12 milhões de razões para o ‘Mito’ fraquejar com Bebbiano

Da experiente jornalista Helena Chagas, no site Os Divergentes:

Quem circula no submundo das negociações partidárias não ficou surpreendido com as revelações da Folha sobre a malversação dos recursos do fundo eleitoral pelo PSL. Segundo essas fontes, o caso do laranjal pernambucano seria a ponta do iceberg da operação que levou Jair Bolsonaro e aliados ao partido. A direção do PSL , dizem, teria tido no mínimo 12 milhões de motivos para acolher o candidato e dar a seu então braço direito, Gustavo Bebianno, o posto de presidente da legenda durante a campanha.

Ninguém arrisca um palpite sobre o grau de participação, ou até de conhecimento, de Bolsonaro nos detalhes dessas negociações, travadas entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018. Os principais interlocutores do acordo foram o próprio Bebianno, pelos bolsonaristas, e Luciano Bivar, pelo PSL. Mas o relato se encaixa perfeitamente na reação desproporcional, exagerada mesmo, de Bolsonaro e seu filho 02 às denúncias sobre o laranjal pernambucano – que, por si só, não parece ser motivo suficiente para o tamanho da crise que gerou no Planalto.

As ameaças nada veladas de Bebianno, que em entrevista à Crusoé chegou a dizer que o presidente estaria temendo que o episódio “respingasse” nele, jogaram mais lenha na fogueira. Não haveria muito sentido em que Bolsonaro tivesse medo de que respingassem nele acusações relativas a repasses de recursos a candidatas sem chances de ganhar em Pernambuco. Obviamente, o ministro se referiu a um esquema maior – que, quem sabe, poderia acabar revelando caso fosse chutado do governo depois de destratado por Carlos Bolsonaro e desmoralizado pelo próprio presidente.

É uma história que se repete a cada eleição. No caso, Bolsonaro havia acabado de quebrar a cara no PSC e no Patriotas e Bebianno acertou a ida do grupo, em bloco, para o PSL, que pertencia a um profissional estabelecido há muito tempo, Luciano Bivar. Na negociação, Bivar concordou inclusive em ceder seu posto de presidente eterno do PSL a Bebianno, mas apenas durante o período das eleições. Bebianno conduziu o partido e todas as negociações pertinentes durante o período combinado. A gestão do fundo eleitoral era uma dessas atribuições. Isso costuma dar brigas de faca.

Josias de Souza, insuspeito de  esquerdismos, no UOL:

Gustavo Bebianno, mantido no governo, transformou-se numa estonteante novidade. Carbonizado, ficou pendurado nas manchetes por 48 horas como um cadáver à espera da última pá de cal. Insepulto, articulou-se com parlamentares e com a banda militar do governo. Virou o jogo, convertendo-se num caso raro de ministro que frita presidente (…)Jair Bolsonaro, já bem passado, pode utilizar as palavras que quiser para explicar a permanência do “mentiroso” no governo. Mas a impressão que ficará é a de que o presidente da República não demitiu o ministro que carbonizara porque “está com medo de receber algum respingo.”… 

É só o começo. O caso Bebianno-laranjas foi uma palha de aço que Jair Bolsonaro passou em seu próprio “Tefllon”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

    1. o marreco agora está em penhado em destruir as faculdades e o MEC e seus antigos ministros – vai vendo quem será o alvo

  1. Boçal Nato foi do PP – o partido mais citado nas delações da Farsa a Jato.

    Ainda conseguiram convencer nas redes sociais os bolsominions com uma história mequetrefe (não me lembro agora dos detalhes) de que ele não sabia de nada e que após a ocorrência do escândalo, teria devolvido a grana (também de uma forma mequetrefe, R$ 200 mil, se não me engano).

    Estou sem paciência agora, mas aos interessados, nada como uma busca no Google que ajude a mostrar como foi esse conto da carochinha.

    1. foi a grana da Friboi que depositaram na conta dele, ele mandou para o partido dizendo que não era dele, e o partido devolveu pra ele como verba partidária ou algo assim – tudo limpinho e cheiroso…

      como disse o Ciro na época – se tinham o numero da conta dele quem forneceu esse número?

  2. Ano passado eu falei pro pessoal da empresa: não votem no bolso, ele não vai ter condições de governar, vai ser um novo Collor, etc, etc. Um bando de moleques evanjegues, todos votaram nele. Ainda ouvi várias vezes: “Bolsonaro só quer o bem do Brasil”. ” Bolsonato foi batizado no rio Jordão… Como podem ser tão ingênuos, ou tão estúpidos? Por que não ouvem os mais velhos? Caramba, bolso já é refém com menos de 100 dias de (des)governo…

  3. O bolsonarismo é um show de horrores! Ainda vamos ver muita coisa nesse circo!
    É cada figura ridícula!
    O marreco de Maringá é, na minha opinião, o pior de todos. Tosco e cara de pau.
    Por um momento, achei que Brito ia dizer: “passou a palha de aço no próprio fiofó!”

  4. É só o começo mesmo.
    A famiglia é muito burra. Eles não tem (nem querem, por orgulho) ninguém competente e com visão que os oriente.
    Estão atolados em areia movediça e cada movimento que fazem sua situação piora.
    Piora para eles e melhora para nós…

      1. eles podem até cair, como pessoas físicas, vamos dizer assim. mas o golpe continua. Os golpistas investiram muito $ e querem seu retorno. Quem quer que substitua vai continuar o “projeto”, talvez com menos grossura e burrice

        1. depende de como eles vão cair, e quando vão vair, e porque
          tem muita água pra rolar antes disso

          1. enquanto estiver cumprindo as entregas, ele fica. Não viu o temer? Cumpriu os mandato, brecou 3 investigações, fez as “reformas” encomendadas (menos a da previdência, pq já estava em fim de mandato e não tinha mais o que oferecer), mas deixou tudo pronto pro sucessor e está em casa, cometendo suas poesias. De vez em quando, alguém fala na questão do porto de Santos, mas logo volta a dormir.

          2. vc. está certa
            mas fraco como ele está não vai ter força politica pra entregar nada
            é esse o ponto aqui
            ele está perdendo o apoio dos minions – que estão a cada dia mais raros de se encontrar

            perdendo apoio dos deputados da base aliada dele

            e vai perder mais ainda

          3. hoje não vi nada, mas parece que os bozos vão pra “nova” UDN e tudo se resolve, pq o PSL é que fez as laranjadas. O congresso é de quem dá mais. Enquanto a gente não sair da pauta de moral & bons costumes, onde estamos patinando desde 2003, não vamos conseguir montar um estratégia. Temos mil coisas que podem despertar o povo, mas ficamos nessa. Não sei, mas acho que minions não estão sumindo, não. Vão continuar cegos até serem atingidos rudemente (muitos já foram, mas não dão o braço a torcer. ainda)

          4. estão sumindo sim
            sumiram dos comentários das postagens da esquerda

            e os 3 meninos estão apanhando gostoso no Twitter

        1. não só ele
          vamos sentar e esperar os acontecimentos
          de tédio a gente não morre – isso é fato

  5. acho que podemos pensar que esse governo está se encarregando de se auto destruir, é só sentar e esperar, não demora muito….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *