A face possível para a elite

Em sua coluna de domingo, no Jornal do Brasil, Teresa Cruvinel trata de um tema que é, ao mesmo tempo, evidente e pouco discutido: a apropriação do mando político pela casta policial-judicial:

No Brasil da Lava Jato (…) quem manda e tudo controla é o estamento formado pelas carreiras de Estado da área jurídico-policial: Ministério Público, Polícia Federal, STF e tribunais superiores. Na falta de uma classe dominante ciosa de seu papel e responsabilidades, estas carreiras se impuseram. (…) O centro da política, ninguém há de negar, deslocou-se completamente do Congresso e dos partidos para o Supremo Tribunal Federal, que sobre tudo decide: tabela de frete de caminhoneiros, prisão em segunda instância ou descriminalização do aborto.

(…)eles saíram da caixinha porque a classe dominante não se comporta como tal. Não se sente vinculada ao país, que lhe serve apenas como fonte de lucros, não gosta do povo, tem segunda moradia em Miami ou Paris e não tem projeto algum para o Brasil. Neste vácuo, e com os políticos em desgraça, as carreiras de Estado se estabeleceram.

Penso que é, de fato, assim. Mas vai além, e por razões que estão mencionadas no texto.

O fato de nossa classe dominante “não ter projeto algum para o Brasil”, o que a deslegitimou perante a população, não apenas abriu espaço para a hipertrofia da máquina judicial, por ambição, falta de senso democrático e até de compostura de seus integrantes.

Este processo não ocorreria se esta camada, sem condições de ter uma representação política viável, não tivesse ido buscar na Justiça e seus arrabaldes, a legitimidade e a autoridade que perdeu (e ainda vem perdendo), transformando-a em agente político com grau de eficácia que já não alcança naqueles que lhes seriam os “convencionais”.

O protagonismo judicial corresponde, portanto, a uma substituição de quadros que a elite dominante não conseguiu produzir, em sua miséria cultural, ética e, sobretudo, de projetos nacionais, ainda que vinculados e dependentes da ordem mundial vigente.

E, como detém poder estatal – e poder absolutista -, pôde levar à prática um plano de reconquista do poder político da elite que vem sendo negado pelas urnas há década e meia, retirando de Lula, ou de quem o represente, a capacidade de vencer nas urnas, formalismo que não se dispensa em ritos ditos democráticos, ainda que nada possa ser tão antidemocrático quanto vedar candidaturas.

Ao contrário dos partidos e políticos, cujas opiniões e atos precisam legitimar-se, os do Partido Judicial têm autoeficácia e são autorrespeitáveis:  “é aquilo que eu decido, cumpra-se”. Qualquer revisão, se houver,  é interna corporis, não é passível de contestação e se autoexplica, por uma estranha lógica reversa.

Por exemplo:” Lula está preso porque foi condenado, se está condenado é porque cometeu os crimes de que o acusaram, se não há provas de que os cometeu, deve ter cometido, porque sabe como são estes políticos, não é?”

Não é o caso de tratar aqui, agora, das ilusões petistas quanto ao Judiciário, à Polícia Federal, ao Ministério Público, quanto às “instituições republicanas” em que não soube ver a natureza de classe, que vai além da de casta.

Esta já se tornou evidente à população, muito mais que aquela outra.

O que obriga o povo brasileiro a um esforço muito maior de consciência, porque já não se trata apenas de confrontar os reis, mas as cortes inteiras, que assumiram a regência do Brasil e não querem e não podem permitir que elevem ao “trono eleitoral” alguém que represente a população.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

36 respostas

  1. O Brasil saiu do domínio dos políticos salafrários e entrou inexoravelmente no jugo absoluto dos BANDIDOS TOGADOS.
    PUTA QUE OS PARIU !

  2. Está claro que quem manda e tudo controla não é o estamento judicial. Quem manda e tudo controla no Brasil é o 0.5% que controla os Bancos, Corporações e Grandes Empresas e a Imprensa além dos cardeais das oligarquias políticas que encarna e muitas vezes se confunde com os interesses desse 0.5% da população. Uma pequena parte do estamento judicial e policial, pelo menos em número, foi apenas e tão somente contratada para um serviço especial e específico para esses 0.5% da população, recuperar um poder perdido: o poder democrático, que é o único que dá legitimidade em um regime político baseado em eleições e no voto. O estamento judicial não têm poderes excepcionais, estes foram “emprestados” (em forma de prestígio e liberdade de ação, meios de comunicação e dinheiro) pelos realmente poderosos (o 0.5% da população). Tão logo entreguem o “serviço” desaparecem na busca de só e tão só a seus interesses paroquiais e corporativos. Passou isso com os militares no Golpe de 1964, vai passar com os juízes do Golpe de 2016.

    1. Exatamente, Policarpo. O segmento jurídico/policial não tomou nenhuma iniciativa por conta própria antes de ser devidamente cooptada pelos interesses neo-liberais e colonialistas através de benefícios na forma de salários e privilégios que nós todos, os assalariados, pagamos. A história recente destes tristes trópicos já tem elementos factuais bastantes para provar isto. Só não vê quem não quer ou só consegue enxergar aquilo que a própria miopia intelectual permite. Como somos bestas, não? E há muitos idiotas úteis que aplaudem os Moros e lava-jatos. Tem até um juiz da suprema corte que se acha ungido sabe-se lá por que entidade milagrosa para interpretar-se como aquele que está “refundando o país”.

  3. O Partido do MP e do Judiciário é pior do que os políticos profissionais, pois ninguém os regula. Aqueles conselhos internos deles são uma piada.

    1. Eles regulam os demais poderes executivo e legislativo, isso teria que mudar, algo deveria ser feito para acabar com isso.

  4. O protagonismo das carreiras de Estado é porque a elite dominante terceirizou a segurança e a justiça. O Estado treina, arma, dá poder para que a elite dominante terceirize, sem encargos, segurança privada e serviços de advocacia. A eficiência de um advogado em SP se mede pelo relacionamento pessoal de seu escritório com membros do judiciário.

  5. Só uma constituinte resgata o país para seu povo. E só um presidente com força terá capacidade de fazer isto. A esta altura do processo será um milagre se o Brasil conseguir alcançar estas coisas, mas nós insistimos em acreditar.

  6. À luz do que foi exposto neste e na maioria dos artigos deste blog, torna-se inexplicável e injustificável que, em postagens recentes, se tenha aderido ao chamado “plano B”. Ora, se essa casta jurídico-policial (que eu prefiro e chamo há 5 anos de ORCRIMs midiático-policiais-judiciais) seqüestrou a política em razão de as elites escravocratas, plutocratas, cleptocratas, privatistas e entreguistas, de que ela é herdeira e representante, por que razões ela deixaria que um “substituto”, no caso o “plano B”, Fernando Haddad, fosse eleito e revogasse os atos do governo quadrilheiro e golpista levado Ao Planalto em meados de 2016?

    Note-se que não há coerência entre este artigo e qualquer defesa ou aceitação de qualquer “plano B”, “C”, “D”, etc.

    Enfim: eleições, PT ou Esquerda, sem Lula, são fraudes.

    1. Eu concordo plenamente com você e acho que o PT tem se posicionado dessa form ao defender Lula até as últimas consequências. Apesar da realidade estar estampada em nossa cara, a maioria do blogs sempre mantiveram um posição derrotista, de fato. Ora, o que estamos vendo é a total dissolução de nossas leis para q impeçam Lula de concorrer, atos manifestamente ilegais, estão nos empurrando goela abaixo a desconstiticionalização do Brasil. Por isso não aceito eleições sem Lula, porque isso vai representar uma fraude eleitoral sem precedentes em nossa história.

    2. Verdade! Mas no momento a justiça quem manda, ela é contra Lula! Não temos como fazer nada neste momento, assim ir de Fernando Hadad e lá na frente fazer algo para colocar a justiça na sua caixinha de novo.

  7. Tempos atrás ,o gilmar dantas ( que de bobo não tem nada ,ele só é mais imoral do que inteligente) falou exatamente isso.
    Ele diz em função de que tanto o executivo ,quanto o legislativo deixaram um vácuo de poder ,este foi ocupado pela quadrilha togada.
    Haverá muito trabalho para mudar isso,mas,se não houver autoridade política não acontecerá.
    Inveja de um presidente como Nestor Kichner que em 2006 ,perante uma multidão de militares no colegio militar diz “não tenho medo e não lhes temo,…” ( isto no auge dos processos contra os genocidas) ,inveja.

  8. CONTRAPRODUCENTE.

    O Lula endossa Haddad toda semana. É seu vice, seu porta voz e amigo pessoal. Não tem que colocar um contra o outro, como aquela porcaria de Duplo Expresso faz. Não acreditem em Duplo Expresso.

    1. … No mínimo, são imprudentes!
      E querendo se achar os donos da verdade absoluta!

  9. Esqueceu o papel, papelão, das Forças Armadas no golpe? Traição!
    Enquanto tivermos medo de dizer, e escrever, isso o Brasil continuará refém de traidores.

  10. Queres conhecer o homem der a ele o poder. Os sensatos o usarão e beneficio do povo. O governo lula deu mais poderes ao MPF e a PF, estes tão ousando de forma parcial e partidária. Não podemos aceitar que o que a justiça determina não se discuta, cumpra-se pois, esta justiça é decidida por homens que conhecidamente são falhos. Temos que ter órgãos fiscalizador das mazelas da Justiça, do MPF e da PF, nestes órgãos não pode ter membros de nenhum destes entes federados, se assim for não teremos nenhuma correção dos erros cometidos pelos mesmos, e como cometem erros.
    Não podemos estar sujeito só da justiça.

  11. Sugiro sempre usar o termo “golpista” ao invés de “elite”. A ditadura é midiático-judicial.

    #LulaPresidente!

  12. Completando: essa “elite” de apê Parisiense trabalha pros interesses do grande Capital/EUA; a Justísçia Golpista também.
    Resumindo: o Golpe é Americano.

  13. A elite escravocrata brasileira, diante da derrota nas urnas lançou mão do poder monarquico da CASTA DO JUDICIÁRIO, que se esbalda em AUTORITARISMO E PRIVILÉGIOS, todos FILIADOS AO PARTIDO DA GLOBO…

  14. CONTEI SEIS (6) MULHERES APENAS NAQUELE MONTURO TESTOSTERÔNICO…
    É UM HORROR…
    ALGUÉM CONSEGUE ENCONTRAR OUTRAS MULHERES NA IMAGEM ACIMA… PORQUE ASSIM NÃO DÁ PARA FAZER O JUGUINHO DOS SETE ERROS… KKKK!
    É UM ERRO ÚNICO!

  15. É preciso vencer as eleições gerais…claro queremos LULA de volta, queremos ter de novo esperança, e horizonte, queremos ter aquilo que pela primeira vez em anos vimos e comprovamos, a eficácia de um governo democrático popular onde os mais pobres puderam finalmente ter acesso ao que sabemos ser o básico, mas que nunca lhes foi permitido…saímos do vergonhoso mapa da fome…etc.etc. queremos de volta tudo isso… É LULA !!!
    É 13 !!!! É 13 por LULA !!!! Porém , é imperioso elegermos uma grande bancada progressista popular, formada por políticos dos partidos à esquerda, que tenham compromisso com o povo, que empenhem-se pelos direitos de todos os brasileiros, principalmente da grande maioria, os mais pobres….porque reformas profundas precisam ser feitas, é preciso que seja recolocado cada um dos poderes em seu respectivo quadrado, além de julgar e condenar todos os que deram o golpe na Democracia, todos os que “ajudaram para que dessem o golpe…regrar as comunicações, revisar as concessões em todos os níveis, acabar com as mordomias do judiciário, criar órgãos reguladores externos em todo esse sistema, dispensar sem direitos todos os que extrapolarem suas funções…
    Precisamos para realizar tudo isso, não apenas de eleger O Presidente LULA, ou o seu representante HADDAD, mas , também de Uma
    GRANDE BANCADA de ESQUERDA !!!!
    Vamos trabalhar por isso, vamos batalhar por votos, vamos militar nesse propósito…
    É 13 !!! É LULA !!!! É 13 por LULA !!!! É HADDAD e MANUELA!!!!!!

  16. O que mais dói na alma é saber que Moro e sua Lava Jato, acumpliciado com a Imprensa e com o silêncio sepulcral do STF, fazendo-se de um em cima do muro, quando tá mais pra titular do golpe que todos os demais, o pior mesmo é ter as provas concretas de um número de desempregados acima de populações de vários países do mundo, como Uruguai e Portugal, por exemplo, tendo em vista que tais números só crescem e crescerão com a venda de nosso patrimônio, tudo pra fazerem o que tanto se fez no País: de ao invés de investir no povo que paga as contas dos entreguistas, preferir dar de bandeja de ouro as nossas riquezas para o Imperialismo.
    Efeito vira-lata de Nelson Rodrigues permanece vivo entre nós.
    Cada vez que uma empresa de grande ou médio porte é vendida, poderiam explicar como será a vida dos trabalhadores; o que vão fazer com eles, senão jogá-los no mundo dos desempregados ou dos suicidados anônimos.
    Para serem esses juízes e procuradores, o a turma da toga, reais perseguidores da corrupção, republicanos, amantes da Pátria, ao menos nos dissessem por que uns larápios da Petrobrás, de cara lavada, podem voltar pra suas mansões, cheios de conforto, com muito do roubado no bolso e nas malas, depois de mentirem muito para atender as demandas de Moro, que sempre foram e hão de ser a de escrachar Lula, sem provas. Por que esses diretores da Petrobrás, ou um doleiro da categoria de Youssef, um sujeito totalmente sem caráter, pode ser solto, e Lula preso pelo que ele disse ao juiz em seu próprio favor.
    Tá difícil viver assim, com tanta truculência, num regime de exceção, mesclado de uma democracia mentirosa, enganadora.

  17. Todos os votos contra o golpe, inclusive em deputados e senadores. É o povo contra a elite traidora, se for confronto? Que seja.

  18. Os ” PODERES” citados,além de tudo e por isso mesmo,NÃO POSSUEM OUTORGAS.E quem não tem OUTORGA,não são os DITADORES OU REIS?E quase todos eles,os JUDICIAIS PERSONAGENS,são todos PEQUENOS BURGUESES.Ou NANICOS.E são indiferentes ,às criticas.E por serem PEQUENOS OU NANICOS BURGUESES,são capatazes,serviçais,criados dos BURGUESES,em cujos palácios,quando entram,é pela PORTA DE SERVIÇOS.

  19. Como já disse aqui algumas vezes O MAIOR erro de Lula, Dilma e do PT foi ter recebido de FHC a criação da Claudia Costim no final do seu último mandato, da bomba relógio das carreiras típicas de Estado, mantido e aperfeiçoado nas “mesas de negociação em separado, ao longo dos mandatos federais do partido de origem sindical, no conceito e TRATAMENTO DIFERENCIADO às Carreiras Típicas de Estado…
    O FATO do Partido dos trabalhadores NUNCA ter tratado o conjunto de servidores federais como TRABALHADORES está entre os pecados capitais da legenda.
    O QUÊ justifica que após 4 mandatos petistas Lula e Dilma NUNCA tenham dado um aumento salarial ÚNICO em Janeiro a TODOS os servidores do Executivo Federal???
    Que NUNCA tenham, ao menos, PROPOSTO uma database na LEI para os trabalhadores do GOVERNO FEDERAL?
    Esta realidade é uma espécie de “batom na cueca sindical” do PT…
    O fato destas carreiras serem INDICADAS desde FHC na Constituição como uma elite de Estado criou uma espécie de circuito de Feedback cerebral entre a falta de noção destes servidores e a o ilusão de sua síndrome de Estocolmo de terem um excelente salário e se sentirem “uma ELITE” por terem alguma medida de PODER DE ESTADO e assim assumiram os valores da ELITE sem sê-la.
    Neste processo, deixam de lado qualquer solidariedade ou preocupação com o POVO…

    A MAIORIA dos Juízes, Procuradores e afins, policiais federais PENSA assim…

    Votarei em Lula ou em quem ele indicar, e no PT, mas espero que eles já tenham entendido esta LIÇÃO…

    REtransformar TODOS os servidores públicos é um projeto PRIORITÁRIO se o PT conseguir eleger seu candidato a Presidente.
    Que começará ano que vem em definir um reajuste para TODOS os servidores e estabelecer uma data-base em LEI.
    Quem sabe, por um período equivalente a vigência das Carreiras Típicas de Estado dar 1% de Reajuste as demais carreiras “não-típicas” para minimizar com tempo o CANYON criado na vigência dos 2 “tipos” de servidor público…

  20. Normalizar a prisão de Lula, é a fundamentação e o propósito de golpe!
    Lutar contra o golpe é lutar contra a FARSA de uma eleição sem LULA! #LulaNaUrna!

  21. Normalizar a prisão de Lula, é a fundamentação e o propósito de golpe!
    Lutar contra o golpe é lutar contra a FARSA de uma eleição sem LULA! #LulaNaUrna!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.