Braskem: vender, vender, vender; uma vez vendendo, sempre perdendo

petroq

O anúncio da venda da Braskem para a holandesa LyondellBasell é um tragédia econômica sem proporções.

Ligue a ela toda a conversa que você vem ouvindo para “acabar com o monopólio do refino de petróleo no Brasil”.

Porque a petroquímica é um grande negócio associado ao refino de petróleo e, em geral, as plantas produtoras de resinas ou componentes do plástico são umbilicalmente ligadas a refinarias, que produzem para elas e, assim, perto delas.

A Odebrecht está vendendo seu controle de uma empresa que é, “apenas”, a líder mundial na produção de biopolímeros – o “plástico verde”, de fontes renováveis – e  a sexta maior fabricante de resinas plásticas do planeta. Tem plantas imensas nos EUA e na Alemanha.

Vai receber, mesmo entregando barato, pelo sufoco em que a colocou a Lava Jato, em ações da holandesa, que se valorizarão e “queimar” só o necessário.

Já a Petrobras, que detém 47% da empresa, vai colocar suas ações em dinheiro, pela paridade oferecida pela LyondellBasell.

Ou seja, vai se desfazer de um “filé” a preço de acém.

E ainda dará um preço camarada para a nafta que ela produz e que é o insumo vital da Braskem, a preços de quando eram “sócias”.

É dinheiro de deixar Paulo Roberto Costa e Alberto Yousseff como ceguinhos de estação do trem, sacudindo as canecas para ganhar moedas.

Quando a demanda de combustíveis caiu, com o fim da Segunda Guerra Mundial, nos enfiaram a “matéria plástica” como enfiavam miçangas aos índios em troca de suas riquezas. desde o ioiô ao “Pente Flamengo”, que se podia colocar no bolso da calça sem quebrar, como os de osso.

Foi um tsunami, que chegou a provoFcar um sucesso de Ângela Maria, nos anos 50:

Ô que garota boa/Ô que pequena fantástica/Mas dizem que seu coração/Que seu coração, é de matéria plástica/Quase americana/Não fala português/Se fala inglês, causa dó/Tem uma dúzia de biquínis/Em um vestido só.

Agora o plástico é o deus onipresente e Deus não pode ser brasileiro, não é? Ainda mais com gente que tem a espinha de matéria plástica, sempre capaz de vergar-se a quem tem a espinha dorsal de matéria plástica.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

    1. eu tenho vontade de enfileirar este bando de crápulas num paredão. É o que eles merecem, não tem saída. Destruiram empresas, a vida e o futuro de MILHOES DE PESSOAS. Não há porque contemporizar. Necessário PUNIR. Com proporcionalidade…

  1. Não podemos esquecer quanto do dinheiro público foi usado para financiar essas empresas via BNDES. Os juros subsidiados pelo estado brasileiro transformaram a Braskem no que ela é hoje… quem comprar vai levar também investimento público brasileiro.

    A Petrobrás adquiriu bilhões em dívidas para encontrar e viabilizar o Pré-Sal… as reservas então fora vendidas a preço de banana… mas as dívidas continuaram com a Petrobrás.

    NÃO TEM COMO ENGANAR MAIS O POVO… ESSAS NOTÍCIAS SÃO CHOCANTES E FAZEM AS PESSOAS ACORDAREM!

    Se o PT e os demais partidos de esquerda conseguirem levar isso para o horário eleitoral talvez exista alguma esperança de ganhar 2018.

  2. Parabéns, juizeco lesa pátria filho de uma pura!
    Parabéns STF acovardado!!!
    Parabéns militares entreguistas!
    E menção de honra aos MANIFESTOCHES!
    PARABÉNS!!!

  3. E é bem possível que o recente Ato Institucional do Jadge Maxaxutis, proibindo órgãos públicos de bloquear ativos da Odebrecht para ressarcir o assalto dos bandidos aos cofres públicos, tenha a ver com isso. Com o Decreto Maxaxutis, a ser obedecido pelos Togas Honoris-Causa de Puteiro no supremim, os gangsters da Odebrecht vão poder entregar sua parte majoritária na Braskem (e o tucano lesa-pátria, o Parente, antes de sair, já liberou para entrega também a parte da Petrobras).

  4. E segue o Black Friday golpista tendo à frente do pregão, Temer e Sérgio Moro. E você pensando que era combate à corrupção.

    Corrupção mesmo, de porte magnífico, é a produzida pela irmã siamesa da Lava jato, a Vende (e mal) a jato.
    #CanalhasLesasPatria

    1. Eu insisto: só com PAREDÃO isto não mais ocorrerá.
      É indecente, TORPE, calhorda!
      Estes entreguistas vendidos com milhoes em paraisos fiscais TEM que ser punidos exemplarmente. À moda chinesa. Basta de hipocrisia, desfaçatez, tolerancia com os piores crápulas. Enquanto perseguidos politicos restam presos sem crimes, sem provas!
      #LulaLIVRE, #FarsaAJatoNaCadeia !!!

  5. São todos traidores. A começar pelo juizeco de Curitiba, esse é o pior de todos, paredão pra ele é pouco.

  6. Incrível como Raul está tão atual.
    “O dia em que a terra parou” greve dos caminhoneiros.
    “Mamãe, não quero ser prefeito. Pode ser que eu seja eleito E alguém pode querer me assassinar”. Marielle.
    “Eu não preciso ler jornais. Mentir sozinho eu sou capaz”. Fake news e agro-jornalismo (jornalismo de fofoca, plantadores de notinhas).
    “A solução pro nosso povo. Eu vou dá. Negócio bom assim. Ninguém nunca viu. Tá tudo pronto aqui. É só vim pegar. A solução é alugar o Brasil!.”. Pedro Parente e governo tucano.
    Mosca na sopa é o Lula. “E não adianta vir me dedetizar Pois nem o DDT pode assim me exterminar. Porque ‘cê mata uma e vem outra em meu lugar”.
    “E você ainda acredita. Que é um doutor. Padre ou policial. Que está contribuindo. Com sua parte. Para o nosso belo Quadro social.” Ouro de tolo, coxinhas e manifestoches.
    Lula livre e Raul vive

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.