A fraude do “acordo político” de Bolsonaro

Noticia a Globo que três ministros do Governo Bolsonaro teriam ido a São Paulo “negociar um armistício” com o ministro Alexandre de Moraes : André Mendonça (Justiça e Segurança Pública), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e José Levi (Advocacia-Geral da União).

Nada mais falso.

Nenhum deles tem peso político ou autoridade moral para este tipo de “embaixada”.

Alguém acha que algum deles, ou mesmo a trinca, têm ascendência sobre o presidente ou seriam capazes de dirigir os seus atos e assumir, no “fio do bigode”, algum compromisso em seu nome? São, apenas, burocratas que encontraram neste Governo a oportunidade de ascender a postos que, em condições normais, jamais alcançariam.

Fazem o que lhes mandam, mas não mandam no que se faz.

Jair Bolsonaro não tem um núcleo político-jurídico em torno de si. O que poderia ter sido papel de Gustavo Babianno e de Sérgio Moro jamais teve dele o aval para ser ocupado por ninguém.

Não vai portanto, um ministro ou mesmo o STF, coletivamente, negociar “armistícios” fora dos autos de algum inquérito e muito menos no plano amplo da política.

A interlocução “política” crível de Bolsonaro é a dos militares de seu governo e ela significaria a tutela expressa do presidente da República por eles.

Na prática, o comando do comandante pelos, em tese, comandados.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

13 respostas

      1. Weintraub fugindo, outro tentando picar a mula etc e etc. Acontece que o Trump não quer saber de brasileiros aterrizando por lá. Mas, este Alam dos Santos não foi aquele que foi a CPMI e abusou do Angelo Coronel. E o Weintraub não disse que mandaria prender os vagabundos do STF. Ministro ALEXANDRE DE MORAIS mande a Polícia Federal reter os passaportes destes meliantes!!

        1. Fascistas, meu caro. Mostram-se fortes, agressivos e ousados quando em bandos e especialmente se não são confrontados. Fazem barulho muito maior do que sua for?a real. Se ninguem os enfrenta, levam de roldão e arregimentam um exército de covardes, ressentidos e idiotas, que fazem parecer que tem muita for?a e ganharam o embate. Isso acontece quando setores importantes da sociedade se acovardam ou acumpliciam pensando em usá-los para destruir adversários aos quais não conseguem ele próprios destruir (está aí o tucanato para ilustrar).
          Mas quando enfrentados, estes fascistas mostram o que são, uma minoria de covardes. Desafio alguém a mostrar uma atitude heróica de um fascista.

  1. Mas, Alan dos Santos querem picar a mula e fugir para os EUA Aco ntece que o do cabelo cor de,. laranja Madura Trump, não quer nenhum brasileiro aterrizando por lá. Este tal de Alan dos Santos não é aquele que debolchou da CPMI do Angelo Coronel?
    Ministro Alexandre de Moraes retenbha os passaportes deste meliantes. Se eles quiserem fugir q

  2. Aí um matuto pergunta: “E é assim, pelo conchavo. Né pela lei, não?
    Aí o mesmo matuto lembra do grande general Maximus: “O tempo de meias palavras já passou.”
    Né não?

  3. Se o encontro tivesse sido com o tofinho monte de est…., ” passador de pano” oficial do executivo, na certa teriam conseguido êxito. Mas, o Ministro Alexandre de Morais deve dito aos mesmos: Olha, a lei tem de ser cumprida, primeiro a Constituição. Esta conversa que foram para tratar de termos econômicos não cola, ta mais parecendo com aquela visita inesperada do Bozó e um monte empresários recebido pelo” passador de pano oficial” Tofinho no STF.

  4. Não sabia que a justiça poderia ser negociada, uma noticia esclarecedora. Será que o STF fará uma negociata política para salvar bandidos milicianos? Não posso acreditar nisso. Veremos.

  5. O foco principal, aquele em que os spotlights estão direcionados é a continuidade das reformas de interesse da direita para as quais o bozo foi eleito e não deu certo. Com Mourão há garantia de que o Guedes continue tentando passar no congresso estas reformas. Tomando isto como guia, o que vier, seja do congresso ou do judiciário (stf, pgr, tse, pf) deverá estar em linha com estes propósitos. Especificamente o que vai acontecer ninguém sabe. Mas desde a declaração do Aécio “Nós não vamos esperar até 2018”, senha para o golpe, muito foi investido para a ressurreição do neo liberalismo econômico. Não acredito que haja retorno nestas intenções com o risco, para a direita, de novas eleições e volta da esquerda ao poder.

  6. Para virar pizza, coisa corriqueira na nossa história, eu acredito em tudo, seria o fim da sociedade como organização séria, negociar com o criminoso, mas por aqui já houve condenação por fakenews de jornal, logo espera-se qualquer negociata sem muita reação.

  7. Olha, com toda sinceridade, se este tipo de “Acordo”, fosse proposto com o Passador de pano oficial (Tofinho monte de m…) e junto com o Botafogo, seria favas Contadas. Mas, nos parece que com o Ministro Alexandre de Morais , o buraco é mais em baixo,.
    Mas, dizem a “boca pequena’ que estes dois: Botafogo e tofinho tem o “rabo preso”, né mesmo Ministro Gilmar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *