Moro, o afilhado e a apologia do motim

Sérgio Moro sai às redes sociais para capitalizar o fim do motim policial no Ceará.

Seu afilhado de casamento e diretor da Força Nacional de Segurança , Aginaldo de Oliveira, subiu ontem ao palanque, fardado, numa assembleia de amotinados para pedir calma, porque eles seriam protegidos.

“Acreditem: vocês são gigantes, vocês são monstros, vocês são corajosos; demonstraram isso ao longo desses dez, onze, doze dias que estão aqui dentro desse quartel, em busca de melhoria da classe, e vão conseguir. Vão conseguir! Sem palavras para dizer a coragem que vocês estão tendo ao longo desses dias”.

Ao longo destes dias, desfilaram armados e encapuzados fechando o comércio, furaram pneus de viaturas oliciais, ocuparam batalhões e descumpriram o dever de patrulhar as cidades cearenses e permitiram que a taxa de assassinatos se multiplicasse por três ou quatro.

Entre gigantes e monstros, para ficar com as palavras do afilhado de Moro, monstros parece a mais adequada.

Pergunta-se à miriade de generais que estão no Planalto se os praças de algum regimento fizerem um levante assim – e ganham menos que os PMs – eles também irão ao palanque, elogiar a coragem dos amotinados.

Talvez sim.

Afinal, ajudaram a levar ao posto de comandante em chefe das Forças Armadas um sujeito que queria colocar bombas em quartéis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

  1. Generais no planalto, ministros no planalto, juízes de bordel, chefetes de jagunços: Nunca uma qualificação caiu quase tão perfeita: capangas, capangas do miliciano, capangas de milicianos.

    Para aperfeiçoar, acrescente-se lesa-pátria, pois capachos e capangas do estrangeiro, a quem de fato servem, ao final.

  2. O maior canalha da história do Brasil, está apenas começando a ser reconhecido e receber o que merece. A cadeia o espera, pode demorar, mas o dia chegará.

  3. Quem diria! Um governo militar elogiando a quebra de hierarquia, a insubordinação, o motim!
    As Forças Armadas estão inovando radicalmente no Brasil. Vejamos no que vai dar essa balbúrdia, quando os praças não mais reconhecerem ordens superiores. Vamos ter o primeiro exército sem generais de toda a história da humanidade.
    Fantástico.

    1. A coisa tá tão feia que a esquerda não é subversiva e sim a corporação militar. E são aplaudidos e exaltados pelos seus superiores. Onde vamos parar!?

  4. Trabalhadores QUE GERAM RIQUEZA, são as vítimas preferidas do primarismo desses genocidas de farda ,a militar e as da polícia.
    E é a esses indivíduos,os trabalhadores que provocam as mudanças porque vão a luta ,que eu respeito.
    Vão pra porrada com os genocidas,.com os CÃES TREINADOS PELOS RICOS PARA BATER naqueles que pretendem um cambio.
    No próximo protesto dos trabalhadores ,lá estarão eles de novo,com toda sua tecnología repressora ,e toda a vontade de acabar com “a baderna”,e todo isso porque seus donos mandam.
    Malditos genocidas!.

  5. Os milicianos estão no topo da HIERARQUIA.
    Os militares são subalternos de QUINTA “categoria”.
    É o fim da picada !

  6. Sr.FERNANDO BRITO.O BÓSTA-NARO é o SIMBOLO MAIOR DO GLORIOSO EXÉRCITO BRASILEIRO.Somente dão despesas aos cofres PÚBLICOS, e não trabalham,desde o nascimento.Mas,o POVO IMBECIL,ainda os saúda.

  7. Vai entender uma coisa dessas… Realmente não há lógica, não há coerência. A insanidade tomou conta. Agora qualquer estado vai estourar com um novo motim a qualquer momento. E lá vão eles de novo subir no caixote para dizer “vocês são monstros! Vocês são heróis!” Foram quantos homicídios mesmo? Ah, e com suspeitas de assassinatos praticados pelos próprios policiais, para dar uma força aí na reivindicação da categoria.

  8. Nunca esquecer das manifestações de rua dos professores públicos. Greves, passeatas, sempre cercadas de fardados. E, quantas vezes, agressões com cassetetes, gás lacrimogênio, balas… Todo o repúdio a quem os elogia.

  9. Aguardo, ansioso, a promessa que após o carnaval, algo iria ser revelado…..movimento financeiro do miliciano assassinado….coisa assim…aguardo!

  10. espero que aconteça uma investigação criteriosa nesta carnificina que aconteceu no CEARÁ….Aí veremos a dimensão do MONSTRO. A maioria foi executada pela própria PM….É só investigar…. e tá fácil, a maioria dos familiares dos mortos poderão dar as pistas……

  11. O futuro nos reserva uma possível obra literária: “Memorias de um ministro de milicias”…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *