O general da Petrobras é o capitão

Na 2ª Guerra Mundial, os generais alemães eram sistematicamente impedidos por Adolf Hitler de recuar em situações de desvantagem militar, reagrupando suas forças e conservando as condições de combate.

Quando, afinal, recuavam, a despeito das ordens, perdiam o comando e, não raramente, recebiam uma pistola Lugger como sugestão de um suicídio preventivo, o selbstmord, ou auto-assassinato, que os livraria da pecha de desertores do seu dever.

As ordens de Jair Bolsonaro foram estritamente cumpridas pelo general que ele colocou no comando da Petrobras, Joaquim Silva e Luna. Durante disciplinados 60 dias ele manteve o preço dos combustíveis congelado, depois de mais de um ano sem alteração nas diretrizes de mantê-lo alinhado aos valores internacionais.

Quando recuou, seja porque o chefe o fez entender que o autorizada, seja porque seu estado-maior “mercadista” na empresa o obrigou, o fez de forma brusca e atabalhoada, resultando em danos colaterais incontroláveis em toda a cadeia de preços que, obviamente, passaram a ter na “alta da gasolina” um pouco de razão eu uma montanha de conveniências para serem praticados.

O dano generalizado está nas gôndolas dos supermercados e nas bancas de feita: tomate, batata, e cenoura impactam mais o povão que a gasolina, ainda mais porque tiveram aumentos maiores que ela, percentualmente.

O pão francês, que já anda a R$ 20 o quilo (antes, R$ 15) prepara o cerco com estoques antigos de farinha para avançar em abril.

Bolsonaro não está irritado com a decisão de Luna em anunciar o aumento de preço antes da decisão sobre as medidas “milagrosas” de redução de tributos que , alega ele, iriam tornar desnecessário o reajuste dos combustíveis. Eles iam mesmo acontecer e o ex-capitão já mirava o general, com suas “denúncias” do sobre a remuneração absurda dos dirigentes da empresa e do próprio Presidente.

Luna pode escolher ficar no cargo e ser apontado – para os tolos, é claro – como responsável pelo desastre inflacionário. Ou, querendo, pedir para que se use a “Lugger” da caneta Bic presidencial.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.