Olavo abandona o navio

Por mais que tenha – como quase tudo – o dinheiro como leitmotif , a chuva de impropérios dirigida pelo “ex-guru” Olavo de Carvalho a Jair Bolsonaro só tem importância por revelar o quadro de desagregação em que se encontram os alucinados que formam a extrema-direita brasileira.

O pavor diante dos desdobramentos do inquérito do STF contra a rede de fake news montado por eles e a revelação dos esquemas escusos de financiamento de propaganda que, desde sempre, permeia e estimulam a seita de fanáticos desde a campanha eleitoral.

Os desaforos e palavrões nem merecem ser repetidos – o vídeo está aí embaixo para quem tiver gosto em obscenidades – porque têm pouco sentido senão o de um grito por ajuda para que o ex-guru reponda às condenações judiciais que recebeu pelo seus grosseiros e brutais ataques a qualquer um que pense.

Mas o fato significa, também, que Jair Bolsonaro pode estar respeitando o “cordão sanitário” que lhe exigem os militares em relação a este grupo e, quem sabe, até mesmo o afastamento de Abraham Weintraub, sacrificado em nome de alguma trégua com o Supremo Tribunal Federal, cujos integrantes o pateta da Educação quer ver na cadeia.

Os matilheiros de Bolsonaro estão atônitos, cobrando de Luciano Hang e dos outros empresários envolvidos na rede de fakenews que salvem seu guru.

Não entenderam que o guru, mais esperto, está salvando a si mesmo desta turma.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email