Intercept: Moro e MP “blindaram” FHC de acusação igual à de Lula

Um trecho do conversas por aplicativo entre Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, exibido pelo The Intercept,  revela que o ex-juiz Sérgio Moro discordou de investigações sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na Lava Jato “porque, nas palavras dele”, não queria “melindrar alguém cujo apoio é importante”.

O diálogo ocorreu em 13 de abril de 2017, um dia depois do Jornal Nacional ter veiculado uma reportagem a respeito de suspeitas contra o tucano. Naquele dia, Moro chamou Deltan Dallagnol em um chat privado no Telegram para falar sobre o assunto. O juiz dos processos da Lava Jato em Curitiba queria saber se as suspeitas contra o ex-presidente eram “sérias”. O procurador respondeu acreditar que a força-tarefa – por meio de seu braço em Brasília – propositalmente não considerou a prescrição do caso de FHC e o enviou ao Ministério Público Federal de São Paulo, segundo ele, “talvez para [o MPF] passar recado de imparcialidade”.

Moro, então, adverte sobre a inconveniência de mexar com alguém que era “alguém cujo apoio [à Lava Jato]  é importante”.

Tecnicamente, sustar uma investigação porque alguém é importante politicamente  tem um nome no Código Penal: prevaricação, deixar de tomar ou impedir que se tome ato de ofício que seja de seu dever.

As investigações passam, então, a ser simples pantomima.

A “palestra” de Fernando Henrique Cardoso que serviria para justificar o pagamento da Odebrecht a Fernando Henrique Cardoso tinha, até, uma desvantagem à mesmoa imputação que, à epoca, se fazia|à de Lula: ao contrário do petista, FHC jamais a havia feito.

No texto do The Intercept:

Moro estava explicitamente preocupado com investigações da Lava Jato contra um apoiador político de seu trabalho. E Dallagnol admitiu acreditar que outros procuradores da força-tarefa passaram adiante uma investigação que sabidamente não resultaria em processo, a fim de fabricar uma falsa percepção pública de “imparcialidade”, sem, no entanto, colocar FHC em risco.

Os promotores chegaram a fazer, simultaneamente, uma operação de busca e apreensão no Instituto FH, no  Instituto Lula e à LILS, empresa de palestras do petista. Desistiram, porque isso poderia dar a chance que Lula argumentasse que os pagamentos que o Instituto recebeu foram idênticos à entidade do tucano.

The Intercept traz o PSDB e Fernando Henrique para o imbroglio das manipulações da Lava Jato, embora o ex-presidente diga que não passa de uma “tempestade em copo d’água”.

Gota a gota, porém, a Lava jato está se afogando.

PS. Naquele site “O Bolsonarista”, Sérgio Moro diz que tudo não passa de “mero sensacionalismo”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

30 respostas

  1. Espero que Greenwald saiba o que está fazendo e esteja administrando o cronograma de divulgações não apenas pelo aspecto comercial, ou seja, quanto essas doses semanais podem render a ele.
    Se há algo que impacte, efetivamente, que seja divulgado, estamos caindo no lugar-comum com esse andamento.
    O stf e demais instituições não se sensibilizarão com o que foi divulgado até agora, pois estiveram e estão com golpe. Exigirão perícias para verificar autenticidade, além de outras providências, antes de rever a prisão de lula.
    É preciso áudio/vídeo já periciado por entidade independente para tentar algo novo e forte o suficiente.

    1. Lugar comum? Eles estão destruindo a credibilidade da lava jato a conta gotas e de maneira implacável. Hoje o Intercept mostrou que vai além de fixar atenção nos diálogos sobre Lula. Isso dá nova dimensão à narrativa e acaba por fortalecer cada vez mais a idéia de ser uma reportagem que busca a verdade inteira. É uma estratégia jornalística brilhante.

      Mas não é o Intercept que vai, sozinho, tirar o Lula da cadeia. Se o fascismo seguir forte no judiciário, não há jornalismo que resolva.

    2. Concordo, “só isso” não vai convencer, são fatos que todos sabiam; está na hora de usar a artilharia.

    3. Mas eles já explicaram que os arquivos são muito extensos, eles estão fazendo o melhor possível, existe o que você falou do aspecto comercial, mas não é só isso, é pouca gente pra apurar e filtrar o volume de informacões obtidas e convenhamos em qualquer democracia séria, e não essa republiqueta das bananas em que vivemos, o que já foi revelado seria o suficiente pra derrubar Moro, Dellagnol e toda a porca tarefa da vaza jato… tem que ter paciência.

    4. Esperávamos que fosse divulgado uma conversa entre Moro e Gelbran, por exemplo. Ressuscitar FHC, de duzentos anos atrás, dá a impressão que o Glenn foi cooptado. o que seria lamentável e decepcionante.

    5. Que me perdoem os mais entusiasmados com o gringo, mas, essa bobagem de hoje, que dizem ser uma bomba e coisa e tal não faz cócegas nem no canalha fhc, nem na turma lavajateira. É mais revelador do mau caráter desse juizeco de merda e dos seus miquinhos do que qualquer outra coisa. É bom que esse gringo, caso tenha, realmente, algo de fundamento, apresente logo e fira de morte o canalha do marreco e os outros vagabundos, ou então se cale, pegue seu bofe, seus filhos e vá morar na Indonésia ou Malásia, ou no raio que o parta. Falar do caga-fraldão fhc e dizer que é querendão do marreco é pura bobagem e a esquerdalha idiota inútil está festejando porque o cavalo cagou na estrada, sendo que, uma das coisas comuns na conduta do cavalo é, pasmem, cagar na estrada. Esse gringo que ponha as barbas de molho e não venha brincar com o Brasil.

  2. Nada vai adiantar,por uma simples razão.O JUDICIÁRIO BRASILEIRO,é um dos PROMOTORES DO GOLPE DE ESTADO.Essa cambada,sofre de CIÚMES IMORREDORES,POR FIGURAS COMO OS lulas da vida,por uma simples razão.Não suportam assistir um NORDESTINO POBRE E SEMI ANALFA,no posto mais alto da república,enquanto eles, OS ELEITOS POR DEUS,continuarem em suas MISERÁVEIS VIDINHAS MEDDÍOCRES,eternamente.

    1. E o mais insuportável de tudo para estes medíocres é o nordestino pobre e semianalfa ter se tornado uma celebridade mundial, respeitado e acatado por onde passou, ao contrário do tenente-demente que onde vai desperta protestos das pessoas de bem.

  3. Qual o problema: o moro só achou ruim por que eles fizeram uma pequena ameaça ao fhc. UM aliado a ser preservado de tudo. Este não. E se atacarem o instituto do fhc o LULA, que não tinha a mesma curriola, pode pedir tratamento igual.
    Que isso, gente, vamos ser bandidos eficientes.

    ” Moro – 09:07:39 – Tem alguma coisa mesmo seria do FHC? O que vi na TV pareceu muito fraco?
    Moro – 09:08:18 – Caixa 2 de 96?
    Dallagnol – 10:50:42 – Em pp sim, o que tem é mto fraco
    Moro – 11:35:19 – Não estaria mais do que prescrito?
    Dallagnol – 13:26:42 – Foi enviado pra SP sem se analisar prescrição
    Dallagnol – 13:27:27 – Suponho que de propósito. Talvez para passar recado de imparcialidade
    Moro – 13:52:51 – Ah, não sei. Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante

  4. Se não tiver o fhc envolvido não é curriola ou maracutaia.
    Crime fizeram protegendo-o.
    É a lava jato criminosa de sempre.
    E fhc estava lá, ah se não estava!

  5. Decepção.
    O que se extraí disto é que reforça o que o outro post mostrou,a liderança do criminoso moro no resto da QUADRILHA de procuradores e o evidente ( e conhecido) por todos cuidado que tinha o delinquente em envolver seua parceiros políticos ,os tucanalhas,mas,se esperava algo mais poderoso ,o tempo passa rápido.
    Por que não se debruçar em algo quente mesmo? realizar esse trabalho exaustivo de conferir datas,reportagens,personagens,etc em algo que venha ter um impacto imediato.
    Este nível só ajuda eles, vão criando narrativas esdrúxulas,canalhas e repetindo-as para ganhar tempo e desgastar o ánimo dos deste lado.
    ESTAMOS NUMA GUERRA E QUALQUER OPORTUNIDADE PERDIDA DE BATER PRA VALER NOS DELINQUENTES É TEMPO A MAIS PARA ELES CONSOLIDAREM O SAQUEO DO NOSSO FUTURO.,

  6. Decepção.
    O que se extraí disto é que reforça o que o outro post mostrou,a liderança do criminoso moro no resto da QUADRILHA de procuradores e o evidente ( e conhecido) por todos cuidado que tinha o delinquente em envolver seua parceiros políticos ,os tucanalhas,mas,se esperava algo mais poderoso ,o tempo passa rápido.
    Por que não se debruçar em algo quente mesmo? realizar esse trabalho exaustivo de conferir datas,reportagens,personagens,etc em algo que venha ter um impacto imediato.
    Este nível só ajuda eles, vão criando narrativas esdrúxulas,canalhas e repetindo-as para ganhar tempo e desgastar o ánimo dos deste lado.
    ESTAMOS NUMA GUERRA E QUALQUER OPORTUNIDADE PERDIDA DE BATER PRA VALER NOS DELINQUENTES É TEMPO A MAIS PARA ELES CONSOLIDAREM O SAQUEO DO NOSSO FUTURO.,

  7. A longa história de corrupção deste energúmeno está revelada em mais detalhes nos livros: “A Privataria Tucana”, de Amaury Ribeiro Jr. e “O príncipe da Privataria”, de Palmério Dória. O Marreco de Maringá já havia blindado este espécime tucano de baixa extração no rumoroso Caso Banestado que nada mais era do que a lavagem do dinheiro obtido pela cúpula do P$DB na Privataria Tucana. Aliás, pra mim, o objetivo principal do golpe de 2016 foi permitir à direita voltar a deitar e rolar no desvio de dinheiro público, como sempre fizeram, e o Mineirinho é um símbolo deste vício tucano e da impunidade que sempre gozaram junto ao $i$tema judi$$ial do país. Uma vergonha!

    https://www.youtube.com/watch?v=STrxqSA0p8E

  8. Para quem não sabe juiz não precisa de apoio. Quem precisa de apoio é político. É por isso que Moro abandonou a magistratura para ser ministro. A Lavajato é um projeto de poder. Não resta a menor dúvida.

  9. FHC não podia se manifestar a favor de Lula, mesmo nos casos mais aberrantes, porque tinha o rabo preso com a Dupla Dinâmica. Não foi só isso. FHC espinafrou o Lula, falou que cometeu crimes e deveria permanecer preso. Seria por gentil solicitação da Dupla Dinâmica?

    1. A Dupla Dinâmica Criminosa queria era estar trabalhando para os tucanos… Como não conseguiram trabalhar para o cheira-cheira ou para o santo, foram trabalhar para o BOSTA !

  10. Tem nome e é crime: PREVARICAÇÃO. Está provado que a verdadeira ORCRIM é a República de Curitiba, berço da farsa-jato.

  11. Quem já votou no Príncipe da Privataria levanta a mão!
    Espero que, por aqui, ninguém.
    Mas, caso alguém tenha sofrido tal loucura, espero que tenha sarado!

  12. Amanhã já teremos os coxinhas por aqui, fazendo comentários. Por enquanto, eles estão apagando suas mensagens nas quais falavam que os “idiotas do PT não vão poder continuar falando que só se investiga a esquerda…”

  13. Por isso o CANALHA Fhc ( que só acertou em deixar os milicos a pão e água em seu desgoverno ) abriu o bico a bostejar que Lula deveria seguir preso, ainda que todo o processo tenha sido um embuste , fraudulento e político.

    Esperar o que do cãozinho de estimação do Bill Clinton ??…..fhc, fazia, muitas vezes, um papel de maior subserviência que o próprio bozo, ao Império do Mal.

  14. Era esse o problema na Argentina que moro quis manter em digo?
    Era sobre a compra da Bahia Blanca que Cervero disse ter dado 100 milhões em propinas durante o governo de FHC?
    Tá certo o Moro manter sigilo já pensou se vaza?
    Teriam que prender FHC e sua turma

  15. Moro decidia quem ia e quem não ia para o cadafalso. Como no caso em que mandou Deltan investigar só 30% dos investigáveis. É preciso ter estômago para acompanhar porque Moro continua ministro, Deltan continua na força-tarefa, Lula continua preso e nós nos afogando em indignação sem saber o que fazer diante do ‘STF com tudo’. E sem saber o que os militares estão tramando.

  16. Um tucano – sobretudo um de alta plumagem como efeagá – pode até chegar no cinema com uma Uzi e metralhar todo mundo que não vai acontecer nada com ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.