Helena Chagas:Temer guarda postos no exterior para si e sua “turma”

temerri

A jornalista Helena Chagas, em texto publicado hoje no site Os Divergentes, diz que  Michel Temer está reservando algumas embaixadas brasileiras  para  para que sejam ocupadas, a partir de 2019, por seus aliados mais próximos que, nestes postos, manteriam “a prerrogativa de foro que, segundo os artigos 86 e 87 do Código de Processo Penal, inclui também os embaixadores.”

Quem prestou atenção na recente dança das cadeiras anunciada no Itamaraty – e informada em primeira mão por Denise Chrispim Marin aqui n’Os Divergentes – percebeu que postos como Lisboa, Paris e Roma não sofreram mudanças ainda. Essas embaixadas têm hoje como titulares ex-ministros e ex-assessores importantes dos governos do PT, como o ex-chanceler Luiz Alberto Figueiredo (Lisboa), o também ex-chanceler Antônio Patriota (Roma) e o ex-chefe do cerimonial de Lula Paulo Oliveira Campos (Paris).

Diz Chagas que ” que o Planalto e o Ministério das Relações Eexteriores estão guardando esses lugares, sem nomear para eles novos titulares agora, para o próprio Temer e outros auxiliares objeto de investigações da Lava Jato, como os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha, que não deixaram seus cargos para concorrer na eleição e, portanto, perderão o foro privilegiado quando acabar o governo.” Além desses, outros nomes, como o do próprio chanceler Aloysio Nunes Ferreira, podem ser indicados para esses postos.

Mas como Temer e seus amigos conseguiriam isso? Fazendo um acordo ainda na campanha, ou entre o primeiro e o segundo turno, ou mesmo logo após a eleição, com o candidato vencedor, seja ele qual for. Com exceção de Jair Bolsonaro, com suas reações imprevisíveis, qualquer presidente eleito sabe que precisará do MDB de Temer – que deve fazer uma das maiores bancadas do Congresso – para governar.

Vindo de Michel Temer, não é surpresa, embora seja absurdo. Ou não, pois, como diz a jornalista, “em vez de Curitiba, Lisboa, Paris e Roma” não é nada mau.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. Conhecendo nosso povo, a chance de Temer sofrer sob um “Martelo de Gideão” ou acabar como um Somoza é nula.

    1. Para você ver… Tão trouxa que vai continuar votando em parlamentares do PMDB, mantendo assim o poder de barganha desse partido. Afinal, se Temer et caterva contam com isso, é porque sabem da burrice do povo.

  2. Que sonho é esse de que a P* do MDB será uma das maiores bancadas? Vai encolher no fechamento da janela partidária dia 18/04. Vários dos que ficarem não serão reeleitos. Vai virar um anão de orçamento.

  3. será que a POPULAÇÃO ELEITORAL AINDA VAI ELEGER,REELEGER ALGUNS DOS CANALHAS DO MDB QUE SE VENDERAM POR VERBAS PARTIDÁRIAS PARA NÃO INVESTIGAR O TEMER!

  4. Um candidato de esquerda que vier a ser eleito e aceitar esse acordo estará totalmente sem moral para governar. Acho improvável!

  5. “…qualquer presidente eleito sabe que precisará do MDB de Temer – que deve fazer uma das maiores bancadas do Congresso – para governar.” Tudo porque o povo não sabe votar!

  6. PENSAR QUE O MDB TERÁ UMA DAS MAIORES BANCADAS É ALGO LOUCO…
    VÃO TER QUE EXPLICAR TEMER, DESEMPREGO, INSTABILIDADE SOCIAL, REFORMA TRABALHISTA E O GOLPE!
    SÓ PARA COMEÇAR….

    1. é um povo acostumado a ver novelas, tem a profundidade de uma lagoa rasa cheia de detritos. sim, por isso é possiíel se pensar que votarão em temer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.