Weintraub: universidades têm plantações de maconha e produzem drogas sintéticas

Estava evitando o personagem Abraham Weintraub porque ele está processando este blog por ter , diz ele, atingido sua honra e, portanto, não vou dar pretexto para ele usar seu poder para me esmagar.

Mas não dá para deixar passar o que veio a público hoje, ainda que considere inacreditável que um juiz possa achar que posso ofender quem acha normal dizer na internet, a quem o critica, que gostaria de estar “nos estábulos, mais perto da égua sarnenta e desdentada da sua mãe”.

O que está no ar agora, dito por ele próprio numa entrevista ao Jornal da Cidade, do Mato Grosso do Sul, é caso de que a polícia vá buscá-lo para que explique como e onde estão acontecendo os crimes dos quais ele acusa a universidade brasileira.

De plantadores de maconha a laboratório de drogas estupefaciantes sintéticas.

“Foi criada uma falácia que as universidades federais precisam ter autonomia. Justo, autonomia de pesquisa, ensino… Só que essa autonomia acabou se transfigurando em soberania. Então, o que você tem? Você tem plantações de maconha, mas não são três pés de maconha, são plantações extensivas em algumas universidades, a ponto de ter borrifador de agrotóxico, porque orgânico é bom contra a soja, para não ter agroindústria no Brasil, mas na maconha deles eles querem toda a tecnologia que tem à disposição(…)Você pega laboratórios de química, uma faculdade de química não era um centro de doutrinação… desenvolvendo drogas sintéticas, metanfetamina, e a polícia não pode entrar nos campi. O desafio é esse. Foi criada uma estrutura muito bem pensada durante muito tempo

A presença de Weintraub no MEC é obscena, indecente.

Ele chama de “madrassas” – as escolas de doutrina islamita – às universidade brasileira.

Não se pode admitir que ele faça isso à universidade brasileira, que não é o antro de balbúrdia e droga e que não pode ser exposta assim.

Nada que eu possa perder ao confrontar tal figura é muito perto do que a universidade me deu.

A demissão de Weintraub é uma imposição da moralidade pública.

Se duvidar, assista ao vídeo:

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

33 respostas

  1. O rapaz começa com “foi criada uma falácia de que as universidades brasileiras precisam ter autonomia”. A autonomia universitária é um princípio internacional, não é coisa de brasileiros, e não se trata de uma falácia, porque não há nada de inadequado ou falso neste direito universitário. Falácia é um termo absolutamente inadequado mesmo para o que ele desejava expressar. Se as universidades brasileiras não são merecedoras de gozar do princípio da autonomia universitária, ele deveria antes de tudo explicar porque não o são. Quanto a suas acusações tresloucadas, um conselho de reitores deveria entrar no Supremo Tribunal Federal com uma ação exigindo que ele dê explicações sobre o que disse, ou que se retrate e retire publicamente suas ofensas aos órgãos universitários do Brasil. Porque o Brasil não merece ter autênticas universidades? O que o Brasil não merece ter é um ministro da educação que dá mostras de que não tem nível nem para ser diretor de grupo escolar.

  2. O rapaz começa com “foi criada uma falácia de que as universidades brasileiras precisam ter autonomia”. A autonomia universitária é um princípio internacional, não é coisa de brasileiros, e não se trata de uma falácia, porque não há nada de inadequado ou falso neste direito universitário. Falácia é um termo absolutamente inadequado mesmo para o que ele desejava expressar. Se as universidades brasileiras não são merecedoras de gozar do princípio da autonomia universitária, ele deveria antes de tudo explicar porque não o são. Quanto a suas acusações tresloucadas, um conselho de reitores deveria entrar no Supremo Tribunal Federal com uma ação exigindo que ele dê explicações sobre o que disse, ou que se retrate e retire publicamente suas ofensas aos órgãos universitários do Brasil. Porque o Brasil não merece ter autênticas universidades? O que o Brasil não merece ter é um ministro da educação que dá mostras de que não tem nível nem para ser diretor de grupo escolar.

      1. Talvez os brasileiros mereçam.
        Anteontem cara me garantiu q pelo menos esse nao ta roubando e q ele votou nele e vai votar de novo

        1. Quem está defendendo o pior para eles mesmos chamam-se EPMs: “enganados pela mídia” Eles não emitem opiniões que sejam definidoras do país, mas apenas de sua própria ignorância. Os brasileiros em geral são outra coisa muito diferente, e se muitos deles aceitam ser escravos é porque os escravagistas midiáticos lhes convencem de que a vida de liberdade seria muito pior para eles. Esta enganação pode acabar de uma hora para outra.

        2. Quem está defendendo o pior para eles mesmos chamam-se EPMs: “enganados pela mídia” Eles não emitem opiniões que sejam definidoras do país, mas apenas de sua própria ignorância. Os brasileiros em geral são outra coisa muito diferente, e se muitos deles aceitam ser escravos é porque os escravagistas midiáticos lhes convencem de que a vida de liberdade seria muito pior para eles. Esta enganação pode acabar de uma hora para outra.

        3. Liga não, ninguém gosta de passar recibo de que foi idiota. Imagina admitir que seus ídolos transformaram a república numa cartelcracia em transição para uma cartelcratura.
          Matérias primas, semi-acabados e insumos com regras de produção únicas que as diferenciem do resto do mundo para limitar ou impedir concorrência.
          Bancos que deitam e rolam, cujos clientes que deles necessitam, são obrigados a adquirir diversos serviços a contra gosto.
          Mídia nas mãos de poucas famílias, promovendo lavagem cerebral nos consumidores, desprezando a verdade factual.
          Finalizando considere, quem não aprende com fatos, aprenderá com o quê?

  3. esse elemento deve é ter uma produção própria de alguma droga desconhecida que faz a pessoa dizer asneiras a torto e a direito. Só pode

  4. Este senhor delira, delira e delira… É raivoso, baba ódio e cada vez que abre a boca só sai impropérios. A Educação brasileira que já teve Anísio Teixeira, Paulo Freire, Darcy Ribeiro e tantos outros a defenderem o ensino público, não merece um desclassificado como este. Aliás, bem ao estilo deste governo de MILICIANOS 38.

  5. O tal de Vélez Rodriguez era muito ruim, mas este aí não existem parâmetros humanos para qualificá-lo.

  6. Sr Brito, se esse imundo ser, mentalmente pornográfico, ganhar a questão pode contar com o assiduo leitor

  7. Eu contesto não o weintraub, porque isso aí não vale nada, mas o ministério público que tendo conhecimento destas denúncias por uma “autoridade deste porte” não cumpre com sua obrigação e vai investigar, chamar este sujeitinho para que ele indique o local, mostre os laboratórios e as plantações. O próprio… digamos, ministro, tem a obrigação de denunciar para a justiça estes crimes senão ele prevarica, torna-se cúmplice. O ministério público está prevaricando de suas funções… a não ser que seja cúmplice por se sentir integrante da mesma patota de milicianos que está no poder neste país.

  8. É inacreditável que um DESQUALIFICADO DESCARADO como esse, ainda continua “ministro”.
    Só mesmo no “DESGOVERNO” do BOLSOBOSTA.
    Puta que o pariu !

  9. “VALE PALAVRÃO” (COLOQUE O QUE ACHAR MELHOR). Este imbecil é capaz de tirar um frade beneditino do equilíbrio.
    Vai ser burro assim lá no hospício de onde saiu. Aliás de onde o bozo recolheu tantas antas?

    1. Não foi o Bozo, Allan, ele não tem poder de escolha; quem nos comanda, desde o golpe 2016, é um tal P. Michael McKinley, embaixador dos EUA nomeado logo após o golpe. Mas eu também me pergunto: onde e como o “senhor embaixador” recrutou semelhante estoque?

  10. Perdão Brito, mas será que não devemos considerar que todos esses absurdos são propositalmente pensados, tipo um chamamento para o confronto, justificando assim qualquer represália violenta?

  11. Desconfio que o tal ministro da educação vivia envolto em uma nuvem opioide quando frequentava o banco escolar. Ele só pensa nisso, a saudade demonstrada é flagrante.

  12. Eu fiquei tão chocada ao ouvir o vídeo que paralisei. Ainda não encontrei forças para escrever uma carta aberta. Espero, todavia que a Andifes processe esse ser abjeto e que, ao sair do ministério, seja afastado das funções docentes

  13. Certamente ele está num surto psicótico maníaco depressivo, que pode passar ou não.
    Geralmente esses surtos levam à incapacidade permanente, e num período rápido à morte por demência total e colapso completo de todos os sistemas.
    Pobre ministro Vemtrava, vai morrer babando e arranhando a porta de aço do manicômio da rede BozoLoko.

  14. Quando imagino uma substância que poderia ter abrigo na cabeça desta múmia, fico estarrecido de que todas elas, desde bosta, até o vácuo, tem utilidade.
    Acho que ele não tem esse espaço onde seria o “locus” cerebral.

  15. O problema não são esses caras q usam essas práticas para desestabilizar, provocar e confundir. Mas sim não haver uns 30 a 40% de brasileiros q estivessem unidos e contra o atual governo. Houvesse uma resistência assim não haveria Moro e nem ministros da educação e talvez nem existisse o Minto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *