A vergonha do “arranjo policial” para a reforma previdenciária

Se você não é policial, vai trabalhar até os 65 anos, mesmo que tenha começado a dar duro na vida aos 14 anos.

Mas se você virar policial, trabalhará só até os 53 anos, mesmo que tenha começado a trabalhar aos 23. Ou 52 se for mulher.

Ninguém, é claro, quer fazer sexagenários correndo atrás de trombadinhas.

Mas é ridículo que eles e os militares sejam beneficiados por aposentadorias tão precoces, quando se exige que os demais trabalhem até a morte.

Pior ainda é fazer isso ser votado a altas horas, como estão planejando, tentando forçar uma votação extemporânea que, numa reunião convocada para as 13 horas, vai ser, se for, aberta “apenas” 7 horas depois.

Durante seis meses, quase, a reforma era para “abolir os privilégios”.

Em um dia, criou privilégios maiores dos que os de hoje.

Veremos se Rodrigo Maia e o presidente da comissão, Marcelo Ramos, vão ter o comportamento sabujo do relator, Samuel Moreira, que inverteu seu pensamento com uma ordem do presidente da República.

Temos o governo da polícia, pela polícia e pela policia?

Os parlamentares dirão se essa é a horrorosa verdade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

5 respostas

  1. PSDB está para o DEM assim como a Antarctica está para a Brahma. A origem é a mesma, o dono é o mesmo.

    Sabujice para ferrar o celetista, tanto faz se é Maia ou Moreira.

  2. Então, depois de taxarem publicamente o “mito” como traidor, os policiais conseguiram uma vaga no bote salva-vidas, junto com os militares e os juízes. O resto do pobre povo que se afunde sem aposentadoria.

  3. É a criação explícita de uma casta estamental dentro dos poderes constituídos. Quem sabe, ao se aposentar com 53 anos, o policial terá mais tempo e tranquilidade para se engajar em milícias mil, Brasil a fora.
    VERGONHOSO!!!

  4. “chover ” se entendi:
    Os “coxinha” sairam todos contentes com suas camisas amarelas carcomidas e rotas em algumas cidades em favor do governo e da previdencia e impunharam como no temos de Mussolini seus gigantes cartazes ao estilo do velho fascismo dos anos 40.
    Ai descobrem que eles estavam empunhando a bandeira que vão trabalhar até os 65 anos para ganhar uma miséria de 2 mil reais e olhe lá.
    E

    O pessoal “milico” vão se aposentar bem mais cedo com um baita salarião igual ao da ativa.
    Na boa: Coxinha e esses baba-ovo do gov bostanaro tem que tomar no anus mesmo.
    O Coxinha vai estar se arrastando aos 65 e o guarda noturno indo pra praia 13 anos antes e ganhando bem e o coxinha
    muito p da vida com aquela mixaria.
    Coxinha e apoiador do bsotanaro só servem pra isso
    “Massa de Manobra”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.