Livro revela que Globo prometeu “publicidade” a Deltan

Embora todos já pudessem imaginar, são reveladoras as informações livro do Intercept sobre a Lava Jato, escrito por Letícia Duarte, que Kiko Nogueira, no Diário do Centro do Mundo.

Deltan Dallagnoll, depois de um encontro reservadíssimos com João Roberto Marinho, diz aos seus pupilos que a Globo prometeu “publicidade” gratuita das “10 medidas contra a corrupção” com que a Lava Jato tentou atropelar o Congresso e estabelecer as bases de um estado policial no Brasil.

João Roberto prometeu “abrir espaço de publicidade na Globo gratuitamente”. Um editorial apoiando a Lava Jato seria publicado logo depois. Dallagnol e João Roberto Marinho criaram uma proximidade daí em diante. Numa demonstração de poder e influência, DD passa a Janot o telefone de JRM.

O livro trata também da promiscuidade em que vivia o repórter global Vladimir Netto com Dallagnol, fazendo pontes com a Globo, encaminhando matérias para o Jornal Nacional e até mesmo “copidescando” notas oficiais dos grupos de procuradores.

Promiscuidade que se estendia a Sérgio Moro, que foi tema de um livro laudatório ao ex-juiz que, por sua vez, contratou a mulher do jornalista para a sua assessoria de imprensa.

Leia aqui o texto completo do DCM.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.