministros que têm enfrentado a Lava-Jato e o bolsonarismo, são exatamente os que foram indicados pela direita. Os mais frouxos, pusilânimes, coniventes, covardes são aqueles que foram indicados pelo PT.
    Data venia vão escolher mal assim no inferno.

    1. He, he, he…! Você tem razão. O ministro Alexandre de Moraes não tem medo, porque o bicho é ele mesmo.

    2. He, he, he…! Você tem razão. O ministro Alexandre de Moraes não tem medo, porque o bicho é ele mesmo.

    3. Para você, Passos

      Veja como os governos do PT escolheram Joaquim Barbosa e Luís Roberto Barroso para o STF
      Do minuto 28 ao minuto 52.

      Confira o pensamento do General Ajax Pinheiro – “braço direito”, “guia” de Dias Toffoli no STF – mostrando que a insanidade não emana só do Bolsonaro:
      Do minuto 59 ao minuto 76

      https://duploexpresso.com/?p=112712

  7. Ontem, o Genocida publicou 99 portarias, substituindo, para cada uma delas, até 50 cargos na Polícia Federal. Assumindo-se uma média de 25 cargos por portaria, ter-sei-ia cerca de 2475 substituições na PF realizadas ontem. Alguém duvida que se trata de um violento expurgo de policiais federais tucanos, trocados por policiais bolsonaristas?

    Hoje, Alexandre de Moraes, tucano/peemedebista/demista de quatro costados, ataca pesadamente o submundo dos criminosos bolsonaristas. Será uma reação às portarias de ontem na PF?

    Está deflagrada, portando, a guerra de facções entre a direita e a extrema-direita neoliberais. Só falta agora o Genocida trocar os comandos militares das facções dos generais tucanos pelos generais delinquentes bolsonaristas, mas os generais tucanos proibiram, também ontem, as passagens para a reserva até o fim do ano

    Ou seja, trocando em miúdos: agora é MMA, luta na lama, PCC versus Milícias, coisas do tipo. Ou, como diz o pastor estelionatário neopentecossauro: “Aleluia, irmãos, o banho de sangue está próximo, só Jesus ou a Cloroquina salvam, saiam de casa e paguem o dízimo.”

      1. bravíssimo!!
        sabemos que essa é a guerra que interessa na política real,a trincheira operante

  8. Não há uma única razão para que seja federalizado o caso da morte de Marielle Franco, que está a ser apurado pela justiça e polícia do Rio de Janeiro. A família, a mais interessada no completo desvendamento do caso, é contra esse estranho transbordo judicial. O pedido foi feito lá atrás pela Raquel Dodge e é cheio de insinuações subjetivas sobre a polícia carioca. Depois, o Aras se entusiasmou pelo mesmo e reconduziu o pedido. Se o caso for federalizado, as investigações sairão da alçada da Polícia Civil do Rio de Janeiro e passarão para a Polícia Federal, que é da alçada do Governo Bolsonaro. Moro já foi pela federalização, mas hoje é radicalmente contra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.