A batata comunista

O descompromisso de Jair Bolsonaro com a verdade – talvez fosse melhor chamar de compromisso com a mentira – parece não ter limites.

Agora, culpa o “fique em casa” timidamente praticado no início da pandemia pelo aumento de preços, que está assustando até os seus eleitores.

O aumento do valor do dólar (nada menos que 40% desde o início do ano!) foi o que elevou preço do óleo de soja, ou do arroz, que passou a ser cobrado aqui pelo preço de exportação e é claro que o preço do dólar é, em boa parte, resultado das políticas federais.

Não do ICMS que, segundo ele o “Estado de São Paulo aumentou de quase tudo”, inclusive da cesta básica”. Dória de fato aumentou impostos, mas não da cesta básica. Coisa que, aliás, a equipe econômica de Paulo Guedes cogitou fazer.

Guedes, aliás, diz que “o país está no meio de uma “quebradeira” de empresas.

Uai, mas não estamos em plena recuperação, segundo a propaganda governamental?

As mudanças na Lei de falências estão paradas, esperando o Senado votá-las e isso não acontece por falta de uma mínima articulação do Governo, que não poderia esperar um presidente mais dócil que Davi Alcolumbre.

Para que serve a aliança do Governo com o Centrão se não é para dar poder ao Executivo nas decisões legislativas?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.