Quem é, afinal, Ricardo Braga?

O governo de Jair Bolsonaro ganhou, ontem à tardinha, um novo Secretário Nacional de Cultura.

É o equivalente do antigo cargo de Ministro da Cultura.

Ricardo Braga.

Até esta manhã, porém, não se sabe quem é, afinal, Ricardo Braga.

Não consegui achar ninguém de destaque com o nome, exceto um “cover” de Roberto Carlos, um pastor e um editor de site de direita.

Humildemente, confesso que joguei a toalha de buscar sua identidade.

Se alguém puder ajudar, cartas para os comentários.

É inacreditável o que se passa no Brasil.

PS. Lauro Jardim, afinal, esclarece que era o pastor…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Fico aqui pensando: as seitas neopentecostais teriam crescido tanto e assumido tanto poder sem o auxílio luxuoso de João Paulo II?

    1. A luta daquele verme polones contra teologia da libertaçao ao contrario de q muita gente pensa (site como rainha maria) deu um combustível extraordinário para esses caça niqueis ao afastar os padres da periferia
      Agora lutam contra o sinodo da Amazônia p aprofundar ainda mais o crescimento dessas seitas personalissimas.
      O q querem alguns catolicos? Ostentaçao. Ouro. Incenso. Missa. Rosario
      E mais nada. Q a tal igreja seja so ritual e nao meio de vida. Querem uma especie de sistema de castas e tudo q fugir a isso é marxismo

    2. Não. Esse polones conservador, destruidor da Teologia da Libertação é causa direta do neopentecostalismo (evangélico e católico) na América Latina

    3. Cresceram porque o povo brasileiro é ignorante e sempre foi “gerenciado” por gente podre e sem escrupúlos.

  2. ESTÁ DECIDIDO . VIVEREMOS UM NAZISMO TEOCRATA ( NOVO TIPO DE REGIME POLITICO) O BRASIL ULTIMAMENTE ESTÁ NA VANGUARDA DO PENSAMENTO MUNDIAL.

  3. Já há alguns anos vemos com preocupação uma sincronia ideológica entre governo dos EUA, governo de Israel, igrejas protestantes dos EUA, do Brasil e agora governo brasileiro. Imaginem onde isso vai dar….

  4. Há alguma diferença entre os três ? Parece-me que qualquer um deles é um legítimo representante da “cultura”.

  5. É o pastor. Parece que a turma do poder entendeu a mensagem do deep state: enquanto a América Latina for católica, de opção pelos pobres, eles não conseguem dominar-nos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.