Macri, agora humilde: pedido de desculpa e aumento de salários

O presidente argentino Mauricio Macri abriu sua fala, agora cedo, por uma mensagem em rede de televisão, de forma surpreendente: pediu desculpas por ter dito que a culpa pelos problemas da Argentina era dos eleitores que escolheram votar na oposição.
Reconheceu as dificuldades por que estão passando os argentinos e disse estar fazendo uma “autocrítica” por ter exigido sacrifícios demais:

“Escutei o que quiseram me dizer no domingo”, dizendo que era por isso que anunciava um aumento do salário-mínimo, redução de imposto de renda, bônus para os aposentados e para as forças de segurança.

“Baixou a bola”, como se diria na gíria e abandonou o discurso catastrofista que vinha fazendo sobre uma vitória da oposição.

Nitidamente, visou recuperar terreno para a eleição “para valer”, em 27 de outubro.

É provável que seja tarde demais, sobretudo porque o faz depois de dois dias de desgaste com a ferocidade de sua reação às urnas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

25 respostas

  1. Ele está subestimando a inteligência do eleitor argentino.
    O povo argentino não é tão ignorante em termos políticos como o povo brasileiro.
    Certamente, sacaram no ato a óbvia jogada política dele.
    Então, o mais provável é que o tiro saia pela culatra.

      1. A questão é um pouco mais complexa .O argentino é politicamente mais ativo e discute diariamente sobre política.
        Dificilmente vc participa de uma reunião familiar ou de amigos em que não se fale de política.
        O caso do Macri ,se fundamentou na aplicação de uma terível guerra mediática da direita acompanhada pelo lawfare ,”curiosamente” vindo de eeuu.Assim causas armadas alimentaram diariamente os noticiários massivos.ELES ATÉ USARAM O EXPEDIENTE DE ASSASSINAR UM PROCURADOR,O NISMANN,PARA CARREGAR ESSE MORTO NO GOVERNO DOS KIRCHNER (os menos interessados que esse ‘agente da cia e do mossad ,morre-se,ele não tinha nada plausível para incrimina-la).
        A história é longa e complexa.Mas depois dessa experiência macriana ,dificilmente eles , os neoliberais,terão outra chance.

  2. Mais um delinquente neoliberal.
    Este sim com diversos processos na justiça,torpedeados,adiados,tumultuados com manobras ilegais no poder judiciário.
    Mas,não escapará,as provas são robustas,documentadas .Lhe aguarda uma vida tumultuada quando perder o manto de proteção dos juízes amigos e da mídia prostituta.
    Já era , não se apagam 4 anos de desgraça ,com uma infantil chantagem eleitoral
    Quem sabe seja por lá que começaremos ,pelo exemplo , a derrubar esse lixo que atormenta nossas vidas.

  3. Só se o povo argentino for muito ingênuo, que não é, para cair nessa armadilha do direitista Macri. Ele agora dissimulado, como são os homens do mercado financeiro, dá reajuste agora para depois de reeleito cobrar com juros e correção monetária essa aparente bondade.

  4. Amo o povo argentino. Tenhio nojo da direita argentina. Argentinos!!! coloquem estes vermes da direita e capachos de trump para correr daí e procurar trabalho na Sibéria.

  5. Não vai dar para o Macri voltar a enganar os argentinos com este pedaço de bolo. Com conversa fiada e com bolo se engana um tolo. Tem até outubro para virar o jogo, e não vai conseguir. Estas mostras de anti-liberalismo são mais desespero do que sintomas de humildade. E aqui, o Moro ameaça sair do colo do Jair e ir para o colo do Dória. Vai deixar de ser federal para ser estadual. Depois será municipal, e depois… não será mais nada.

  6. Exemplo para o Brasil. O Macri mudou o tom da campanha e porquê? Porque os argentinos não são os brasileiros. Os brasileiros votam por fake news.

    1. Eu estou impressionado com a classe média!!! Por mais que vejamos tudo de ruim que está acontecendo, eles não abrem a boca para reclamar!!! Tanta imbecilidade tá difícil de entender!!! A parte da população, que se deixou dominar pelas seitas evangélicas, eu até entendo. Foram anos de dominação até torná-los ignorantes ao extremo. As crianças deixam de estudar para ficar frequentando assiduamente estas igrejas.

  7. Nossa, o nariz do cara quase quebrou o meu monitor. Vai ser Pinóquio lá nos quintos dos infernos! Que ele perca a eleição de lavada.

  8. O Macri Cabeção , como todo direitista , é um jegue, pois deixou o Sargento Cocô encostar nele e agora o cheiro não sai nem com reza brava.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *