A caminho do “PIB zero”: comércio cai de novo, diz IBGE

As vendas do comércio varejista caíram 0,6% em abril, na comparação com março, informa o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

É o pior resultado para meses de abril, bem pior que a estabilidade prevista pelos economistas ouvidos pela Reuters, que esperavam  estabilidade.

Os piores desempenhos foram – adivinhe! – dos supermercados e das farmácias. Comida e remédio, portanto.

Não ha nenhum sinal de aquecimento na atividade, embora o indicador de maio possa apresentar números algo melhores, pelo peso estatístico da grve dos caminhoneiros de 2018.

O Dia das Mães, data de tradicional de compras, segundo a Associação Brasileira de Shopping Centers, registrou queda de 5% este ano.

Vamos para mais um trimestre virtualmente em zero, em matéria de crescimento econômico.

Firmes, no rumo do PIB Zero em 2019.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. Daqui a pouco o Bozo vai dizer que medir o PIB é coisa de comunista…nem acho mais justo comparar esse “governo” à Idade Média. Estamos mais próximos da Idade da Pedra Lascada.

    1. Lascar pedras é um “processo industrial” muito sofisticado para um país idealizado por Boçal Nato.

  2. Daqui a pouco o Bozo vai dizer que medir o PIB é coisa de comunista…nem acho mais justo comparar esse “governo” à Idade Média. Estamos mais próximos da Idade da Pedra Lascada.

  3. Notem o editor e os leitores que técnicos do IBGE têm pedido demissão, exoneração ou mudança de função, exatamente por não concordarem com as mudanças impostas pela nova direção do Instituto, que tenta corromper as metodologias científicas usadas, de forma a gerar estatísticas favoráveis ao governo bozonarista. No caso do Censo, a nova direção do IBGE, sem ouvir os técnicos, reduziu em quase 1/3 o questionário, retirando dele exatamente as perguntas cujas respostas poderiam mostrar rápida e contínua degradação dos indicadores sócio-econômicos, sobretudo a partir de 2015, ou seja, exatamente desde que o Deep State e seus operadores locais, deflagraram o golpe de Estado no Brasil.

    Em resumo: mais do que recessão o que ocorre no Brasil há 5 anos é uma depressão profunda.

  4. Este povinho está morrendo e dando medalhas de ouro ao Bolsonaro, como ocorreu ontem na FIESP. Morrer na ilusão é bom para quem não quer mais viver.

    1. Não há ilusões ou contradições nisto. Os caras estão ganhando muito, pois a maioria – se não a totalidade – dos “industriais” dali obtém seus ganhos é na ciranda financeira. Mecanismo ao qual a condição atual, de implementação à força de medidas antipopulares e contrárias ao trabalho, somadas a ocasionais sobressaltos na B3 (que podem nem ser tão inesperados assim, se houver um inside trading adequado) são o paraíso dos especuladores. Se há alguém se dando bem nesta circunstância horrenda, são estes caras. Daí a premiação.

  5. O boletim FOCUS revisa semana a semana o crescimento do PIB para baixo. Até a projeção do PIB para o próximo ano também foi rebaixada.

    Mas a bolsa de valores continua otimista. Se o mercado vive de “expectativas” (segundo os economistas amestrados da GloboNews) só posso concluir que os grandes operadores possuem internamente um boletim FOCUS PLUS (também conhecido como “Mãe Dinah”) que vê a economia muito bem daqui a cinco anos.

  6. Esse PIB é mentiroso, esse ano teremos uma queda de pelo menos 1% no PIB…
    Mas comerciantes, façam arminhas que melhora …

  7. Ruim para o Brasil, mas necessário para ferrar com a elite golpista. #ConsumoMínimo #LulaLivreJá #GreveGeral14/06!!!

  8. se comida e remédio estão assim, imagina outros produtos. Só artigos de luxo devem estar em alta. Minha homenagem de hoje aos responsáveis por tudo isso vai para os militares. Obra sua, turma do quepe. Grande capacidade de visão. Parabéns.

  9. GREVE GERAL É GERAL EM GREVE!!!!

    A culpa disso tudo também é dos babacas que pregavam que era só tirar a Dilma que o PIB dobrava, não podemos deixar de parabenizar o pessoal que votou em bolsonaro, que avisou e continua avisando que não entende nada de economia. E por fim paulo guedes, mais interessado na reforma da previdência pois vão gerar lucro para ele quando sair do governo. Com isso não somente o povo, mas aqueles que se acham elite só porque tem um comércio pequeno ou porque é um pequeno empresário vão se ferrando. MUDA DE IDEIA AINDA DÁ TEMPO DE REVERTE ISSO AÍ!!!!!

    GREVE GERAL É GERAL EM GREVE!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.