Enem com partido: se não for fundamentalista, “tacale pau”

Vamos, velozmente, rumo à escuridão.

Em O Globo, um pouco mais do que pensa (pensa?), Gilberto Callado, o fiscal ideológico nomeado por Ricardo Vélez para examinar as questões do Enem.

Em 2016, durante a abertura da VI Semana da Família, na Câmara de Brusque, em Santa Catarina, Callado versou sobre a “degradação de família”, fez referência ao livro de Gênesis e mencionou que “professores corrompidos” destroem a formação de crianças. Segundo ele, no passado, a família e a escola cumpriam sua função, mas agora isso tem sido prejudicado.
— Era fácil fazerem isso, pois recebiam a criança com bases sólidas. Hoje, elas já chegam corrompidas e, muitos professores, também corrompidos, acabam por destruir o que restava das funções educativa e a emocional das crianças —afirmou Callado na ocasião.
No mesmo evento, o procurador classificou a “ideologia de gênero” como um dos três “golpes mortais” para a família, dizendo que o inimigo da instituição familiar é o Supremo Tribunal Federal (STF). Ainda em sua fala, Callado chamou o filósofo Rousseau de canalha e também criticou Karl Marx e Friedrich Engels:
— Se pudessem, eles transformariam o homem em outra coisa que não sabemos o quê. Essa degradação está refletida no Plano Nacional de Direitos Humanos criado pelo governo Lula.

Como este blog apontou, o Dr. Callado é dirigente de círculos monarquistas e difunde a estranha tese histórica de que o Marechal Castelo Branco só tomou o poder no golpe militar porque o então ‘príncipe herdeiro’ Dom Pedro  Henrique de Orleans e Bragança recusou-se a sentar no trono imperial a não ser que o povo o aclamasse imperador.

O Dr. Gilberto Callado não tem um sobrenome, tem um conselho para ser um poeta.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

  1. Não pode ser coincidência.
    A equipe que busca candidatos para nomear para cargos nesse governo foi hackeada por humoristas e está de gozação com o povo. Escolhe para preencher as vagas os candidatos com as teses e opiniões mais bizarros que se apresentam.

  2. É melhor que esse CaLLAdo fique calado. Boca da qual só sai fezes um zíper resolveria o problema. Avisem à este déspota que estamos em 2019, século XXI. E o Brasil ter imperador? Só se for de escola de samba. o cara pensa que é o que? Rainha do Reino Unido?

  3. Os alunos veem vantagem em reduzir o ENEM á capacidade intelectual de pastores evangélicos ..

    1. Não vou mentir: minha filha vai prestar o exame este ano e sim, está adorando o rebaixamento intelectual do exame.
      Tenho pena dos professores universitários a partir de 2020…

  4. Será que não está na hora desse povo observar de verdade que o que mais destrói uma família, mesmo que seja só o modelinho oficial? No tripé talvez tenha falta de renda, falta de carinho, falta de respeito. Dificilmente a culpa é do Marx ou de qualquer outro barbudo. Nenhuma escola quer arrancar seu filho de você, coxinha. Como bem explicou o Haddad, mesmo sem barba, o que ele queria é diminuir a violência homofóbica, só isso. Dói muito ficar sem bater nos amiguinhos?

  5. É nisto que deu um povo moreno que quer fazer parte da Ku Klux Klan. Eles não sabem que no churrasco da Ku serão o carvão.

  6. Vazou a 1a e a 2a pergunta do próximo Enem:
    1) Quem descobriu o Brasil ?
    ( ) Pedro Álvares Cabral
    ( ) Dom Pedro I
    ( ) Vasco da Gama
    ( ) Padre Anchieta
    ( ) NRA

    2) O Brasil está situado em que continente ?
    ( ) América do Sul
    ( ) Europa
    ( ) Ásia
    ( ) Oceania
    ( ) África

    Pra facilitar ainda mais as respostas certas virão sempre como 1a opção de respostas .
    Mas serão provas sem questões ideológicas.

  7. Quem diria, mas quando o aparelhamento contamina uma instituição como o INEP, a única alternativa parece ser as universidades se desvincularem do SISU, até que se reverta essa nomeação e estado de vigília absurdos.

  8. Agora Rousseau também entra no rol dos doutrinadores de crianças e jovens. O imbecil deve ter ficado chocado com o livro “Emilio” do autor citado. O único livro que não corrompe é a bíblia, de preferência Gênesis, aquele em que irmão transa com irmão; irmão mata irmão; mulher estéril de nome Sara, casada com um velho caquético, Abraão, permite que ele transe com uma escrava…E por ai vai o enredo do livro mitológico. As crianças não entendem xongas, e os jovens adoram esta putaria. O tal do ” kit gay”, que nunca tive a oportunidade de ler, deve ser fichinha comparado ao livro do grande matemático, geógrafo, historiador ambientalista, etc chamado Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.