General, o senhor dá “desculpas” a bandidos?

É uma vergonha a declaração do Ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, de que as milícias surgiram  para “proteger as comunidades”.

— A milícia começou numa intenção de proteger as comunidades. Na boa intenção. Começou com uma intenção de ajudar, mas desvirtuou. Desvirtuou e são bandos armados

Quem lhe contou esta história, general? O Jair ou o Flávio Bolsonaro?

As milícias não nasceram assim, nasceram de uma coisa que, aqui no Rio, chamava-se “polícia mineira”, policiais extorsionistas que cobravam por proteção ao comércio da periferia. Sabe, general, como a Máfia, de quem o senhor não diria que nasceram para “proteger a comunidade”.

Não havia virtude alguma para perder e desvirtuarem-se.

Não era uma “polícia amadora e benemérita”: exploravam os gatos de energia, de TV a cabo, de internet, a venda de botijões de gás (o senhor sabe que é um preço “diferenciado” que os pobres pagam para a milícia deixar que o entreguem em certas áreas?), grilagem de terras,  e tudo o mais que possa render dinheiro, inclusive as “bocas de fumo” toleradas? O senhor devia mandar a inteligência da Defesa saber o que é um “rachuncho”, para saber de onde sempre vieram seus ganhos.

O senhor, general, já ouviu falar do “jacaré do japonês”, um ex-policial da Zona Oeste do Rio que criava num sítio os ameaçados animais e para os quais policiais levavam, como ração, os seus desafetos? Isso é “boa intenção”?

Os soldados que fuzilaram o carro onde uma família inofensiva estava, neste caso, também podem ter tido “boa intenção”.

Daquelas que, como dizia a minha avó, lotam o inferno.

O que o senhor disse é uma vergonha para as Forças Armadas brasileiras. Os seus soldados deveriam saber que devem agir dentro das regras, não por intenções, boas ou más.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. Fica evidente que não temos forças armadas ma sim milícias.
    Continuo perguntando:-VALE A PENA SUSTENTAR ESSES PARASITAS FARDADOS?

  2. Até as pedras sabem que a milícia começou com policiais corruptos. Não temos mais um Serviço de Inteligência?

  3. Este aí é o mesmo que corroborou a declaração criminosa do marreco de Maringá de que o fuzilamento da família do músico Evaldo foi um “incidente”.

    1. Foi um incidente cometido por rapazes que foram preparados para defender sua pátria na guerra e se vêm de repente na situação de haverem matado não um inimigo, mas um patrício, um pai de família honesto que se deslocava com sua família. Quem vai recuperar a cabeça destruída de um rapaz como esse?

  4. Esse “governo” está se afundando tanto na própria incompetência que me lembrei de uma frase de Napoleão: “Nunca interrompa o inimigo quando ele estiver fazendo algo errado”.

    Deixemos que eles se arrebentem. A oposição pode ficar quieta, de braços cruzados.

  5. Esperar o quê de um militar entreguista ? Ele precisa atenuar a relação Família Bolsonaro – milícias.
    Será que para o general o PCC surgiu com o objetivo de distribuir renda ?

  6. Que noção de civilidade, de honra, de dever, de retidão podem ter esses subalternos diante de um general destes?

  7. Se “surgiram para proteger comunidades”, então têm ótima origem e podem ser incrementadas, é isso? Estaríamos diante do surgimento de uma espécie de exército auxiliar paramilitar? E quem iria controlar esta nova força?

  8. Se “surgiram para proteger comunidades”, então têm ótima origem e podem ser incrementadas, é isso? Estaríamos diante do surgimento de uma espécie de exército auxiliar paramilitar? E quem iria controlar esta nova força?

  9. Se O Globo fosse imprensa adulta e autêntica, nesta manhã teria publicado a manchete “General Brasileiro Advoga Em Favor Das Milicias”. Mas não.

  10. Hummm,isso é estranho (ou nem tanto assim tratando-se das ffaa brasileiras).Está dizendo que se retornassem as “origens” seríam bem aceitos.
    Por que um militar elogiaría grupos paramilitares que como todos eles ao longo dos tempos ,SÓ PRATICARAM CRÍMES EM FAVOR DE REGÍMENES FASCISTAS.??????
    Eles ajudaram a eleger o verme que hoje habita no palácio , assim como uma quadrilha de milicianos dentre eles o Witzel.
    Os fardados estão pensando neles para “serviços sujos” num futuro endurecimento do regime?????????

  11. É por isso que perdemos a guerra entre as nações. O problema está na AMAM. Olha só o nível de inteligência desse general, em um exército competente não chegaria a sargento. Que cego quanto ao que ocorre em volta dele.

  12. Estranho é um militar do Exército aprovar algo ilegal. Tão submissos a regras e à hierarquia, o general parece ter se acovardado e dito coisas para agradar o antigo desafeto dos militares, que esteve até preso por insubordinação, o atual eleito como presidente. Também, um general que aceita ser ministro de alguém que queria fazer atos terroristas contra as Forças Armadas e que defende 30.000 mortos na ditadura ou morte de ex-presidente, como Fernando Henrique, nem precisa de qualificações: ele mesmo se auto-adjetiva.

  13. Ao fim desse governo a reputação das Forças Armadas vai estar, novamente, na lama. Tão certo quanto o sol nascer amanhã, que será outro dia.

  14. Esses IMBECIS e ENTREGUISTAS são ignorantes. Eles não sabem o que é ausencia de Estado.

    Desconhecem o papel do Estado Social Organizado.

    Confundem, para manter a relação de poder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.