“Delação” de Palocci já nem se preocupa em ser lógica

O ex-ministro Antonio Palocci prestou um depoimento, hoje, que mostra porque nem o Ministério Público quis firmar com ele acordo de delação premiada.

Já nem se trata de haver verdades ou provas no que diz, nem lógica há.

Disse que foi procurado “entre 2013 e 2014” por Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente para  conseguir patrocínios para eventos esportivos que promovia e que, em seguida, foi conversar com Lula sobre o assunto.

E que Lula teria dito que não se preocupasse porque ele teria acertado este patrocínio com montadoras de veículos, em troca de medidas provisórias.

A primeira incongruência: Se Lula tivesse acertado o patrocínio, porque Luís Cláudio iria pedir patrocínio a Palocci?

E que razão faria Lula mencionar na conversa com o ex-ministro um “acerto” com Palocci, feito sem a participação dele, quando já havia deixado a pasta da Fazenda e, portanto, não tinha poder para participar de uma medida de natureza fiscal?

Para que “botar na roda” um assunto destes, ainda mais com alguém que não teria papel algum a desempenhar?

Mais:  as medidas provisórias mencionadas não criavam nenhum benefício fiscal a montadoras de veículos que se instalassem no Norte, Nordeste e Centro Oeste, apenas prorrogavam as vantagens criadas por Fernando Henrique Cardoso. Será que saindo de uma crise mundial (2009) e já ensaiando uma situação de crise nacional (2013) algum governo de bom-senso criaria embaraços à instalação de montadoras de veículos?

O proveito da prorrogação das isenções e diferimentos tributários era tão evidente em 2009 que a MP foi convertida em lei abaixo até dos aplausos da oposição.

Palocci, é claro, de novo não apresenta prova alguma do que diz. Quase todas as conversas que relata com Lula teriam sido a sós, a dois, sem qualquer outro participante.

Mas uma coisa não se diga: Palocci pode ser mentiroso, mas caloteiro não é. Está pagando depressa a liberdade que lhe concederam como prêmio pelos serviços prestados à perseguição policial a Lula

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. Um farrapo humano tentando agradar a seus senhores em troca de favores. Dá pena o outrora poderoso Ministro. Chegou ao nível mais baixo de mesquinhez e traição.

  2. Ratos fedorentos como ele não dão a mínima para coisas como honra, honestidade, lealdade. Estão se lixando para o sub-solo da História, onde seu nome será enterrado.

  3. rende manchetes? incrimina Lula? então, não precisa lógica pq é muito difícil que leitores/espectadores da mídia velha façam as perguntas que o Brito faz. Engolem o que é servido

  4. Assisti (a)várias ¨Sessões¨ do STF sobre a soltura de Lula, aguentar aqueles arroubos caretas de Celso de Mello declarando voto por horas é só para os fortes, Rosa Weber declarar que não poderia deixar de seguir a maioria quando o placar estava 5X5 … mas insistia, acreditava ingenuamente nas imparcialidades jurídicas.

    Lula perdeu injustamente todas.

    Não sera diferente hoje, se Lula solto, tira os holofotes de Moro na sua iniciação persecutória com novo modelito.

    *em tempo:
    – De todas as horas que já assisti da ¨Corte¨, nada foi mais insano, profano e asqueroso dos que o recurso do TRF4 de Porto Alegre, e Carmén Lucia & Seus Asseclas no episódio WhatsApp.
    (não esqueçamos do Júlio TCU no Impicht.)

  5. Num evento(2016) no Sindicato dos Jornalistas em São Paulo… tietei fotos com todos (incluso essa aí com a Jandira), ali senti alguém ¨pesado¨ … evitei a foto.

  6. E, quem entende essa forma de se fazer juridiquez neste país…??

    Porém, a sociedade em geral aceita e rumina esse tipo de violência…Porque é mais fácil, bater com a cabeça, do que ler e analisar numa reflexão lógica. Talvez, até seja muito difícil…Infelizmente!!!

  7. As “delacoes” de Pallocci nada mais sao do que um instrumento para se criar distracoes. A coisa arrochou pra tucano? Publica uma “delacao” do Pallocci. Famila Bolsonaro com a batata assando? Libera ai uma “delacao” do Pallocci. Vai la no UOL Noticias pra ver a noticia que esta em destaque…

  8. Se não me engano, o relator da matéria era José Carlos Aleluia. do DEM, “suspeitíssimo” por seu apoio incondicional a Lula e ao PT

  9. O STF com medo ou para não acirrar os ânimos da polícia federal, decidiu pela possibilidade de a polícia firmar acordo de delação, o que é bizarro. Ora, o responsável pela ação penal eh o MP, logo, eh o MP quem tem que dizer se a delação oferece suporte fatico probatório para a persecução penal futura.

    Por enquanto a delação do Palocci só serve pra criar burburinho e fofoca contra o álula, nada mais que isso

  10. SEGUNDA INCONGRUÊNCIA: Em 2013/2014, Lula já não era mais presidente. Ele saiu em 2010. Quem acredita nas merdas que o Palocci diz? A prisão deve ter afetado seu cérebro de canalha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.