No Diário Oficial, o super “toma lá, dá cá” da Previdência

São 50 páginas com tabelas como o trecho reproduzido acima.

São quase 500 liberações de verbas

São centenas de milhões, perto de um bilhão de reais em recursos públicos.

Tudo de uma tacada só.

Essa é a conta, publicada em edição extra do Diário Oficial (aqui e aqui), para aprovar a reforma da Previdência.

Nunca antes na história deste país houve um tão explícito “toma lá dá, dá cá” entre um governo e deputados.

Compra de votos na veia.

A imprensa brasileira, tão “republicana”, não trata isso como escândalo, porque, para ela, “a causa é nobre”: retirar direitos previdenciários dos trabalhadores e liberar recursos públicos para o setor financeiro, o único que funciona – e a pleníssimo vapor – na economia brasileira.

São centenas de parlamentares, muito mais que os 20 processados no famoso caso dos “Anões do Orçamento”, no início dos anos 90.

Difícil posar de “estadista” com tal tropa de mercenários, nao é, Rodrigo Maia?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

19 respostas

  1. E tem milhares de GADO MANSO saltando,pulando de alegria com esta catástrofe, fazer o que, INFELIZMENTE a tal GUERRA HIBRIDA venceu aqui no BRASIL,fomos alertados através de vazamentos mas o IMPÉRIO é muito forte e qualquer vacilo já era.

  2. Seria o Mensalão do Bozo? Por muito menos, e sem provas, tentaram enrolar o Lula no tal Mensalão, que nunca existiu. Mas agora a falcatrua é publicada no DO. E ninguém fala nada. PQP.

      1. justo se não fosse em troca de votos.
        Em troca de votos é corrupção ativa.
        Mas o judiciário tá comprado desde 2016.
        daì…

  3. Isso, sim, é que deveria ter sido e estar sendo, ao longo dos meses de junho e julho, a pauta dos chamados “blogs progressistas”. Agora, com essa publicação no DOU, poucos dias depois de a degola da Previdência Social ter sido aprovada na comissão especial e no exato dia em que está marcada a votação em plenário para retirar os direitos dos trabalhadores, sabemos que “Inês é morta”. Essa publicação do “preço oficial da compra de votos de deputados” deve seguir o mesmo esquema da ORCRIM Fraude a Jato, ou seja, esse R$1 bilhão deve ser o 1/3 oficial; os outros 2/3 devem ter sido rateados entre as quadrilhas do PIG/PPV, do judiciário, da milicalha vira-latas e entreguista etc.

  4. SENDO MEIA VERDADE A PESQUISA QUE ACABO DE VER DO DATA FALHA A MÍDIA ESTÁ VENCENDO MAIS UMA VEZ AO MANIPULAR O TRABALHADOR EM ÊXTASE LIBIDINOSO A CAMINHO DO PELOURINHO.
    AS CANGAS ESTÃO PRONTAS E O POVO FEITO GADO CASTRADO OFERECE SEU PESCOÇO PARA PUXAR O ARADO,O SENHOR RI-SE TODO COM A CHIBATA EMPUNHADA.
    POR OUTRO LADO EM HONG KONG A ADMINISTRAÇÃO VOLTA ATRÁS NA LEI QUE EXTRADITAVA CRIMINOSOS PRA CHINA”DEPOIS DE PROTESTOS VIOLENTOS” SEGUNDO A PRÓPRIA “GROBO”.
    POIS EIS A “GROBO” MOSTRANDO A SAÍDA EM UM ATO FALHO;LUTAR É DIFERENTE DE GUERREAR.
    RESTA AO TRABALHADOR CONSCIENTE FAZER O SEU JUNHO DE 2013 DESSA VEZ A SEU FAVOR.

  5. A famigerada globo, mentirosa e manipuladora costumaz, “acusou” a Presidenta Dilma de usar esse expediente, lembram? Agora esse câncer fica C A L A D I N H A. Porque não “escalam” mais uma vez uma repórter para fazer a mesma pergunta que fizeram à Dilma? E não querem ser tratados como canalhas.

  6. É a parte da ajuda do governo que ” Botafogo ” ( Maia ) queria , Para chegar nesse número Maia suou . Está aí a maioria que ele queria .

  7. O maior escândalo de compra de votos da história do parlamento brasileiro. Até hoje, não se viu nada igual. E muitos falam que ainda há mais dinheiro de fontes privadas correndo por debaixo dos panos.

  8. corrupção explícita e oficial. Pior é quem está aplaudindo a reforma da previdência, sem perceber quem está ganhando com isso.

  9. Depois vem com história de que falta verba para a educação, saúde, segurança pública …
    Bandidos !

  10. E isso não é muito pior que a tal pedalada fiscal que serviu para derrubar a Dilma ?!?! Compra de deputados, com dinheiro público, para votarem a favor de algo contra o povo! E Lula segue preso inocente!
    Isso aqui não é uma nação! O Brasil é uma ilha de piratas!

  11. todas as [ categorias / especiais ] vão travar o STF com enxurrada de liminares que por fim detonarão a nova reforma da previdência .

  12. E aquela ‘estorinha’ de que compra de apoio parlamentar é crime, na verdade, era só uma ‘estorinha’. Né não?

  13. “Difícil posar de “estadista” com tal tropa de mercenários, nao é, Rodrigo Maia?”. Foi na veia, um míssil de raciocínio político com uma precisão cirúrgica. Fernando Brito e Jânio de Freitas são dois analistas políticos que eu tenho como referência e enxergo como material “arqueológico” de primeira pros historiadores das próximas gerações. Não é exagero. E não guardo as devidas proporções.

  14. Como é que é??? Vocês estão discutindo repasse para a saúde??? Não acredito que achem isso errado…
    ….

  15. vocês são burro ou louco, leia a materia e clique onde esta escrito (aqui e aqui), ai vai no diário oficial e leiam bande de otário . não existe compra de votos, e apenas repasse de dinheiro para saude. veja parte da materia seus comedores de capim. O MINISTRO DE ESTADO DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe conferem os incisos I e II do parágrafo único do art. 87 da Constituição, e
    Considerando a Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012, que regulamenta o § 3º do art. 198 da Constituição Federal para dispor sobre os valores mínimos
    a serem aplicados anualmente pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios em ações e serviços públicos de saúde; estabelece os critérios de rateio dos recursos de
    transferências para a saúde e as normas de fiscalização, avaliação e controle das despesas com saúde nas 3 (três) esferas de governo; revoga dispositivos das Leis nºs 8.080, de
    19 de setembro de 1990, e 8.689, de 27 de julho de 1993, e dá outras providências;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *