‘Media training’ capenga: Moro admite deixar cargo se houver irregularidade

Se, de fato, Sérgio Moro fez ‘media training’ para se submeter à inócua sessão do Senado onde (não) deu explicações sobre sua troca de mensagens com o procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, não entendeu nada ou foi mal orientado.

Nem falo da dicção inconvincente ou das sucessivas escapadas de negar que se lembrasse (ou, então, negasse) trechos dos diálogos revelados até agora, invocando a falta de memória

Sobre alguns, marcantes e recentes, poderia ter dito que “jamais me expressaria desta forma”. Se não o fez, deixa subjacente que lhes reconhece a veracidade.

O pior momento até agora, porém, foi quando caiu como um tolo na armadilha que o senador Jaques Wagner duas vezes lhe colocou à frente.

Indagado se, caso surgissem novas revelações que levassem à necessidade de apurar o caso, deixaria o cargo de ministro, escapou na primeira vez , mas, na réplica, respondeu da maneira que qualquer “coach” de mídia diria que jamais fizesse: admitiu que sim, que “se houver alguma irregularidade da minha parte, eu saio”.

É claro que irregularidades já há. E ninguém tem dúvidas que outras, mais explícitas e expressas serão reveladas.

Poderia responder, simplesmente: “Senador, estou convicto de que agi corretamente, por isso não tenho porque cogitar disso”.

Mas, ao responder daquela maneira, moro assinou uma “promissória” que lhe será cobrada, a partir do próximo fato grave que vier à tona. Terá de passar, a partir daí, por alguém que está apegado ao cargo ao ponto de negar o que disse, até porque deixar o ministério seria, do seu ponto de vista, um suicídio político.

O segundo, caso se considere o evidente: que o primeiro foi tê-lo aceito.

PS. Houve um erro na manchete original peço perdão aos leitores pelo meu esgotamento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

33 respostas

  1. Media training zero! Dizer que “pode ter falado algumas coisas” parece declaração de investigado na lava jato. Além disso, resta a dúvida: ele não teve apego ao cargo de juiz depois de 20 anos de magistratura, agora não tem apego ao cargo de ministro da justiça…ao que é que ele tem apego? afinal, como disse Marco Aurélio Mello recentemente, é estranho uma pessoa que não é de família rica abandonar um cargo público importante… quem será que paga as contas do sr. Moro? a APAE?

    1. Como disse o Sensacionalista, Moro pode terminar num lava jato de verdade.

      Habilidade para passar pano ele já demonstrou que tem.

      1. Tenho minhas dúvidas,porém, sobre a capacidade mental dele lavar e passar o pano no ritmo devido. Seu Q.I. não parece suficiente…rs

    2. Eu acredito que a ganancia e a sensação de poder (dada pelas costas quentes do Deep State) tornaram o ministro audacioso. Quando vc acha q

  2. Fernando, é preciso corrigir o título da postagem, pois está o nome do abominável chefe deste juizeco abominável também.

    1. Tanto o dito ex-juiz, como o atual dito presidente, se tiverem irregularidades, que saiam o mais rápido possível!!!!!!

  3. Boa nota, Brito. O baixíssimo nível intelectual do torquemada araucariano é bem conhecido de todos nós. Ele e o restante da ORCRIM lavajateira foram escolhidos não porque fossem os mais capazes, mas os que aceitaram docilmente e a baixo custo para o Deep State, a cooptação para desmontarem o Brasil e entregar aos gringos as riquezas e setores estratégicos cobiçados. O torquemada e demais comparsas lavajateiros se acham blindados e confortáveis; será que sabem o que a CIA e Deep State fazem com os agentes estrangeiros por eles cooptados, quando perdem a serventia?

    1. Verdade…..Moro e sua turma já cumpriram a tarefa para a qual foram contratados: impedir a eleição de Lula e tirar a esquerda do poder sem precisar de uma intervenção militar….Agora perderam a serventia. Provavelmente vão ganhar algum premio de consolação dos americanos (para se recolherem à insignificancia). O projeto de Moro de ser presidente (substituindo Bolsonaro), rolou ladeira abaixo….e por tabela os projetos de seus subalternos também. A conferir até “quando” vai ser interessante ao governo segurar o seu “ministro da justiça”…….

  4. O QUE MAIS FALTA SABER PARA TERMOS CONSCIÊNCIA DE QUE SE NÃO DERRUBARMOS ESSA QUADRILHA AGORA NUNCA MAIS TEREMOS ESPERANÇAS DE UM FUTURO MELHOR.O QUE MAIS FALTA FAZEREM PARA QUE NOSSA INDIGNAÇÃO SE TRANSFORME EM CORAGEM?
    ELES SÓ TEM UM MEDO;REVOLTA POPULAR.
    ELES SÓ TEM UMA ESPERANÇA;NOSSA PASSIVIDADE.
    A PARTIR DO MOMENTO EM QUE FORMOS AS RUAS E ESSA FARDA IMUNDA NOS MOLESTAR,E OS ENFRENTARMOS SEM MEDO DE SEUS CASSETETES,DE SUAS TASERS,,BALAS DE BORRACHA,SPRAYS DE PIMENTA E SEUS COTURNOS EMBOSTEADOS NAS FÉTIDAS LATRINAS DOS QUARTÉIS ESSA CAMBADA VAI RECUAR.
    POSSIVELMENTE MUITOS DE NÓS CAIREMOS MAS É PREFERÍVEL CAIR ETERNAMENTE QUE TERMOS NOSSOS FILHOS E NETOS VIVENDO SOB O JUGO DESSA GENTE SEM ESPERANÇA SEM HONRA,SEM DIGNIDADE POR NOSSA CULPA,NOSSA MÁXIMA CULPA.

  5. A memória dele é sempre fraca como em recente entrevista – na Globo com Bial – disse que gosta de ler biografia, mas quando questionado sobre a última que leu: disse não se lembrar.

  6. Haja estômago para aguentar tamanha safadeza ,um sujeito miserável,criminoso,ralé, na postura de “herói combatente contra corrupção” (obviamente orientado nessa estratégia por alguém menos limitado) é duro de suportar.
    Mas ,tenho esperança que chegará o dia final desse canalha nesse papel de justiceiro.
    Me pergunto preocupado,que vamos fazer nós se quadrilha que assaltou o poder se nega a entregar a cabeça do marreco.

  7. Lula tinha que se lembrar de tudo que aconteceu mais de cinco anos antes, e saber de tudo o que acontecia no terceiro escalão.

    1. E o engraçado é que ele lembra de tudo que foi dito e o que ele falou em todos esses anos. Não tergiversou nunca. Juizeco safado.

  8. Caros, como diria o gato DD da Odebrecht (KKKKKKK).Acho que ele foi sincero. Até o momento, quem se beneficiou com essas mostras de material jornalístico foi o Bolsoasno. Bolsoasno o manterá no cargo pois sabe que será devidamente desidratado e perderá já a corrida de 2022, ou seja, garante mantendo ele no cargo que o Moro não será candidato. Acho que lá no fundo desse energúmeno, ele sabe que é isso. Tem duas saídas possíveis: sair do cargo ou sair da vida. Não sou hipócrita, mas detesto a segunda opção, pois isso desidrataria a própria reportagem, ou seja, perderia interesse. Fosse eu Moro pediria demissão, pegaria a sacripanta da esposa e me esconderia secretamente em qualquer parte do mundo, pois a impressão que tenho é que no momento ele vale mais morto que vivo.

  9. Talvez os ‘mens’ em uóchnton tenham falhado no mídia treining de moro! Falta de visão para antecipar algo assim; imginem se moro “vim” a cair”!

  10. Abandonou o cargo por que, ou tinha grandes pretensões, ou grandes promessas…….mas pelo visto, seu futuro já era, a única saida que lhe restará, quando a poeira baixar, será o aeroporto……..já é um pato manco, que não será descartado para não justificar as denuncias, mas a partir de agora vai se arrastar até sumir no horizonte….
    Não será o primeiro…..falar nisso, por onde anda a ex-senadora da camiseta branca e calça jeans, de voz tão irritante quanto o marreco?

  11. Uau ou wow ? Cento e oitenta mil Reais por um media training ? e com essa qualidade ? o marreco de Maringá será depenado e cozido no fogão a lenha bem devagar.

  12. Caro Brito: seu ato falho revela o desejo de todos nós. Fora Moro, fora Bolsonaro e toda sua turma.

  13. Muda o título, Brito. Sobre o depoimento, fica claro que o Brasil está lidando com alguém profundamente perigoso. Mas o bom é que ele abriu uma brecha importante. É bem provável que surja um áudio. Moro vai cair. Não vejo como ele ficar.

  14. Começou melhorar: sai logo, Moro!
    Já está provado que houve, não irregulairidade, houve crine.
    E como pode o suspeito comandar a investigação?

  15. Acho o título correto é…
    “Media training’ capenga: MORO admite deixar cargo se houver irregularidade”…
    Não é o Bozo…

  16. Em tese, concordo com o texto. Porém, Moro, Bozzo e generais jamais reconhecerão a realidade. Ou seja, nada mudará….

  17. Lula pede todo dia que Moro apresente provas de seus crimes, e Moro diz todo dia que asprovas contra sua criminosa atuação como juiz eles não valem. É uma inversão de valores nesse país de canalhas no poder. Até quando prevalecerá a mentira? Acham que empresário competente vai investir dm um país de mentiras? Não só rspeculadores e gatunos em coma de nosso património. Auem mandou termos generais irrisórios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *