Olimpio diz que Governo perderá no salário mínimo

Hoje cedo, comentei que a desarticulação política do governo Bolsonaro era tão grande que parecia ser proposital.

Agora há pouco, na Folha, o líder do partido no governo mostrou que parece mesmo ser assim.

Ao apresentar a proposta de congelamento absoluto do salário mínimo, segundo o senador Major Olímpio, o governo se expôs a ter sua proposta alterada com amplo apoio parlamentar.

“Dentro do novo debate, com a nova política, na prática, se o centrão se juntar à oposição, o governo já toma um tremendo cacete. E ainda neste momento, o governo vai tomar um cacete e pedir desculpas, senão trava de vez a Previdência”.

Olímpio resumiu a ópera ao dizer que o PSL, o partido bolsonarista está isolado: “De verdade, o governo só tem mesmo a sua Geni, que é o partido do presidente”.

“Cantou a pedra” do que vai acontecer na votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias que, com contrário da PEC da Reforma da Previdência, tem prazo certo para ser votado pelo Congresso: 17 de julho. Como a Previdência nem sequer deverá ter sido votada na Câmara, vai virar moeda de troca política conceder um reajuste do mínimo.

Com a cavalar clareza que lhe é peculiar, Olímpio disse o que acha: “”Difícil resolver uma pendenga destas. Tem tudo para ser rejeitada no Congresso esta proposta do mínimo.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

6 respostas

  1. Acho que a estratégia é culpabilizar o congresso pra dar o xeque mate, o golpe final. O roteiro está traçado, inclusive com a deterioração de Bolsonaro. Acho que até o fim do ano eles pretendem colocar Mourão lá, sob as bençãos da classe média mais imbecil do planeta. Vai ter até passeata em defesa da família…..

  2. Acho que a estratégia é culpabilizar o congresso pra dar o xeque mate, o golpe final. O roteiro está traçado, inclusive com a deterioração de Bolsonaro. Acho que até o fim do ano eles pretendem colocar Mourão lá, sob as bençãos da classe média mais imbecil do planeta. Vai ter até passeata em defesa da família…..

    1. Pode ser que o mandado de busca contra o general bolsonarista, assim como a censura à mídia da Empiricus (o Anta que Agoniza e “Cruzaopé”), seja um movimento nesse sentido.

  3. Como diz o site Duplo Expresso: cuidado com o “Telecatch”.

    O telecatch, popular nos anos 60 (e que foi mais ou menos até o final dos 70), eram lutas “fake”, em que os atores davam golpes entre si, mas tudo não passava de encenação.

    Em bom português: todo cuidado é pouco. As fake news são a marca deste (des)governo. Enquanto o público está distraído, o Brasil se dissolve igual a um comprimido efervescente.

  4. Acho que vocês tão confundindo demais estratégia com burrice. Foi o caso do impasse do Brexit, onde todo mundo tava pensando que a incompetência do governo May era uma estratégia para forçar um novo referendo ou adiar. Mas vários analistas que tem acesso aos bastidores falaram que era incompetência pura mesmo e eles estavam perdidos no que fazer do acordo. Nosso congresso está cheio de aventureiros de primeira viagem que não estão habituados a ser vidro, apenas pedra. Boa parte dessa gentalha é “delegado”, “coronel”, “major”, e tá acostumado a dar ordem e ser obedecido, mas o jogo é diferente ali.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.