Cármem Lúcia, o direito das leis e a lei moral

leimoral

Como era de se esperar, a presidente do STF não quis “manchar sua mideografia” e suspendeu a posse da filha de Roberto Jefferson no Ministério do Trabalho. Cristiane Brasil segue no limbo, em mais uma tentativa de que Temer possa se livrar da Cristiane Brasil  sem que se despejem sobre ele os “instintos mais primitivos” do pai.

Já se disse aqui que, embora a moça seja uma dose para elefante, tem a massa de uma pluma se comparado a Moreira Franco, a quem o mesmo Supremo reconheceu que poderia ser ministro, pois é assim que a Constituição prevê, no seu artigo 84, exigindo apenas,três artigos adiante, que tenha mais de 21 anos e esteja em gozo de seus direitos políticos.

Portanto, o que Gilmar Mendes considerou obstrução da Justiça no caso de Lula era, juridicamente, o mesmo que Celso de Mello achou absolutamente normal, no caso de Moreira e mesmo, até, do que Cármem Lúcia considerou imoral nesta madrugada.

Quando a crônica futura escrever como o país despencou para um regime de arbítrio judicial, muitos não acreditarão que em menos de dois anos uma corte suprema dançasse tanto ao sabor das conveniências político-midiáticas.

E que as decisões que tomam juízes no Brasil passaram a considerar a lei única, de um só mandamento: todo poder emana da mídia e em seu nome será exercido.

Não pense que é diferente do que nos reserva a quarta-feira. Um juiz guindado à condição de jurisdição nacional, a partir de um corrupto de “estimação” que cultivou  por anos, ofereceu o que a mídia queria e isso foi realimentado por ela.

“Mandar para Curitiba” virou o sinônimo de mandar à forca, num juízo onde a sentença é conhecida antes mesmo do processo.

E qual juiz, mesmo envergando a toga do Supremo, há de discordar? Faziam, decerto, objeções inócuas, ao tempo de Teori Zavascki – como foi no caso da gravação ilegal de Dilma Rousseff, objeção que resultou em nada, é claro.

A sombra do Duce dos Pinhais cobriu toda o Judiciário e nos faz regredir, sob aplausos de muitos que não pensam e vários que não percebem que fazem o mesmo no seu julgamento mental, ao direito da moral, em lugar do direito das leis.

É uma versão bem piorada da “lei moral”  do filósofo Emmanuel Kant, mas que encontrou, afinal, juízes que pensam, como está escrito na lápide do pensador alemão,  que” há um Deus sobre mim e um Deus dentro de mim“.

O de cima, claro, pensa como o que há dentro deles, e se o Deus de cima discordar, que apresente recurso em cinco dias úteis.

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. Engraçado ler isso de quem acha que um condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pode ocupar a presidência da República.

    1. Mais um falso moralista…..o inferno seu safado…o inferno lhe espera…..Pensas que vai escapar?

    2. Alícia
      Cê tá fodida menina !
      Suam mãe tá boa ? Sua mulherzinha ?
      Lembranças às duas.
      Elas vão entender.
      kk

    3. É melhor jair se acostumando: bolsonaro já era!
      Mas hoje você começou cedo a defender os ricaços que te usarão como escudo humano, caso seja necessário. Vermezinho! Você parece aquele tipo de vira-lata que se contenta com migalhas e o lixo. Dos vira-latas, tenho pena, até adotei um vira-latas. Gente como você eu quero mais é que seja mesmo usada como escudo humano, verme colaboracionista. Você é o perfeito exemplo de como funcionou a máquina de emburrecimento que começou a funcionar neste país em 1965 (ano da fundação da globo).

    4. Difícil seria eu ler que vc entendeu a ironia do FB, mas vindo dum cara que se gaba por ter “uma secretária que vale mais que o mínimo” o que poderíamos esperar, né?

  2. Roberto Jefferson deve ir falar com Carmem Lúcia, urgente. Ninguém melhor do que ele pra repetir o que ela diz gostar de ouvir: “sim, senhora, eu ti amo”; e completar, de peito estufado: ” verás que um filho teu não foge aa luta”.

  3. Então ficamos assim:
    Gilmar não deixou Lula assumir.
    Melo deixou Moreira Franco assumir
    Carmem não deixou Cristiane assumir
    E o TRF4 vai fazer o que? Inocentar ou condenar o Lula? Esse processo nem deveria passar do TRF4, tamanhas “barbaridades” que contém.

  4. Os que desejarem saber mais sobre o “judiciário” brasileiro devem ler e ouvir o que tem escrito e dito Fábio Konder Comparato. Há numerosos artigos dele na internet e livros da lavra desse grande jurista, em que ele mostra o caráter escravocrata, oligárguico, plutocrata, essencialmente corrupto, privatista, entreguista e até mesmo cleptocrta como sendo ‘marcas registradas’ desse poder togado e antidemocrático por excelência, mas que monopoliza a violência do Estado contra os cidadãos, podendo persegui-los e privá-los de liberdade.

    A ORCRIM Fraude a Jato é apenas a mais acintosa e desavergonhada ORCRIM no seio da burocracia judiciária brasileira. em parceria com a ORCRIM midiática e subordinada ao alto comando internacional do golpe de Estado, que fica nos EUA, em menos de dois anos fez o Brasil retroceder ao século XIX, como estamos vendo.

  5. Quando nem os ministros do STF se entendem o que podem e o que não podem fazer é porque nossa justiça foi para o brejo, com vaca, bezerro e tudo. É a prova cabal de que um juiz pode interpretar a lei como lhe convém, de acordo com suas convicções partidárias. Isso é deplorável e nojento.

  6. Deram um golpe e agora não sabem mais o que fazer. Vontade de gritar uns palavrões na cara destes arrombados golpistas! Devolvam nosso País!

  7. Os milicos se impunham pela força. O que explicaria o judiciário se impondo a toda uma nação, decidindo o que pode e o que não pode, quem é culpado e quem é inocente de acordo com critérios subjetivos? Ninguém está mais obrigado a respeitar leis país. Na hora em que centenas de milhões se conscientizarem de que podem muito mais do que uns poucos milhares, a panela de pressão vai explodir.

  8. … Este STFede é uma vergonha transnacional!
    E acumpliciado até o talo das togas imundas no golpe vagabundissi’mo!
    Com a Cármen (IN)Lúcida, o gilMAU Dantas e tudo dentro!
    STFede absolutamente ‘DESmoroLIZADO’!
    Lá isto é Justiça, “seu menino”?

  9. Lendo agora o que estava escrito na lápide do Alemão , sobre os os dois deuses . Temos mais são onze , e cada um pode tomar ou proferir a sua decisão de acordo com sua divindade , não estou falando de deuses hindus , estou falando do STF . Egos enormes , vaidades , , cobiça , ganância , covardia, etc,etc. Este é o universo dos nossos de deuses supremos .

  10. Quando somos testemunhas uma após a outra,das IMORALIDADES DO PODER JUDICIÁRIO(Bento Carneiro,não tem a mínima coragem para ser -a exceção-),MAIS MERECE O NOSSO RESPEITO O DESEMBARGADOR ROGÊRIO FAVRETO DO TRF4 .
    QUEM NO AUGE MIDIÁTICO A FAVOR DO BANDIDO DE CURITIBA ,FOI O ÚNICO NAQUELA CORTE DE FASCISTAS A DIZER O QUE O NÃÃÃÃÃOOOOOO AO VAGABUNDO GOLPISTA E SEUS ATROPELOS A CONSTITUIÇÃO.
    UM NOME PARA SER LEMBRADO PARA QUANDO O BRASIL SE LIBERTAR DO GOVERNO DOS DELINQUENTES..

  11. O tal do José Freitas, aí em cima, escreveu um monte de “nem pé nem cabeça”, encheu tanta linguiça que encheu o saco, para, no fim, revelar-seo que realmente é e que poderia ter resumido no seguinte: fascista.

  12. Só o fato do temer pedir que o stf resolva seu probleminha com o roberto jeferson que não aceita que sua filhinha não seja ministra, coisa que o próprio temer não quer, é uma barbaridade, E coloca o stf em uma das dezenas de situações insoluveis e indignas que o golpe a Dilma deu origem. E agora…
    Ontem um preso foi algemado e acorrentado e apresentado ao público via mídia, e o stf, nada.
    Anteontem reitores foram presos coercitivamente, antes de serem chamados a depor, e submetido a vistoria íntimas, etc, e o stf, nada.
    Depois do golpe, o caos.

  13. Esse José de Freitas acabou de relançar o samba do creoulo doido, vixe. Embaralhado nessa michordia vemos a clara posição” politica “. Enfim, ele tem esse direito, falar e não dizer qqcs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.