Tem mais laranja no laranjal do partido de Bolsonaro

Não há mistério algum na maracutaia dos R$ 400 mil dados à candidata “laranja” Lourdes Paixão pelo PSL.

É parte do “acerto” feito com Luciano Bivar, “dono” da sigla até a entrada, em cima do prazo, de Jair Bolsonaro no “partido”.

A terrível desculpa de Bivar, de que “mulher não tem vocação para a política” esbarra na própria prestação de  contas do PSL, onde 90% das candidaturas que receberam dinheiro do Fundo Eleitoral eram femininas, inclusive a laranja pernambucana que se juntou às laranjas mineiras do Ministro do Turismo.

No valor, porém, ficaram nos 30% determinados pela resolução do TSE que obrigava a usar esta parcela, no mínimo, com candidatas.

Aliás, se a Folha quiser, pode pesquisar também outra candidata pernambucana “campeã” de recursos do PSL, Érika Santos, que recebeu R$ 250 mil e admite que sua candidatura era divulgada por “pessoas que estão ao seu redor“, mas gastou quase todo o dinheiro com numa gráfica que “funciona” onde é um escritório de empréstimos consignados e com uma empresa de Juliana Mirella Gonçalves, a suposta Gráfica Itapissu, a mesma onde Lourdes teria posto o dinheiro do Fundo Eleitoral.

Picaretagens como as de Bivar tem aos montes na política. O mais grave, nestes casos, é que todas as transferências para seu “laranjal” foram autorizadas por Gustavo Bebbiano, que assumiu a presidência do PSL e agora é ministro-chefe da Secretaria de Governo.

Mas, como diz Sérgio Moro, “não vem ao caso”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Cruzes! Haja laranjal. É um verdadeiro caso de adesão entusiasmada da política bolsominion ao agronegócio nacional. Vão fazer concorrência para os grandes exportadores de suco de laranja…

  2. Bolsonaro é Presidente da República, nas horas vagas, a maior parte do seu tempo ele se dedica a nobre função de Citricultor com recursos públicos. É a LarajaBras em plena ação.

    1. Não é horas vagas. Agora, como deve ter aprendido com o mais recente escândalo do seu guru Trump, arrumaram um eufemismo chamado “tempo executivo”.

  3. E o pior é que na escala sucessória cada um é pior que o outro. Mourão & Cia nos envergonham. O Judiciário nos envergonha. O Legislativo eleito é a cara do Bozonauro e sua corja. São tão ruins que temem um preso incomunicável, Lula! Ou a sociedade acorda ou o pesadelo ficará pior. #lulanobeldapaz #lulalivre

  4. É esse partido e esse candidato à Presidência “honestíssimos” que fizeram campanha eleitoral “sem dinheiro”, segundo os bolsominions. Vai vendo… ????????

  5. Bebi sabe com alivar a carga do avião para que ele não caia
    é um gênio esse garot
    aprendeu com os militares e seus voos da morte

  6. Ô Brito,

    Quem está em Pindorama e não é alinhado com as ORCRIMS golpistas (do sistema judiciário, das polícias e FFAA, da banca, das velhas oligarquias, etc…) ou que, por medo, chantagens, ameaças e coações não se acovarda ou se torna refém das organizações criminosas que controlam os três poderes da república, assim como todo o aparelho repressor do Estado, deve chamar as coisas pelo nome: a Fraude a Jato é uma ORCRIM institucional e esses lavajateiros todos, a começar pelo torquemada araucariano, são criminoso vulgares, similares aos nazistas. A “tigrada” do aparelho repressor, essa que dá sustentação ao clã criminoso e seu séquito de milícias assassinas, é corrupta, criminosa e violenta até a medula; a cúpula das FFAA, além de vira-latas e entreguistas, não tem efetivo comando sobre a “tigrada”. As ORCRIMS judiciárias aliaram-se aos criminosos armados do aparelho estatal e juntos, submissos ao alto comando internacional do golpe – que são o Deep State estadunidense, a banca e as oligarquias – fazem o desmonte, a rapina, o saque das riqueza brasileiras e mantêm mais de 70% da população na pobreza, miséria, exclusão, no desemprego, na total falta de perspectiva, na semi-escravidão, mediante todo tipo de violência, como mostram as mais recentes chacinas no RJ (uma em São Gonçalo, há cerca de 15 dias, outa na capital, sendo que nas duas matanças a PM criminosa do RJ assassinou mais de 20 cidadãos, quase todos eles com menos de 30 anos de idade, negros e moradores de favelas).

    A ditadura midiático-policial-judicial-militar de hoje é muito pior que a de 1964, como asseverou Mino Carta.

    1. Lembrando que faltou citar a grande tacada, aquela que irá garantir futuras gerações de miseráveis e a maciça transferência de recursos da população ao sistema financeiro de modo permanente. Falo da reforma previdenciária do Paulo Guedes, o chefete local representante da grande boca de fumo mundial. E tudo isso de forma altamente “sustentável”.

  7. Agora? depois que o picareta se elegeu em cima da narrativa de ser “honesto” e centenas de milhares de manipulados caírem neste conto.

  8. Nesse governo só tem ladrão. Vamos reconhecer que o Bolsonaro sabe escolher seus parceiros. O ministro da justi$$a deve estar adorando – vai ter muito trabalho.

  9. A principal lei de moralização do Sr Moro é: Amigo é amigo, nunca corrupto. E a segunda lei é: advserário é sempre corrupto, não precisa de prova. Quando será que teremos um país sério?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *