Energia: 1º “apagão” é o da informação. Veja o que Miriam Leitão dizia em 2014

racion

A manchete de O Globo de hoje, reproduzida aí acima, a matéria destacada da Folha – Novo cálculo na conta de luz evitaria disparada de preço em ano eleitoral – e a do Estadão –  Governo deve mudar regra de bandeiras tarifárias e conta de energia elétrica pode ficar mais cara – são uma prova de que, infelizmente, a imprensa brasileira não é pautada pelo desejo de informar, mas pelas notícias que interessam ao “mercado”.

A crise hídrica está evidente há quase dois meses.

Os caros leitores e queridas leitoras deste blog sabem que corri o risco, durante dois meses, de ser apontado como “alarmista” por dizer que a situação estava pior do que em 2014, quando toda a imprensa, todos os dia, dizia que rumávamos para um “apagão”.

Estava pior e piorou mais, atesta hoje O Globo, dizendo que “a expectativa é que o país chegue ao próximo mês a um nível de 15% nos reservatórios do Sudeste”. Ontem era de 19% e será até um pouco mais que aqueles  15% no final do mês, porque uma chuva de pouca expressão, somada à queda de temperatura no Sudeste – que reduz o consumo – e, sobretudo, ao parque eólico implantado nos governos Lula e Dilma, que já vai chegando próximo de 10% de toda a geração nacional, estão ajudando, com seu “estoque de vento”.

O nível dos reservatórios, nacionalmente considerado, é dramático:

Segundo a consultoria Thymos Energia, no último dia 17, o nível médio dos reservatórios era de 20% contra 34% no mesmo dia em 2015 e 26,5% em 2014, anos em que o país enfrentou forte estiagem. Mesmo em 2001, ano do racionamento, os reservatórios estavam em patamar superior: 23%. [Nota minha: domingo, 22, já era de 18,25%]

Nada disso, porém, era tema presente no noticiário desta vez.

Anote a informação acima e assista ao discurso de Miriam Leitão, no “Bom, Dia Brasil”, no dia 15 de outubro de 2014, em pleno processo eleitoral, desancando o Governo Dilma por “não ter feito esforços maiores desde o começo do ano no sentido de incentivar a economia no consumo”, enquanto agora se passou o ano saudando o Governo pela queda do preço da eletricidade.

Para não falar num antipático aumento de tarifas, a “papisa” da economia sugere que o governo Dilma deveria ter feito campanhas para que as pessoas tirassem aparelhos (de TV e outros) do modo ‘stand by’, o que produz uma diferença absolutamente ridícula no gasto energético.

Vale a pena assistir e ver o tom de alarme, de condenação feroz, e compare com a discrição que tiveram até agora diante de uma situação – os números mostram – ainda pior.

Infelizmente, não achei um  programa onde ela entrevista com um consultor da área de energia em que ele diz outra bobagem antológica: que os reservatórios seriam praticamente inúteis quando chegassem a 10% de seu volume útil, porque o o assoreamento já deveria ter “comido” ao longo dos anos este grau de capacidade de reservação. Não é preciso dizer que várias das maiores hidrelétricas do país estão com 10% de volume e seguem produzindo. Sobradinho, inclusive, com seus meros 3,49% de água, nos dados de domingo.

A imprensa brasileira, com todo o nariz em pé de seus principais comentaristas, não é uma máquina de informação. É um monstruoso sistema de manipulação, voltado para a guerra política e, portanto, onde se aplica a regra de que, na guerra, a primeira morte é a da verdade.
contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. A imprensa/mídia neoliberal não está aí para dizer a verdade, ela está aí para inventar a verdade. Os barões e seus servos deverão passar por julgamento e punição severa quando este pesadelo terminar. Estes canalhas são cúmplices do golpe que colocou uma quadrilha no poder; além disso, são também co-responsáveis pela vitória de coisas como o prefake de São Paulo em eleições. Falar em democracia em países onde existe uma mídia que funciona como partido político sem regras é brincadeira. Se algum dia o pesadelo terminar, mídia e judiciário devem ser colocados sob controle da sociedade. Isto vale para todos os países, especialmente na Latina.

  2. Brito, você não vai fazer um post sobre o resultado da eleição na Argentina? O resultado não foi o esperado pelos esquerdistas de plantão?

  3. Com o perdão ( 60 % ) das multas aplicadas pelo IBAMA, é um incentivo ao continuismo. A FLORESTA responde com evaporação dos mananciais. Desmatamento nas margens dos: riachos, várzeas, ribeirões, córregos, rios, pantanais, manguezais. Não tem barragem ou represa que não seja afetada. Falta de compromisso com a natureza. Derruba uma árvore de 500 anos e plantam um pé de cana. Ainda quer reservatório cheio?

  4. … Falando na Miriam Suína, a Urubóloga dos mafiosos Marín(ho), reportemo-nos a lixo impresso!…

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    Revista Época deixa ser impressa para ser apenas digital em 2018

    Os Marinho estão se convertendo em blogueiros

    A Globo vai “matar” a versão impressa da Época. A publicação ocorrerá a partir de 2018 somente na plataforma digital, qual seja mais um blog na praça. Portanto, os Marinhos estão se convertendo em blogueiros

    Por jornalista Esmael de Moraes

    24 de Outubro de 2017

    (…)

    FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/colunistas/esmaelmorais/323882/Os-Marinho-est%C3%A3o-se-convertendo-em-blogueiros.htm

    1. … E falando em entreguistas também!…

      $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

      ZARATTINI: ENTREGA DO PRÉ-SAL POR MICHEL TEMER É ROUBO DO SÉCULO

      Líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini condena duramente o leilão de mega reservas do pré-sal marcado para a próxima sexta-feira 27 pelo governo Temer; para o parlamentar, trata-se de uma prática antinacional, que compromete o futuro e a capacidade de desenvolvimento autônomo do Brasil, que se transforma em “mero fornecedor de matéria prima, a preço de banana, para as multinacionais do petróleo”; “Nossa expectativa é de que um governo legítimo e popular a ser eleito cancele esses contratos antinacionais feitos por um governo ilegítimo e fruto de um golpe”, afirma; “É um escândalo fazer negócio com um governo que é uma verdadeira quadrilha e sem nenhum traço de legi?timidade”, completou, em referência aos estrangeiros

      24/10/2017

      (…)

      FONTE [LÍMPIDA!]: https://www.brasil247.com/pt/247/poder/323905/Zarattini-entrega-do-pr%C3%A9-sal-por-Michel-Temer-%C3%A9-roubo-do-s%C3%A9culo.htm

  5. Meus parabéns, Brito!

    Eu também sabia disso, pois tenho o hábito de acompanhar o site do ONS.

    Não temos imprensa, o que temos é torcida a favor (ou contra) determinado governo.

  6. Brito, esse é o segundo apagão. O primeiro “apagão” deu na cabeca dos coxinhas e nos camisas da CBF que protestaram na Av. Paulista e Brasil afora (Rsrsrs)! Os “nanocefalos” buchas de canhão, massas de manobra e “inocentes úteis”!

    Os EUA joga a bolinha e a turma da direita vai pegar…bem adestrados!

  7. Desligar a tv na hora do “jornal Nazional”, do faustao,” fintastico” e do “mau dia Brasil” economizaria muito mais energia do que deixar no modo stand bye. O povo devia aprender era dar ” Bye bye” rede globo(bo)!

    1. Bandeira Vermelha: R$3,50 por 100 kW;

      Lâmpada de LED: R$ 20

      Ver a Miriam Leitão e o Temer gaguejando: não tem preço.

  8. O pig não está interezado com a Nação eles querem a grana do trabalhador e na boa H vão para Miami ou Paris fingindo-se de imperialistas da dor e pena o que fazem com a Nação Continental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.