O desastre do populismo farmacêutico

No Estadão, hoje, estampa-se a vergonha da “Operação Desova Cloriquina” com que está às voltas o Governo Federal, com uma imensa quantidade da substância, seja a “doada” por Donald Trump – que assim deu destino à imensa quantidade que acumulou por lá, seja a que Jair Bolsonaro mandou, sem qualquer base científica, o Laboratório do Exército produzir.

Como o “presente” de Trump veio “no atacado”, mesmo para a prática da charlatanice com a Covid-19, será necessária uma grande despesa com o fracionamento das doses e o Ministério da Saúde quer que os Estados assumam o custo disso. O que eles, claro, não querem.

É a dupla irresponsabilidade: com a vida humana e com o dinheiro público.

Bolsonaro e Trump acabaram por criar uma nova categoria em ciência política: o populismo farmacêutico.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

10 respostas

  1. Vi ontem 20/07 no Gi uma reportagem em que o Ministério da Sude, mandou para Uberlândia MG mais de uma tonelada de Cloroquina, com as seguintes recomendações: Ela será Ministrada se o paciente assinar um termo concordando com a aplicação da mesma. Mas, como no Brasil é bagunçado explico:
    1º Tem muita muita gente por ai com a certidão de óbito declarando que o paciente morreu por soluços e outras coisinhas (susto por exemplo), dá para desconfiar que o paciente, nem os parentes mais próximos não tenham autorizado o uso da Cloroquina, então deduz que!!!!É claro que mesmo assim vai sobrar toneladas de Cloroquina que serão descartadas num lixão qualquer com a desculpa que estavam vencidas.
    E o dinheiro da Nação, no ralo?????????????????????????????

  2. A corrupção do governo vendido como “anti-corrupção”.
    E pior isto não é nada,!!!!!!!!!!!!!!!!!COMPARADO COM O DINHEIRO DADO AOS BANCOS QUE LIMPARAM SEUS TÍTULOS PODRES ,COM A “OBRIGAÇÃO” DE EMPRESTA-LO A MÉDIAS E PEQUENAS EMPRESAS A JUROS BAIXOS.
    CADÊ???
    POR QUE NÃO SE FALA DOS PECADOS DO GUEDES FEITOS NA SURDINA E NO ESCURINHO DO SALÃO.??????????

    1. Vinicius Torres Freire já deu a resposta a esta última pergunta, em coluna recente na Folha: a direita, da extrema à centro-direita (que prefiro chamar democracia cristã brasileira), gosta de Guedes e avaliza sua permanência e projetos. Botolini é mera contingência, Guedes é representante de uma ideologia.

  3. A corrupção do governo vendido como “anti-corrupção”.
    E pior isto não é nada,!!!!!!!!!!!!!!!!!COMPARADO COM O DINHEIRO DADO AOS BANCOS QUE LIMPARAM SEUS TÍTULOS PODRES ,COM A “OBRIGAÇÃO” DE EMPRESTA-LO A MÉDIAS E PEQUENAS EMPRESAS A JUROS BAIXOS.
    CADÊ???
    POR QUE NÃO SE FALA DOS PECADOS DO GUEDES FEITOS NA SURDINA E NO ESCURINHO DO SALÃO.??????????

  4. Sugestão: fracionar a droga para uso como SUPOSITÓRIO PARA BOLSOMÍNIONS. Creio que eles iriam até pagar para fazer o tratamento…

  5. Há ainda que se cobrar responsabilidade por quem importou o princípio ativo para o laboratório do Exército Brasileiro produzir o medicamento o que, segundo noticiado, custou 6 vezes o preço de mercado.

  6. Se todos se comportarem como a unimed de brusque, que distribuiu “kit covid” para os médicos cooperados, o estoque acaba já já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *