A democracia está em processo de destruição

O processo autoritário que começou com a judicialização da política e virou a politização da justiça (veja só como decisões impactantes sobre bloqueios de contas de partidos e políticos saiu hoje, antevéspera dos atos dos bolsolavajatistas) também vai produzindo seus danos em outras áreas: a ocupação do governo por ex-dirigentes das Forças Armadas está levando à perigosa simbiose entre  os militares e o governo.

Primeiro foi o Clube Militar, sempre reacionário instrumento político do Exército, através de seus altos oficiais reformados. Agora, juntaram-se como patrocinadores dos atos de domingo o Clube Naval e o Clube da Aeronáutica.

Não é um apoio pessoal de militares reformados, que têm todo o direito de se posicionarem como quiserem na política: são instituições que têm de representar todos os oficiais da reserva.

Não se tem notícia de uma linha sequer de ponderação sobre os pesados cortes orçamentários sofridos pelas três Armas, não há ao menos um murmúrio de preocupação com a entrega de nossa tecnologia de defesa aérea, nenhum sinal de preocupação com que faltem recursos para manter os quartéis, mas há a mistura perigosa da “Lava Jato” e da reforma da Previdência (que, aliás, não os atinge) como se fossem “manifestações cívicas e patrióticas” que devam patrocinar.

Cívicas como Olavo de Carvalho, que enxovalhou seus oficiais generais e com quem, agora, vão confraternizar com faixas e tapinhas nas costas? Patriótica como o sabujismo que presta continências à bandeira americana assim que vê uma?

Não importa que as falanges que se organizam sejam minoritárias e verdadeiros zoos ideológicos. Velhos generais, do alto de suas confortáveis reformas, não hesitam em unir-se a pitbulls fanáticos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

41 respostas

  1. Não tenham pena do Brasil. Tudo isso fique nos ocorrer foi pedido e entregue. Simplesmente não merecemos o território que ocupamos.

  2. Essa ffaa brasileira é ridícula como sempre. Vergonha no Paraguai, na Itália e aqui. Melhor seria se fossem extintos

    1. Não ridicularizando as escolas carnavalescas de samba. Mas poderíamos ter as ffaa com seus adereços apenas para desfile de carnaval. hehehe

    2. Só vai ter pijamão!!!! Todos os milicos velhos e aposentados estarão lá com suas cuidadoras!!!

  3. Depois de saber que carros militares desfilaram em comemoração à vitória de Bolso, no Rio, sob rasantes de aviões da FAB, esperar o que?

  4. Vai mal, muito mal.
    Os indivíduos que se candidatam, se elegem e assumem o controle de certas associações, principalmente militares, são, via de regra, reacionários conservadores de direita, com perfil autoritário e desejo de domínio sobre tudo e sobre todos. Seu principal interesse em assumir esses postos é se sentirem importantes, poderosos, respeitados, temidos e obedecidos. Não estão nem um pouco preocupados com a defesa dos valores e interesses dos associados. Por isso, não ligam para o corte de verbas das Forças Armadas e por isso apoiam tipos como Bolsonaro.
    A esperança é que a maioria dos associados, apesar de não se manifestarem, não compartilhem das opiniões dessas “lideranças” e não deem a menor bola para a “convocação”.

    1. Não se iluda, Emília. O grosso da manifestação virá dos segmentos religiosos e militares, ambos com seu baixo clero – nas tropas, o baixo oficialato e os praças – extremamente fanatizado e pouco esclarecido. O resto vai se dividir entre a escumalha dos oportunistas “politicos” que compõem as pequenas agremiações de extrema-direita e grupos civis organizados, estes unidos pela tendência à violência física, como seguranças, motoristas de praça e caminhoneiros. Nem precisava a convocatória das associações militares para que estes estejam nas ruas domingo, acho até que o real motivo destas notas foi ameaçar veladamente através da mídia. O ex-militar tem uma claque que o venera dentro das tropas, o movimento só servirá de termômetro quanto à participação do oficialato, que o despreza. Vejamos qual o grau de pragmatismo político-ideologico deles.

  5. Para que se preocupar , o chefe deles bate continência a bandeira americana e entrega o país para eles de graça . Há uma firme convicção , pela nossa devoção e entrega eles nos defenderam até de nos mesmos . Tem aí uma pista para mais coisas além do atentado a Marielle , tem se que observar bem o outro mais recente . Uma teoria estendida á do Luís Nassif . Rio Centro , explodir o quartel , Juiz de Fora ,,,,,,. Muitos inativos bem ativos até hoje .

  6. Ridículos. O tempo passou na janela e só Carolina não viu; não acrescentam nada com essas declarações fora da realidade do mundo atual. Deveriam se preocupar com a ocupação de nossa base de lançamento de foguetes, com a doação da Embraer, com o sucateamento das três armas, com a perda de tecnologia e de posição estratégica no mundo. E pensar que os governos de Lula e Dilma começaram a corrigir essas falhas e são considerados inimigos. Já pensaram se for preciso cumprir a Constituição e defender o Brasil um dia? Com esses Deus nos livre e guarde.

  7. Tudo como dantes no quartel D’Abrantes.

    A simbiose pior do que essa, já havia se dado entre o Alto Comando das Forças (portanto, dos militares da ativa e com tropas sob seu comando) e o ainda pré-candidato, Jair Bozo, quando da twittada aparentemente cheia de “civismo” do então comandante e general Villas Boas, a respeito da votação no STF sobre o habeas corpus de Lula.

    Mais do que isso, já não era pra termos nenhuma dúvida, dessa relação incestuosa entre instituições permanentes do Estado e um governo recém-eleito, quando da nomeação do atual “Sinistro da Defesa”, em que Bozo agradeceu publicamente a Villas Boas, por seus excelentes serviços golpistas.

    1. Muito bom seu texto! Você lembrou muito bem da participação do Villas Boas coagindo o frágil STF. Não há nenhuma dúvida da participação deste Villas Boas, do Moro e de topo aparato militar nas eleição do Boçalnaro, tornando-os cúmplices desta tragédia. Não podemos nos esquecer disto!

  8. Avalizam esse governo porque são esse governo. Não adianta tirar o Bolsonaro para tentar dar um ar mais “leve”. Avalizaram antes das eleições e permanecerão juntos. Viu, MBL? Não adianta pular fora depois. Vão até o final abraçadinhos, taoquei?! Toma que o filho é teu. E a reputação também.

  9. Brito, será que está mesmo faltando dinheiro para o exército? Hoje achei sem querer um acordo de investimento do MEC no ensino público superior militar na área da saúde até 2023 – para eles não haverá nem corte de bolsa nem contingenciamento [não sei se os movimentos estudantis e de professores sabem disso para denunciar]. eis o link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/234243171/dou-secao-3-26-03-2019-pg-18?fbclid=IwAR3xovHVSsUXhJEUYKMZ3B2ahplkYXPMXhLVczWsgR5B2eWn-dLkUrZq3eI

    EXTRATO DE ACORDO DE COOPERAÇÃO

    Partícipes: Departamento-Geral do Pessoal – CNPJ:00.394.452/0271-33 e Ministério da Educação e Cultura (MEC) – CNPJ: 00.394.445/0034-61. Objeto: Estabelecer as ações conjuntas na área de Educação Superior, propiciando a inclusão de militares da área de Saúde do Exército em ações de Políticas Públicas de Valorização em Atenção Básica, ampliação das Residências Médicas em Organizações Militares de Saúde com acesso a bolsas custeadas pelo MEC, acesso à base de periódicos de apoio à pós-graduação, modernização e ampliação da infraestrutura do ensino militar na área de saúde, bem como na Gestão e Tecnologia de Informação e Comunicação (TICs) em Saúde. Vigência: 26/03/2019 a 31/10/2023. Data de Assinatura: 01/03/2019. Signatários: Partícipes: Comandante do Exército Gen Ex Edson Leal Pujol, CPF nº 449.595.407-53. Chefe do Departamento-Geral do Pessoal Gen Ex Artur Costa Moura, CPF nº 499.055.897-91 e Ministro de Estado da Educação Ricardo Velez Rodriguez, CPF nº 011.064.368-22.

  10. Não sei porque há dificuldade em se reconhecer que o governo Bolsonaro é um Governo Militar Entreguista.

  11. Eu acho válido que os ENTREGUISTAS DE FARDA ,apoiem o governo que ajudaram a eleger.
    Com a pressão das armas,dossiés,relatôrios,tuits (alô vilas boas!) e todo o arsenal que o Tio Sam colocou a disposição,fizeram seu trabalho e deixaram seus patróes contentos,muito contentos..
    Se alguns negadores da história,admiradores de soldadinhos de chumbo ,de toda essa pompa “patriótica” que eles exibem ainda continúam a esperar decência e patriotismo dessa turma,irão a perder seu tempo.
    Eles estão de um lado ,os BRASILEIROS estamos do lado oposto,asi de simples.
    No Uruguai se abrirem a boca para falar bobagens ,são punidos,mas,curiosamente ,todos eles fazem questão de divulgar a que corrente maçônica pertencem e ninguém se incomoda com isso.
    Atualmente na Argentina ,a sociedade tem com os militares a relação que todo país civilizado tem.Eles ficam no seus quartéis e não abrem a boca ,nem para pedir aumento,UM DIA TALVEZ CONSIGAMOS ISSO.
    Não vejo perigo para Democracia ,precisamos mudar a visão que temos deles ,assim eles aos poucos sairão do imaginário popular como os salvadores da Pátria,e os veremos como o que são,uma categoría do funcionalismo público ,subordinada ao seu chefe ,O POVO.

  12. Fernando, vou ser otimista e dizer que ela está mesmo é em “exposição”.

    Aquelas “forças ocultas’ que o Vargas falou, e o “Eles”, que o Lula sempre falou existem mesmo.
    Sempre existiram e sempre se mantiveram nas sombras.
    Parece-me que agora as forças ocultas – ou pelo menos parte delas – estão sendo obrigadas a sair na luz do sol.
    Estamos vendo as vísceras na nação começando a se expor.
    Na rua.

  13. Pessoalmente acho que estes clubinhos de militares de pijamas e mais as próprias FFAA covardes e entreguistas merecem um solene “VÃO À MERDA!” do povo brasileiro, totalmente inúteis que são.

  14. Por isso defendo que, assim que a canoa virar, estes traidores da pátria sejam levados à uma corte marcial e passem os restos de suas vidas na cadeia.

    1. É verdade. Temos que registrar esta posição destes entreguistas para que sejam cobrados depois.

  15. Os estatutos dos clubes militares não permitem usar o clube para atuação política e religiosa.

  16. Já sabíamos. Mas é sempre bom q se revelem, sem deixar duvidas. Por isso, sou contra o impeachment. Q o tenente capitão faça o q tem q fazer. O Brasil não quebra. O povo é forte aguentará o tranco. As instituições é q quebrarão. E muitas precisam ser destruídas para começar do zero. Que morram abraçados. O tenente capitão vai levá-los ao fundo do abismo. A política economica do bozo é recessiva. Vai piorar muito. O abismo não terá fundo. Mas não há mal q dure para sempre. “Eles passarão, nós passarinhos”.

    1. Pense nos iraquianos e sírios antes de escrever “não há mal que dure para sempre”. Ambos não têm mais chances se reerguer-se neste século, algo inimaginável há apenas dez anos. Nunca se pode minimizar o poder destrutivo da política mal executada, ou executada para o mal. E, se nos acontecer, não haverá plano Marshall ou mão amiga para nos ajudar depois.

  17. VERGONHA!!!
    Onde estão os verdadeiros brasileiros?
    Como podem calar-se diante desse escandaloso atentado à soberania do Brasil?

  18. Esta turma fardada é co responsável pelo absurdo que estamos vivendo. Se este pessoal da reserva visse suas mordomias serem cortadas, certamente se manifestariam contra o governo. Enfim, de patriotas, não tem nada. Vergonha!

  19. Clube da Aeronáutica, Clube Militar e Clube Naval são aquele locais onde senhores vetustos, colegas de academia do Marechal do Ar Eduardo Gomes, do Marechal de Exército Humberto de Alencar Castelo Branco e do Almirante Augusto Rademaker reúnem-se para relembrar as glórias do passado, os bons tempos que não voltam mais, romanceados em mentes senis, as quais, aliás, nunca funcionaram bem, sequer quando eram jovens e atiladas, quem dirá agora. Sua influência é sobre os taifeiros, garçons, ex-ajudantes de ordens e os pares que os rodeiam e resume-se a isso.
    O único senão é que, falando ao público pelas FFAA abalam sua credibilidade e o recente respeito que reconquistaram em anos recentes perante a sociedade civil. Estão dedicando-se a reavivar a memória popular do tempo em que a própria vergonha era tanta e o repúdio das pessoas tamanho que não mais podiam sair fardados em via pública ou comparecerem paramentados em eventos sociais.
    Tirante isso, o Clube Naval é um excelente lugar para almoçar no Rio de Janeiro. Recomendo pelo custo-benefício.

  20. “Tudo pela Pátria”. Principalmente com um gordo aumento de soldo. Os jumentos fardados de pijama ainda vivem como na guerra fria – tem horror a “comunistas”, mas não deixam de fazer convescotes regados a “joninho” e camarão VG.

  21. O que esperar de assassinos históricos do povo: 1 – Massacraram Indígenas aos milhares; 2 – Massacram pretos escravizados aos milhares (Palmares); 3 – Massacraram pobres em Canudos; 4 – Massacraram presos políticos e estupravam mulheres amarradas nos porões da ditadura.
    O que esperar de gente assim? Nada.

  22. Será um grande teste de Correlação de Forças na conjuntura atual.
    A Frente Democrática e Progressista tem que continuar acumulando forças e capitalizando em cima do desastre que é esse “governo”!….Avante!..

  23. Bom, me desculpem, mas o Brasil foi feito para não dar certo.
    Só teremos uma chance quando fizermos integralmente o dever de casa. Não adianta fazer parte.
    1 – Temos de mexer com as forças armadas em minúsculo mesmo. Temos de diminuir por 10 o número de oficiais generais para não ficarem fazendo golpes ao se aposentarem. Temos de diminuir bastante o número de militares, trocando o alistamento militar obrigatória por um concurso público para soldados. Os soldados de hoje, após servirem um ano, ao sairem do exército e não encontrarem emprego, serão contratados para serem soldados do tráfico, já estão prontos e treinados. Temos de ter um exército bem menor e profissional. Se hoje fazem política é porque tem muito oficial e pouco serviço.
    2 – Temos de mexer com o judiciário. Juiz concursado não pode fazer política. Fazem política? Então temos de eleger nossos juízes como são nos EUA.
    3 – Temos de mexer em instituições como a OAB. Não pode todo golpe que tem neste Brasil, ter o apoio da OAB. Foi assim em 64 e assim em 2016. Um absurdo! Entrar com uma ação reclamando da sentença contrária as Leis no caso Lula, nada. Pra que serve a OAB? Só pra punir advogados?
    4 – Temos de mexer com a imprensa. Não é possível um jornalista falar uma mentira e dois dias depois, após descobrir que era mentira, não se falar mais no assunto.
    E por aí vai. Mas, quem vai ter coragem de propor mudanças no sistema?

  24. Um dos tais manifestos termina com um chavão castrense: Tudo pela Pátria!
    Mas a que Pátria eles se referem? Será USA?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *