Advogado que Temer pôs no Trabalho já começa com “besteirol”

acacio

O advogado e ex-desembargador Caio Vieira de Mello, nomeado por Michel Temer para o Ministério “Caveira de Burro” do Trabalho, nem tomou posse, mas já é candidato forte a vencer qualquer novo Febeapá, o famoso Festival da Besteira que Assola o País – criação genial do cronista Sérgio Porto para gozar os tempos de ditadura de 64, reeditados para essa desgraceira de hoje.

Sua Excelência, na Folha, diz que é a favor da reforma trabalhista porque – atenção! – “não altera nada”.

Se não altera nada, por que foi feita?

E como é que alguém que vai ser Ministro do Trabalho pode dizer que uma reforma que cria o trabalho intermitente, abole o imposto sindical e sujeita o trabalhador que reclame direitos tenha de arcar com os custos dos processos trabalhistas – para ficar em algumas das “alterações que não alteram” – não muda nada.

Mas o senhor Caio não para por aí. Diz que não tem lado e que vai defender a “harmonia” entre patrões e empregados com uma frase daquelas de dar inveja ao Conselheiro Acácio, personagem de Eça de Queiroz,  numa sátira ao pedantismo e a vulgaridade dos bacharéis:

“Não há empresa sem empregado e nem empregado sem empresa”.

Mas Doutor, que bobagem!

Existem milhões de empresas sem empregados, as microempresas e os empreendedores individuais, e existem milhões de empregados sem empresa, os mais de seis milhões de trabalhadores domésticos, contratados por pessoas físicas.

E essa multidão tem de ter seus direitos protegidos pelo Ministério que o senhor vai chefiar!

Começo a ter a impressão que o senhor foi escolhido por ter compatibilidade com os padrões intelectuais da última pessoa indicada por Michel Temer para este posto: a deputada Cristiane Brasil.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. O Conselheiro Acácio, comparativamente ao cidadão em questão, tem um rendimento cognitivo de melhor. Em outras palavras, era um pouquinho menos obtuso. E o indivíduo é um desembargador, vejam só.

  2. Mais um velhaco que está lá para apenas para se aproveitar da boquinha do governo dos salafrários que assaltaram o poder!

  3. Eu morro de saudades do Febeapá escrito pelo Stanislaw Ponte Preta (Sérgio Porto). Principalmente porque o golpe de 2016 concorre pesado com a turma da “redentora” de 1964. Entre civis e militares, fica chato a gente dizer mas o pessoal das FA hoje em dia é muito mais inteligente do que os civis que estão por aí. Os generais continuam sacanas (a maioria dos que a gente lê na mídia) mas não são mais tão burros quanto os do tempo do Figueiredo e do resto. Esse ministro é de dar dó mesmo. Uma pergunta que não tem nada a ver com isso: por que é que os golpistas atuais adoram tingir o cabelo? esse sujeito do Trabalho, o Thompson Flores e o Barroso, por exemplo, só pra ficar nos mais famosos. Além de golpistas, cafonas.

  4. Precisamos distribuir para os ministros aquela folha, muito conhecida de quem trabalha em escritório, com trechos de frases que, com qualquer combinação, formam uma sentença com estrutura correta mas totalmente vazia de sentido.
    Iriam falar sem dizer nada, o que seria um avanço no caso deles.

  5. Precisamos distribuir para os ministros aquela folha, muito conhecida de quem trabalha em escritório, com trechos de frases que, com qualquer combinação, formam uma sentença com estrutura correta mas totalmente vazia de sentido.
    Iriam falar sem dizer nada, o que seria um avanço no caso deles.

  6. Já pensou um cara desse, que muitos hão de considerar uma besta, mais de seis meses dirigindo o Ministério do Trabalho? É, mas está a altura do golpe, disso pode ter certeza.

  7. Pq os senhores da várzea judiciária, já que a “reforma” foi maravilhosa, não deixam seus pobres penduricalhos e vêm para o lado de cá? Iriam adorar!

  8. Por que o Temer só escolhe gente sem um mínimo de QI para ministro? Dizer que uma reforma (qualquer reforma) não altera nada é um desrespeito à inteligência humana. Já deu para perceber o nível de mais um ministro do vampirão. Salve-se quem puder!

  9. A prosperidade de alguns homens públicos do Brasil é uma prova evidente de que eles vêm lutando pelo progresso do nosso subdesenvolvimento.
    Stanislaw Ponte Preta

  10. E as empresas fantasmas que são criadas para lavagem de dinheiro têm empregados ? e muitas nem sede têm. Realmente essa cara já começa com as suas cagadas.Haja saco para suportar tanta imbecilidade.

  11. Esse Caio pede pra cair (desculpem) mas antes dá ideia de que ouviu falar em Gatopardismo
    (Giuseppe di Lampedusa) e, coitado, pegou tudo pelo contrário e vice-versa mutatis mutandis.

  12. Esse Caio pede pra cair (desculpem) mas antes dá ideia de que ouviu falar em Gatopardismo
    (Giuseppe di Lampedusa) e, coitado, pegou tudo pelo contrário e vice-versa mutatis mutandis.

  13. “Começo a ter a impressão que o senhor foi escolhido por ter compatibilidade com os padrões intelectuais da última pessoa indicada por Michel Temer para este posto: a deputada Cristiane Brasil.”

    A compatibilidade com o senil canalha que está no Planalto também não conta?

  14. Dese,bargador? Do mesmo nível dos “desembagrinhos” (royalties para Paulo H. Amorim) do TRF-4.

  15. Ele está no nival do ministério do tema o cara para ser ministro deste desgoverno tem que em primeiro lugar ser BANDIDO condenado por vários crimes (sem ser preso obviamente), e imcopetentes. Eu quero é novidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.