Datafolha: “pesquisa Coliseu” à espera do ‘Cinderelo do Centro’

A Folha, sempre pronta a fazer o jogo sujo da direita “limpinha” promove hoje a “pesquisa Coliseu”.

Sim, é aquela que os césares romanos faziam , convidando o estádio para erguer ou baixar o polegar e, assim, decidir se o gladiador deveria ou não viver. Ou é diferente definir culpa ou inocência judicial em plebiscitos de “sim ou não”, quando só o sistema de comunicação tem a palavra de acusação ou defesa?

Se alguém achar alguma pesquisa que juiz que solta tem mais apoio do que juiz que prende, cartas para a redação.

A pesquisa seria mais honesta e mais reveladora se tivesse o seu objetivo bem claro e não fosse um golpe de esperteza, perguntando em quem, com os candidatos hoje possíveis, o entrevistado votaria. Talvez, na sua atual política de “fatiar pesquisas” ainda tenha estes dados para mostra.

E, se os tiver e não estiver embutindo patranhas nos números, o resultado seria, como outras pesquisas vêm demonstrando, Lula e Bolsonaro dividindo as preferências de perto de três quartos da população, deixando a magra fatia restante para ser dividida pelos apetites de um “centro” que se estende do Polo Sul ao Polo Norte do espectro político.

O fato é que as elites sociais e econômicas sonham com o surgimento de um “Cinderelo”, com pés delicados a ponto de usar sapatinhos de cristal, em lugar do homem de cascos brutos que arranjou em sua última aventura eleitoral e, para isso, precisam de qualquer razão para manter Lula fora do jogo eleitoral.

E o primeiro passo para isso é o de seguir atribuindo-lhe crimes que já não têm mais sentença e repetindo que as decisões da Justiça não fazem de Lula inocente, apenas um não-culpado.

Talvez devessem lembrar que, tirando Lula da disputa, terão de casar por mais quatro anos, com Bolsonaro.

Leia aqui os contraditórios resultados da pesquisa lembrando que, como já se afirmou aqui, 2022 já começou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.