Destruir a engenharia nacional foi um passo. Agora, é ter engenheiros estrangeiros

empeng

Poucos anos atrás, tão desonestas quanto costumam ser todas no mercado de grandes obras de engenharia, as construtoras brasileiras era, a rigor, o único setor industrial em que o Brasil tinha projeção mundial.

Para os transtornados que acham que isso acontecia por conta do apoio dos governos petistas ou que ocorria com países “vermelhos” por razões ideológicas, duas informações para “perder o rebolado” em relação a empresa que tomaram com o símbolo o pecado.

Em 1985, ainda no governo militar, 30% dos negócios da Odebrecht eram no exterior. Em 2016, já em pleno caso Lava Jato, conquistou um novo contrato em Miami, nos Estados Unidos, para a revitalização  de duas vias se cruzam próximas ao aeroporto internacional da cidade, por onde passarão muitos “coxinhas”  a caminho de sua Meca.

O Brasil, portanto, construiu gerações de engenheiros e técnicos com a maior capacidade e, depois de ter jogado fora as empresas nacionais, chamando empreiteiras estrangeiras, vai jogar fora também a oportunidade de brasileiros trabalharem em posições qualificadas.

A Folha anuncia que o Governo vai liberar indiscriminadamente os vistos de trabalho para todos os engenheiros que multinacionais contratadas para obras aqui quiserem trazer.

Não precisam contratar pessoal técnico, nem para projeto, nem para execução.

Vaga, se quiser, de peão: pedreiro, servente, carregador, faxineiro, e por aí vai.

Com todo o respeito a estes profissionais honrados, a elite brasileira acha que servimos mesmo só para isso.

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

  1. Não quero ser injusto com todos os “profissionais honrados”, mas de que lado eles estavam na hora do golpe ? Dentro em breve os médicos cubanos serão dispensados e as portas se abrirão para os de outras nacionalidades trabalharem nas multinacionais de saúde, que dominarão o setor com a extinção do SUS. É só uma vingancinha, mas o prato estará quentinho, quentinho quando o saborearmos ao ver nossos “doutores” na mesma fila dos engenheiros desempregados.

  2. Discordo.

    Acho que o Brasil como qualquer país do mundo DEVE abrir suas portas para todas as profissões. Chega desse corporativismo atrasado.

    Neste mesmo texto fala-se da entrada de engenheiros brasileiros no estrangeiro… interessante que os engenheiros brasileiros podem e deveriam entrar nos outros países (conforme o texto), mas os estrangeiros não podem entrar no Brasil….

    1. Faça esse discursinho numa praça de Washington. Você será preso e deportado, se tiver sorte. Do contrário…

      1. Correção: Faça esse discursinho numa praça de Washington dizendo que os”ESTADOS UNIDOS devem abrir suas portas para todas as profissões”. Você será esfolado vivo. PALHAÇO!!

  3. Os EUA, e a mídia brasileira que se vende pra eles, ensinaram direitinho os trochas brasileiros: “livre mercado” e “globalização” é bom aqui, eles ganhando e nós perdendo. Tentem ir trabalhar lá nos EUA pra ver como é fácil, coxinhas alienados. Lá o Estado é forte e emprega muito. Lá existe controle forte sobre a economia. Lá os juros são baixos. Lá mais um monte de coisas. Se os brasileiros parassem de ler veja e assistir globo, talvez pudessem deixar de ser bobos dos estrangeiros.
    Vão levar o Pré Sal sem disparar um único tiro e, muito pior, sob aplausos da maioria dos brasileiros que, na globo, aprenderam que isso é bom pra eles: entregar nossas riquezas para os outros lucrarem, nos venderem gasolina cara e ainda levar embora os lucros.

    1. Exatamente isso. O povo está hipnotizado em frente a tv, enquanto isso nosso país é assaltado pelos traidores que tomaram o poder com a ajuda de quem eles assistem, a tv golpista.

      1. … ‘O golpe de 2016 nos ajuda a ver como a construção de 64 e da ditadura foi paulatina’

        A historiadora Caroline Silveira Bauer, professora da UFRGS, lança o livro “Como será o passado? História, historiadores e a Comissão Nacional da Verdade” na 63a Feira do Livro de Porto Alegre, dia 2 de novembro; em entrevista ao Sul 21, Bauer faz uma analogia entre o golpe militar de 1964 e o golpe parlamentar de 2016; “Há muitos setores da população, hoje, que não reconhecem que estamos vivendo em um estado de exceção, seja porque sempre viveram em um estado de exceção ou porque a pouca experiência democrática que temos não permita o reconhecimento de uma série de sanções que estamos sofrendo desde 2016”, afirma

        16/10/2017

        (…)

        FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.sul21.com.br/jornal/o-golpe-de-2016-nos-ajuda-ver-como-construcao-de-64-e-da-ditadura-foi-paulatina/

  4. Esses graduados tupiniquins são uns cabeças de bagre. O Brasil de Lula e Dilma diziam que era parecido com a Cuba de Fidel Castro, agora o Brasil de Temer e Aécio psdb está igualzinho a Cuba de Fugencio Batista: um puteiro. Quem pagar mais, leva.

  5. Destruíram não só a engenharia mas também TODO O SONHO DE UMA GERAÇÃO QUE ESTAVA EM FORMAÇÃO. Quem lucra? Meia dúzia de duzentos políticos! Não é só triste, é de chorar por aqueles que com BOA FÉ bateram nas panelas. Agora nem panelas e nem grana para pagar as dívidas com o resultado da perda do emprego. Isso é para ver o poder daqueles que não tem compromisso com o Brasil, só querem audiência em suas novelas. Vai demorar para levantar o moral da nação diante da comunidade internacional. Se, se o bom senso PATRIÓTICO entrar em EVIDÊNCIA, o Brasil se recupera com passos largos na próxima eleição, esquecer a CARTA CONSTITUCIONAL e a vontade do POVO. Apesar de tudo, como dizia Ibrahim Sued : alemã, de leve

  6. Ah!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    As entidades medicas CRM etc etc fizeram o quê mesmo quando Dilma chamou os medicos cubanos que eram NECESSARIOS???
    e a classe media burra fez o que sobre isso? E o dr Delgado suportou exatamente qual coisa em Fortaleza ao chegar?
    E agora as entidades profissionais inclusive as de saude vão fazer o que?
    E voces, alunos de engenharia de NORTE a SUL, vão comparecer as aulas bovinamente do mesmo jeitinho que ontem?

  7. Bom dia, acho tão covarde esse povo brasileiro que fica se escondendo atrás de partido A ou B , nos devemos amar o nosso país e não esses partidos de merda . PMDB , PT, PSDB, entre outros tantos. Votei sim na Dilma, mas nem por isso deixei de pedir a saída dela assim como quero a saída do Temer pois amo meu país e não quero rato roubando nosso dinheiro.

    1. Sr. Willian, me desculpe, mas o Sr. é um BOBÃO, a DILMA roubou quanto do tal “NOSSO DINHEIRO”?
      O pior, não votastes na DILMA.

  8. Bem feito. Quase todos os engenheiros que conheço bateram panelas efusivamente…. Todos desempregados agora. Provavelmente votarão no Santo ou no Bolsonaro. E continuarão desempregados, mas ainda assim servindo aos interesses de quem não precisa de emprego.

  9. Edson, quando vc diz q os engenheiros nossos quando vao pra fora ninguem reclama, mas quando os de fora entram nos reclamamos, a questao nao é esta e sim q nossos engenheiros entram la fora por merito das empresas e nao quebrandos as concorrentes externas para pegar empregos, aqui foi imposto pela midia e todos foram na dela e quebraram as empresas para as de fora pentrarem no pais, e as nossas la fora nao competirem com as deles.
    O efeito na verdade é o mesmo(tomar emprego ), mas a causa é bem diferente(forçar a quebra de empresa).

  10. Baterão no mendigo na calçada… ah, não era comigo !
    Encheram de PORRA no trombadinha… ah, é bandido !
    Tem muitas empresas fechando… ah, é incompetência !!
    Tem muito trabalhador sendo demitido… não tiveram sorte !!!
    A polícia espancou, alejou, matou estudantes e manifestantes… ah, também, quem mandou fazer baderna !!
    Vão demitir mais gente… ah, eu tenho curso superior !!!!
    A crise aumentou tudo… ah, eu consigo pagar MINHAS contas !!!
    E agora…

  11. É de estranhar que engenheiros estrangeiros virão trabalhar no Brasil se a grande maioria das empresas inventaram formas de contratação para pagar muito abaixo do piso e em regime de escravidão. O engenheiro estrangeiro vira se for contratado pela matriz e com salários europeus e americanos. É mais ou menos o que o que ocorreu nos últimos 10 anos.

  12. Não vou dar Ibope pra um certo robô coxinha idiotizado. Mas o argumento que ele usa é patético. O programa do PSDB ladrão, na época não era o mesmo de destruição nacional, as mesmas propostas. Faz tempo que estava tentando emplacar um candidato de direita neoliberal pra destruir o o país e entregar as riquezas e os empregos do brasileiro para os gringos. Não conseguiram por 13 anos até darem um golpe com ajuda da mídia , mercado e do judiciário. O projeto de governo do PT era nacionalista todo mundo conhecia , aprovava e aprova até hoje foram 4 eleições vitoriosas tocando o mesmo projeto nacionalista. O que era tocado por Dilma era totalmente contrário a essa destruição antinacional da bancada do Temer. O PT era a blindagem contra esse entreguismo. Inclusive o PMDB era contra essa agenda, quando mudaram todo o programa anterior e implantaram o entreguismo mais corrupto e antinacional da história. A tal ponte para o futuro dos gringos.Isso foi após o golpe, aliado ao PSDB ,mídia, o corrupto mercado, os bancos, o judiciário podre e a elite mais antinacional e corrupta de direita do mundo. Só um asno pago por essa corja corrupta do temer/friboisonaro nao enxerga isso.

  13. Uma nação atrasada se faz com super togas, futebol, alienação, templos multi-dizimistas e uma mídia conivente. Conheço gente que sabe muito o que faz, ganha bem,mas, não sabe que é ignorante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.