Usina nuclear está em condição “normal”, diz Ucrânia

Do jornal inglês The Guardian, aliviando a preocupação com as notícias desta noite:

O Serviço de Emergência do Estado da Ucrânia está relatando que as condições de segurança contra radiação e incêndio na usina nuclear de Zaporizhzhya estão “ dentro dos limites normais ”.
Uma atualização na conta oficial do Telegram da agência diz:
A partir das 02h26 na cidade de Energodar na central nuclear de Zaporozhye, a terceira unidade de energia foi desconectada do sistema unificado de energia (apenas a unidade 4 está operando). Das seis unidades de energia, uma está em operação.
As condições de segurança contra radiação e incêndio em usinas nucleares estão dentro dos limites normais.
A condição de incêndio no NPP é normal.”
A agência disse que um incêndio ocorreu no prédio de treinamento do lado de fora da central nuclear, mas o Guardian não conseguiu verificar essas alegações.

Há, perigo, sim, mas a histeria é o fato superior e o assunto virou alarme mundial uma advertência do presidente e do chanceler ucranianos, Volodimir Zeleviskiy e Dmytro Kuleba, chegaram a alertar sobre um desastre nuclear dez vezes maior que Chernobyl.

O que caiu na usina foi um foguete de iluminação, conhecido como Verey, há décadas usado para iluminar áreas de conflito e o incêndio foi numa sala de treinamento de operadores.

Nenhum exército é louco de explodir, deliberadamente, uma usina nuclear diante de si, até porque será aniquilado por isso em minutos, ou menos.

Mas, ao mesmo tempo, mostra a necessidade de um cessar fogo imediato, para parar a insânia que é só pensar nessa possibilidade.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *