Miliciano sabia que era arquivo a ser queimado

Deu-se o previsível.

O ex-capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega foi morto na manhã de hoje durante uma alegada troca de tiros com policiais de Batalhão de Operações Especiais da PM da Bahia, com apoio do setor de inteligência da Polícia Civil do Rio e de um helicóptero, num sítio no interior baiano.

Para o elo concreto entre Flávio Bolsonaro e organizações milicianas, agora, não há mais confissão, nem mesmo delação premiada.

A família, querendo, pode guardar a Medalha Tiradentes que o “Filho 01” lhe deu, quando estava preso. Mas acredito que não queira ficar com ela, à guisa das flores que máfias mandam a seus executados.

Desconhece-se como um só homem, cercado por uma tropa, com um revólver, uma pistola e duas velhas “papo amarelo” de filme de faroeste (se é que todas as armas eram dele) poderia oferecer dificuldades para, vendo não ter saída, acabar por se entregar.

Mas a conveniência deste desfecho é óbvia.

Tanto que, noticia o Estadão, Adriano “nunca havia falado diretamente com seu advogado, Paulo Emilio Catta Preta, até a quarta-feira passada. Foi quando, preocupado com os últimos movimentos da polícia, ligou para ele e relatou que tinha “certeza” de que queriam matá-lo para “queimar arquivo”. A viúva do miliciano também fez o mesmo relato”.

A lei do silêncio está restabelecida.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

40 respostas

  1. Uma história tão mal contada que dá até para desconfiar se ele realmente foi morto, ou passou inteiramente para a clandestinidade.

    1. A morte deste miliciano é um memorando público para toda a milícia: quem insinuar abrir o bico morre.

  2. A máfia miliciana está estabelecida no poder central do Brasil, a serviço da Casa Branca.
    A Colômbia é aqui: paramilitares, assassinatos em massa de opositores e bases militares americanas.
    É este o “grande projeto” da cúpula militar para o nosso ex-país? Uma Colômbia ampliada?

        1. Hoje não, não mencionei o governo atual, mas os anteriores do tempo dos cartéis, traficantes…. Tijuana….. El Chapo….

    1. Ou nem mesmo opositores, não é, Mary? Pois o capitão vivo não era mui amigo do capitão morto?

  3. O Governador Rui Costa tem que dar satisfação à população. A polícia sob seu comando executou um bandido que poderia ter informações chave para o esclarecimento de crimes do interesse nacional.
    Absurdo! Incompetência máxima. Levanta até a suspeita de um acórdão.

  4. E os amigos desse canalha não vão se manifestar?

    O chefe dele não vão se manifestar? Os ocupantes do Palácio do Planalto, do Senado Federal e Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro, não vão se solidarizar com o amigo BANDIDO ASSASSINO?

    Aguardemos!

  5. Será que eu entendi errado, ou houve uma queima de arquivo realizada pela policia baiana? Quem comanda a SSP da Bahia é o Rui Costa. Pelo anunciado no texto nas entrelinhas haveria um conluio entre o governo Bolsonaro e o governo Rui Costa. O governador deve explicações e apurar essa morte imediatamente sob o risco de ser acusado ?ela mídia, não apenas ele mais o PT baiano, de cumplicidade.

    1. Esse é o pto q mais me interessa, não dá pra passar pano pra esse Rui Costa, esse cara é mais de direita do q mtos políticos assumidamente de direita! Pô, esse cara criticou o Lula dizendo q seus discursos após sair da prisão eram radicais demais; se apresentou como candidato a presidente em 2022 (Deus nos livre!!!); a PM de Salvador tem cometido os atos mais discriminatórios contra pobres e negros recentemente; e a lista vai longe, e agora essa parada. Meu, ele deve explicações e o PT tem q cobrar essas explicações!!!!

    2. Alex, não insinue coisas que você não tem a mínima condição de corroborar.
      Não seja ingênuo , o PRÓXIMO pode ser VOCÊ .

  6. Se o miliciano tivesse cuspido os feijões, estaria vivo e teria livrado o Brasil de uma praga pior que vírus alienígena.
    Ao contrário,preferiu levar o segredo pro Inferno, onde irá ficar sozinho………por enquanto.
    E agora uma dica quentíssima, codificada e criptografada para a polícia:
    O anagrama do nome do mandante dos crimes de Marielle e Adriano é “ARIJ ROSOLBANO”.

  7. Pra mim, o Queiroz e o Lessa serão os próximos…esta na cara…Depois vem esse advogado, Paulo Emilio Catta Preta…Quando descobrirem que o SUICIDOU-SE deu pra ele um CD com toda a patifaria…Esse, tb já era…E fila que SEGUE…e viva o BRASIL COLÔNIA…

    1. Beatriz Catta Preta ………Paulo Emilio Catta Preta….coincidência? Ou família de advogados bem sucedida?

  8. É claro que as as armas não eram dele. ex-Policial de elite e matador não teria como defesa duas armas enferrujadas como as exibidas na foto. Esses caras cuidam melhor de suas armas de que de suas mulheres,

  9. A população achava que estava sendo governada por uma organização criminosa na era PT. E agora? Estamos sendo governados por quem? Triste Brasil.

  10. O Capitão Adriano na certa sabia muito e ele contava com a proteção do Clâ, mas, se enganou, pois acharam e fizeram a “queima de arquivo”. Ele achou que estava protegido, pois morava com a mulher e duas filhas num condomínio de luxo na Bahia. Os mafiosos preferiram queima-lo e pronto, menos um.
    Queiroz bote suas barbas de molho.!!

  11. O interessante que sempre em que há apreensão e apresentação de armas, também munições são apresentadas. Nesse caso nenhuma munição?

  12. Se for sério. a pericia deve ser feita:
    1- existem sinais de troca de tiros
    2- capsulas de bala

    1. Daqui que a perícia comece, Fausto, se é que haverá uma, dará tempo de montar o cenário com todo o aparato necessário.

  13. O que Moro e a PF tem a dizer sobre isso , acharam o cara e deram a ordem passando por cima de governadores e do MP da Bahia.

  14. VÍDEO DO UOL MOSTRA AS PAREDES INTERNAS BRANQUINHAS E INTACTAS DA CASA ONDE ADRIANO FOI EXECUTADO E A CASA ARRUMADA…
    NUNCA HOUVE O TAL TIROTEIO… FOI EXECUÇÃO SIMPLES E EFICIENTE!
    AFUNDA NARCO-REPÚBLICA DO BRASIL!

  15. Alguém viu o corpo? Essa história tá igual a do bilionário americano estuprado e pedófilo dono de uma ilha frequentada até por Trump, o bilionário se suicidou na cadeia, mas o caixão era lacrado. Sei

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.