Marco Aurelio diz que Carmen Lúcia “dá as cartas” do baralho viciado do STF

carmencartas

O Ministro Marco Aurelio de Mello disse ao Estadão que “comunicou à presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, que estão prontos para julgamento os dois pedidos de medida cautelar declaram inconstitucional prisão após condenação em segunda instância.

– Eu cumpri o meu dever (de comunicar à presidente do STF). Quando será julgado, ela (Cármen) definirá, ela dará as cartas”

Dar as cartas é boa definição para o jogo de Cármen Lúcia, que manobra para manter o placar de 6 a 5 em favor de Sérgio Moro.

Ficará fácil para ela enquanto os ministros acharem que têm mais deveres às cortesias de seu amável “Clube do Data Vênia” do que com a Constituição da qual deveriam ser guardiães.

É que Temer viaja, Eunício e Rodrigo Maia, para serem candidatos, viajam também e Cármen Lúcia, embora não goste do termo, será presidenta interina da República.

E Dias Tófolli, vice, assume a presidência do STF por dez dias.

Simila similibus curantur, é a hora de devolver o golpe de esperteza de Cármen ao colocar o habeas corpus de Lula à frente da questão de princípio e dar um “jeitinho” para Rosa Weber obedecer Moro e  votar contra o que diz ser a sua consciência.

Mas eles são, à parte as acusações de “capangas”, psicopatas e tráfico de influência que trocam, todos cavalheiros de fino trato.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

25 respostas

    1. Eu fiz a minha parte, mas atravessar uma urgência em plenário é “chato” para com a presidenta desse supremo do golpe e tudo …

  1. STF, um Tribunal auto apequenado, que de Supremo só tem a covardia e a submissão ao poder vigente.

  2. O golpe às vezes parece ter subterrâneos mais profundos do que já fomos capazes de imaginar. A esquerda tem combatido ao sol, mas o inimigo está agindo em abismos trevosos. Talvez fosse preciso mergulhar neste abismo para travar um combate menos desigual.

  3. Carminha é o retrato da decadência e da imoralidade do poder judiciário, karadumkudotro. #LulaLivre

      1. A que ponto chegamos, hein? Os heróis do “judiciário” homenageados num puteiro. Essa é a nova cara do Brasil.

  4. “Clube do Data Vênia” é um dos melhores títulos que já vi. Valia um filme com roteiro do Stanislaw e assinatura do Hugo Carvana. Infelizmente para nós, ambos já estão rindo lá em outras esferas, bem longe do cheiro de enxofre que exala o STF. Cambada de safados comandados pela trapaceira Carminha.

  5. Marco Aurélio não pode mais ser tratado como menino amarelo. No julgamento do HC do Lula ele chegou a dizer: “Se arrependimento matasse, eu estaria morto”. Não apresentou a sua questão de ordem em 21 de março em troca de ter o habeas corpus para Lula pautado na frente. Por sua vez, Rosa Weber deu aquele voto surreal e Lula foi preso. Marco Aurélio tem tempo de STF suficiente para ver uma estratégia de não ficar mais tomando drible de Carmen Lucia.

  6. Más escolhas por quem deveria saber do que estávamos a tratar, não só de Lula e Dilma, de tantos por aí, mas mais deles! Colocar agentes de grande poder com vitalícidade na função, acompanhado de mídia oligopooizada, esperar algo diferente disso me soa estranho? Porque desde as camisetas em sequestradores, até hj, só tivemos mais do mesmo, num.consórcio mais que criminoso, impiedoso contra os pobres e a soberania da nação. Quem foram os responsáveis pelas acusações e pelos julgamentos que envolveram a ap 470, impeachmeant de Dilma e de Lula se não eles, os nossos indicados? Já nos mandatos dos primeiros seja na PGR seja no STF, daria para ter o tal simancol básico, mas não, precisavamos da desgraça total, com retrocessos tantos e alguns irreversíveis. A pergunta que não…Será que aprendemos?

  7. O neoliberalismo aponta para um capitalismos totalitário, com restrições às liberdades políticas e supressão dos direitos e garantias individuais. O agente responsável por nos impor essas condições é o Poder Judiciário, sob a tutela das FFAA, já que os Poderes Legislativo e Executivo perderam sua legitimidade. Daí a importância de barrar o golpe. A única força política viva capaz desse feito é o Lula, que pode aglutinar a esquerda e atrair segmentos liberais da política e da sociedade.

  8. Dar as cartas? Isso parece jogo de pôquer. É blefe prá todo o lado. Temos que pagar para ver?

  9. Acho que já falamos quase tudo dessa senhora que preside o tribunal , talvez tenha faltado algumas coisas que só ela sabe e um pequeno círculo de golpistas . Golpistas dentro do tribunal e alguns poucos fora dele . O que sera ? . Já está ficando visível o que já era cristalino . Impedir Lula de ser de novo presidente .

  10. O problema não é o juizeco nem a carcereira, são seus chefes: Mercado, Midia, altíssimos Magistrados e Cardeais políticos que permitem o arbítrio dessas tristes figuras liliputianas que talvez não saibam ou não calcularam bem o negócio em que se meteram.

  11. Vampirão viaja, Botafogo viaja, Índio não fica aí, também viaja. Então, Benta Carneira, a Vampira Brasileira assume o trono. Estamos perdidinhos da Silva, como se diz nos botecos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.