Aécio, aos 17, nos “States”: “no Brasil todo mundo tem uma ou duas empregadas”

aecim

Sensacional a garimpagem  jornalística de Paulo Moreira Leite, que achou uma edição de 24 de fevereiro de 1977 do semanário The Franklin news-record, de New Jersey, onde o jovem Aécio Neves visitava amigos, num daqueles programas de intercâmbio.

Alem de rock, automóveis e programas de TV típicos da idade, o jovem Aécio já tinha conceitos muito esclarecedores sobre como viviam os brasileiros.

Segundo ele, como está no título da reportagem, não era muito diferente de como viviam os americanos.

As mulheres não trabalhavam porque não precisavam, estavam na praia ou batendo perna em shoppings.

’The women of Brazil have an easy life, according to Aecio. Most women do not work because financially they don’t have to, he said, so most of their time is spent on the beach or walking to the different shops.

E todo mundo tinha mucamas para cuidar dos “sinhozinhos”

“Everyone in Rio has one if not two maids, one for cooking and the other for cleaning.” He added that “I have never made my own bed.”

Não é à toa que ele é o que é hoje.

Poderia ter melhorado, é verdade, porque ser filhinho de papai não é condenação definitiva, sempre se pode evoluir.

Mas conservou o vício de enxergar o mundo real como o mundinho de quem vive e vivia àquela época – como em todas as épocas – “não muito diferente de lá” dos Estados Unidos.

Os outros, os milhões de pobres, remediados ou famintos são invisíveis ou, no máximo, sujam a paisagem.

Mas Aécio não teve como nem porque evoluir: afinal, neste mesmo ano já tinha um emprego para não aparecer, no Cade e, depois, no gabinete do pai, deputado da Arena.

Leia o texto, fantástico, de Paulo Moreira Leite:

Jovem Aécio: “eu nunca fiz minha própria cama”

Em fevereiro de 1977 o jovem Aécio da Cunha Neves talvez nem pensasse que um dia estaria na reta final para disputar a presidência da República mas viveu uma aventura curiosa fora do país.

Como tantos jovens brasileiros de sua condição social, naquele ano Aécio foi cumprir um programa de intercambio escolar nos Estados Unidos.

Certa vez, durante um momento de descanso,  Aécio visitava uma estação de esquí quando conheceu um rapaz de sua idade, Glenn, que o convidou a passar um fim de semana hospedado na casa de seus pais, o casal Pat e Roger Davis, em Middlebush, em Nova Jersey.

Ali, numa pequena comunidade que hoje possui 2000 habitantes, distribuidos em pouco mais de 800 casas, a presença de um jovem brasileiro logo se tornou motivo de atração. Com direito a foto e tudo, Aécio foi parar nas páginas do FranklinNews-Record, pequeno jornal da região, que na edição de 24 de feveiro de 1977 publicou uma pequena reportagem a seu respeito.

Descrevendo Aécio como um adolescente “igual a todos os outros”, o reporter Bob Bradis registrou seus conjuntos de rock prediletos: Led Zeppelin, The Who, Crosby, Stills, Nasch and Young e sublinhou que ele “realmente gosta de Bob Dylan.” O jornal fala dos programas de TV favoritos do rapaz: Kojak, série policial que fazia muito sucesso na época em torno de um detetive careca, e Waltons, sobre a vida de uma família da zona rural dos Estados Unidos, às voltas com os rigores da Grande Depressão da década de 30. Esportes favoritos? Futebol e volei. Demonstrando um interesse por automóveis bastante comum entre garotos de sua idade, ele contou ao Franklin News que a idade mínima para tirar carta de motorista no Brasil é 18 anos mas que não é incomum ver jovens dirigindo carros antes de chegar a essa idade.

Falou de automóveis americanos, como Ford e Chevrolet, mas também elogiou o Puma, um carro nacional, “muito confortável.”

Mas nem tudo era igual entre jovens norte-americanos e brasileiros — e isso não escapou a observação de Bob Bradis. No frescor dos 17 anos, Aécio expressou várias observações sobre a vida social brasileira.

Falando sobre a condição feminina no Brasil, Aécio disse, conforme o Franklin-News, que a vida das mulheres é fácil no Brasil. Segundo as palavras de Bob Bradis,  Aécio lhe disse que as mulheres brasileiras  não tem necessidade financeira de trabalhar, e podem passar a maior parte de seu tempo na praia ou fazendo compras. Era uma diferença importante em relação à sociedade norte-americana, onde, desde a Segunda Guerra Mundial, muitas mulheres saiam de casa para trabalhar e dividir despesas com o marido.

Falando da vida doméstica, Aécio disse: “todo mundo tem uma empregada ou duas; uma para cozinhar, outra para limpar.” Falando de sua rotina dentro de casa, no Brasil, assinalou outra novidade: “Eu nunca fiz minha própria cama.” Outra diferença, como se sabe.

Bob Bradis conta que Aécio lamentava, naquele fevereiro de 1977, que estivesse fora do Brasil por causa do carnaval. Há uma grande festa antes do início da Quaresma, disse Aécio. O jovem brasileiro contou como todos dançam nas ruas, comem, bebem até altas horas e então vão para casa dar um mergulho, para aí retornar para mais festas. “É a melhor época do ano.” Segundo o Franklin-News, Aécio disse ainda: “Essa é a única época em que a classe baixa e a classe alta se reunem.”

Perguntado sobre seu próprio futuro, Aécio disse que pretendia estudar engenharia mas falou que provavelmente acabaria entrando na vida política, como seu pai, que era deputado pela Arena, o partido de sustentação do regime militar, e seu avô, que era um dos principais líderes do MDB, partido da oposição civil.

Dois anos depois do fim de semana em Middlebush, Aécio Neves obteve um emprego na Câmara de Deputados. Foi contratado como assessor do próprio pai. A Câmara funcionava em Brasília, mas Aécio continuou morando no Rio de Janeiro. Cuidava da agenda do pai à distância, embora não houvesse internet naquele tempo. Mas não era um trabalho ilegal. A Câmara só passou a obrigar assessores parlamentares a atuar em Brasília a partir de 2010.

Mas, se pudesse refletir ao longo dos anos, o repórter Bob Bradis poderia avaliar o duradouro significado de uma frase em seu caderno de notas: “Eu nunca fiz minha própria cama.”

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

57 respostas

      1. E sacramentado em camisetas tipo aquela do “Ronaldo Fenômeno de Bestialidades” que ainda não é
        ( nem nunca será ) um “arrependido apagador de fotos” como o são outros coxinhas ditos ingênuos.

  1. Campanha da Fraternidade:”Conclamamos todos os Brasileiros de bom senso que não explorem a falta d’água em São Paulo para fins políticos demagógicos.Solicitamos sim,que enviem garrafas de água mineral,desodorantes,roupas usadas,baldes,para nossa Central de recolhimento emergencial da SABESP/Rua Conselheiro Saraiva, 519 – Santana-São Paulo, SP | CEP: 02037-021.”

    1. Valeu… Seria louvável que essa Campanha da Fraternidade também pregasse o fim da descriminação aos nordestinos já que voltamos em nossa maioria em Dilma. Agora é muito cômodo falar em não usar esse tema como arma política quando São Paulo prega essa descriminação. Quem sabe não nos como vemos com essa campanha, já que vivemos nossa vida toda com a realidade da seca e mostramos como sobreviver à isso. Mas cobrem principalmente do governo que vocês elegeram, já que eles insistem em dizer que não sabiam que esse caos poderia acontecer.

      1. A incompetência e a falta de investimentos em 20 anos de governança do PSDB em São Paulo, esta deixando Hoteis de Luxo, HOSPITAIS, milhares de residências sem água. Tudo isso acontecendo no estado mais rico da federação São Paulo. Relaxamento, descaso, desrespeito com a população e com o dinheiro público,
        A PRIVATARIA TUCANA deu nisso!!!!

  2. Abaixo uma incisiva matéria do Nassif, que sugiro como post para o Tijolaço.
    .
    .
    .
    A TRAGÉDIA PAULISTA DA FALTA DE GOVERNO
    .
    por Luis Nassif, em QUA, 22/10/2014 – 06:00, em http://www.jornalggn.com.br/noticia/a-tragedia-paulista-da-falta-de-governo
    .
    São Paulo tornou-se um buraco negro institucional. Praticamente todos os vícios que os grupos de mídia apontam no governo federal vicejam em São Paulo com muito maior intensidade, devido à falta de vigilância tanto da mídia quanto dos demais poderes.
    .
    Por aqui consolidaram-se vícios de estados atrasados.
    .
    Por exemplo, no Ministério Público Estadual, o cargo de Procurador Geral do Estado é um trampolim para uma futura secretaria de governo. Apesar da existência de procuradores aguerridos, há uma evidente subordinação do PGE ao grupo político que controla o Estado.
    .
    No caso dos grupos de mídia, a ideia fixa em se apresentar como condutora da oposição bloqueou a fiscalização de todos os atos de governo.
    .
    ***
    .
    É por isso que se chegou à iminência do maior crime já cometido contra a população de São Paulo, que será o racionamento desorganizado de água que se prenuncia.
    .
    A falta de água, especialmente em regiões menos assistidas, exporá a população a epidemias, aumento da mortalidade infantil. Se se chegar a esse ponto e as estatísticas apontarem essa letalidade, Alckmin, Mauro Arce, a Secretária Dilma Penna, o presidente da Sabesp estarão expostos a processos criminais, sim.
    .
    Quando foi depor na CPI da Assembleia Legislativa, Dilma Penna mostrou o desconforto com a situação, deixou claro que a irresponsabilidade vinha do governo do Estado, não dela. No dia seguinte, notas em jornais davam-na como demissionária por ter “perdido o comando”, sabe-se lá sobre o quê.
    .
    ***
    .
    Incúria ocorreu nos últimos anos, com o descaso da Sabesp em relação a um problema anunciado desde 2004. Mas nos últimos dois anos, a crise estava posta e a falta de ação enquadra-se em crime muito mais grave.
    .
    Por conta do período eleitoral, o médico Alckmin não cuidou de planejar um rodízio preventivo, responsável. Pensasse um pouco maior, aproveitaria o momento para ser o verdadeiro líder, que não foge do problema e comanda a reação contra o adversário: a falta de água. Em vez disso, fugiu da questão e de suas responsabilidades por mero oportunismo eleitoral.
    .
    ***
    .
    Nos últimos anos, São Paulo viveu a maior enchente da sua história. A razão foi a imprevidência do então governador José Serra, cortando verbas destinadas ao desassoreamento do Tietê. Essa razão básica foi sonegada dos paulistanos pela mídia.
    .
    Em nome da luta política maior, todos os demais problemas paulistanos foram varridos para baixo do tapete, o desmonte das universidades estaduais, dos institutos de pesquisa – Agronômico, Butantã -, das instituições de planejamento – Fundação Seade, Cepam, Emplasa -, do Museu do Ipiranga, do Instituto Butantã, da Fundação Padre Anchieta, o aparelhamento da estrutura cultural.
    .
    ***
    .
    Além disso, o discurso viciado, preconceituoso e agressivo da mídia modelou o personagem médio mais execrável do cenário político brasileiro: o cidadão que tirou o preconceito do armário e invadiu as ruas armado da agressividade mais inaudita.
    .
    São Paulo não é isso.
    .
    Esse exército de zumbis floresce em uma sociedade organizada, com movimentos sociais de vulto, vida cultural dinâmica, uma parte da elite moderna, de ONGs que fazem trabalhos exemplares, algumas cabeças empresariais arejadas.
    .
    Esse circo de horrores foi modelado por uma mídia que perdeu qualquer noção de responsabilidade.

  3. Aécio está dizendo que está sofrendo ataques, Será? O que esta sendo apresentado são revelações. Ninguem sabia que ele tinha construido aeroporto na fazenda do tio e que a chave ficava em seu poder. Ninguem sabia do aeroporto na cidade de Montezuma, Norte de Minas, onde ele herdou uma fazenda, cidade esta de 6.000 habitantes que não tem acesso por estrada asfaltada. Niguem sabia que tinha, cargo de assessor no gabinete de seu Pai, deputado feferal em Brasilia, aos 19 anos de idade e morava no Rio de Janeiro. Ninguem sabia que foi nomeado diretor da Caixa Economica Federal, aos 25 anos, quando seu primo era ministro da fazenda.Ninguem sabia do termo de ajustamento do Tribunal de Contas de Minas quanto aos gastos de saúde e educação do seu governo. Ninguem sabia que um conselheiro daquele Tribunal tinha escrito: é duro engolir que vacina para cavalo seja contabilizada como gasto com a saude. E assim por diante. Não se trata de ataques. São revelações que antes não vinham à tona porque suas disputas eleitorais ficavam restritas ao espaço paroquial controlado de Minas.Agora em nivel nacional os brasileiros tem o direto de saber sobre quem vão escolher para dirigir o País. O candidato da praia do Leblon é bom de lábia, mas o povo sabe que a escolha é muito importante e não pode vacilar. Dilma 13.

  4. As pessoas não sabem por que estão votando no Aérciooooo ? eu sei. Porque a mídia pertence aos tucas. Excetos estes blogs sujos, maravilhosos.

    1. Eu admiro tanto esse cara…
      Eu estudava Sociologia na FESPSP e em algumas aulas ele frequentava como aluno, sentava sempre ao meu lado. Lembro-me de ter emprestado uma caneta a ele.
      Eu não o conhecia e hoje em dia eu penso que se o conhecesse eu o importunaria tanto… Leio os textos dele e penso: Não acredito que esse cara sentava ao meu lado na faculdade.

      Acontece… rsrs

  5. Meu Deus que coisa linda! É o nordeste pernambucano cantando e pulando por um Projeto de Brasil, que a maioria de sua gente, quer ver RE-AFIRMADO. É 1, é 3, Dilma outra vez. Abri meu peito, chorei de alegria e lavei a alma. Aécio entende não o povão, por fala nos ESTADOS DES—UNIDOS, entre outras coisas, “…que mulher no Brasil não trabalha… o povo só se mistura no carnaval… nunca fiz uma cama…” Aécio Pernambuco e o Brasil está dizendo, como sua terra natal,Minas Gerais, que lhe deu BASTA DE VOTOS que não lhe querem como PRESIDENTE. AÉCIO você é desocupado, um vagabundo, não nos conhece, mas vive e é rico com a grana que vem do suor do nosso trabalho. `Como dizia o poeta Thiago de Mello e a cantora Nara Leão, “ Faz escuro, mas eu canto por que amanhã/vai chegar./Vem ver comigo companheiro, vai ser lindo, a cor do/mundo mudar./Vale a pena não dormir para esperar,/porque amanhã vai chegar./Já é madrugada vem o sol quero alegria./Que é para esquecer o que eu sofria./Quem sofre fica acordado defendendo o/coração./ vem comigo multidão, trabalhar pela/alegria./Que amanhã é outro dia, que amanhã é outro dia”.

  6. Coisa “normal” de moleque rico, oras. “Todo mundo” dele quer dizer “nós”. O resto nao está incluído no mundo, é resto mesmo. Todo mundo tem duas empregadas, com exceção das empregadas. O problema não apenas que o moleque pense assim. O problema é que pensam assim aqueles que um certo ex-socióloo chama de “informados”. No fundo… ele também pensa assim.

  7. Aécio mostra os canais de transposição das águas do São Francisco que ainda estão em construção para criticar o governo Dilma, sem falar que os moradores da região estão amparados pelos programas de governo como o bolsa família, as cisternas, a luz para todos, o minha casa minha vida, as farmácias populares e os mais médicos e esconde o que está acontecendo nos governos do PSDB de MG e SP, onde todas as cidades alimentadas pela Copasa e pela Sabesp, estão em plena falta dágua. Falta água em todo o Estado de São Paulo e na maior parte do Estado de Minas, como Montes Claros, Lavras, Juiz de Fora, Extrema, etc., é só conferir. Outra mentira do Aécio é com relação aos obras de ferrovia, cujo trecho até Goias já está concluído e ele, demagogicamente, apresenta um novo trecho que está em construção, para criticar a obra. Aliás, ele só faz críticas, sem apresentar nenhum projeto concreto. Ele que construiu um novo palácio de governo em Belo Horizonte, e seus engenheiros se esqueceram de projetar as redes de esgoto. É este o fanfarrão que pretende ser presidente do Brasil.

  8. 2/10-Movimento pró-Aécio quer reavivar manifestações de junhoUm movimento de apoio ao candidato Aécio Neves tenta, nesta quarta-feira, reavivar o sentimento das manifestações de junho de 2013 para estimular o apoio ao tucano. Segundo o PSDB, trata-se de um movimento suprapartidário e sem uma organização central. “A organização é difusa”, disse um assessor da campanha. A mobilização, assim como as manifestações do ano passado, está sendo feita principalmente pelas redes sociais. A página do evento no Facebook conta 235 mil convidados e 14 mil confirmações. No Twitter, o engajamento é feito pela hashtag #VemPraRuadia22, que tinha há pouco cerca de 300 menções. Há atos previstos em várias cidades, mas com destaque para concentrações em São Paulo, no Largo da Batata; Brasília, na Esplanada dos Ministérios; Rio de Janeiro, na praia de Copacabana; Recife, no Marco Zero; Belo Horizonte, na Praça da Estação; Teresina, na Av. Dom Severino com Homero Castelo Branco; Fortaleza, no Espigão Beira-Mar e Ribeirão Preto, na Praça Fiúsa. Aécio gravou vídeos que foram enviados pelo WhatsApp. Ele deve participar do ato em Belo Horizonte. Outros tucanos também gravaram chamando para os eventos, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o coordenador de campanha, vereador Andrea Matarazzo. A página do Facebook também traz participações em vídeo de famosos conclamando a participação, como Juca Chaves, Fafá de Belém e Sandra de Sá. Além do nome “Vem pra Rua” em alusão às manifestações de junho, os locais escolhidos tentam recriar a atmosfera dos protestos que levaram à queda mais expressiva da popularidade de Dilma Rousseff (PT) ao longo de sua gestão. Entre os locais mais simbólicos estão o Largo da Batata, na capital paulista, e a Esplanada dos Ministérios, na capital federal. As postagens fazem referências ao sentimento de indignação e trazem menções como do gigante levantando, que foi também um símbolo de junho de 2013. “Nesta quarta-feira, a partir das 19h, o Brasil inteiro vai estar mobilizado pela mudança”, diz Aécio em um dos vídeos. “Sou neto de nordestino, tenho orgulho disso. Nós aqui de São Paulo precisamos estar juntos com vocês todos, nós todos juntos em indignação contra essa podridão que está havendo no Brasil. É hora de protestar, votarmos juntos em Aécio 45”, diz Fernando Henrique em uma das gravações. Em outro vídeo, o ex-presidente chama para união de diferentes classes sociais, repetindo a mensagem de “indignação”: “Todos queremos mostrar agora indignação. O que está acontecendo no Brasil não dá mais para suportar. Temos que ser firmes, temos que ter coragem. Dia 22, às 19h, todos nós, juntos, ricos, pobres, classe média, tudo junto em favor do Brasil”. Ronaldo Um dos coordenadores da campanha de Aécio Neves, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, disse que o ato de hoje à noite no Largo da Batata, em São Paulo, “é um movimento cívico em defesa do Brasil” e deve reunir, além de militantes e simpatizantes da campanha tucana, artistas e jogadores. “O Ronaldo fenômeno acaba de me ligar e disse que vai estar presente”, relatou Paulinho ao Broadcast Político. O senador suplente de José Serra, José Aníbal, que também está na coordenação dos eventos da campanha tucana nos dias que antecedem o segundo turno, afirmou que a expectativa é reunir milhares de pessoas. Além do evento da noite, Aníbal afirmou que outros estão sendo realizados durante todo o dia na capital, como o bandeiraço na Praça do Forró, na zona leste, e o evento de mulheres tucanas em várias cidades do País. Organizado pela presidente nacional do PSDB Mulher, Solange Jurema, os atos devem se contrapor às críticas feitas pela campanha petista de que Aécio não trata bem as mulheres. Segundo Solange, nesta quarta-feira, as mulheres que apoiam a candidatura do presidenciável tucano devem sair às ruas vestindo as cores da bandeira nacional, em atos que terão a participação da população com sugestões para a mudança do Brasil. Em São Paulo, os eventos acontecem em 20 cidades. Na capital, o encontro será em frente à Secretaria de Educação do Estado, na Praça da República, no início da tarde. Apesar do engajamento virtual, FHC pode não comparecer ao evento. Sua assessoria disse que a participação ainda não está confirmada por motivo de agenda. Outros tucanos que têm participado da campanha, o governador reeleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador eleito no Estado, José Serra, também não confirmaram participação

    1. As duas pessoas que conheço que vão votar no Aecio não poderão comparecer por motivos de: não andam à pé por aí. Podia fazer um drive-thru pro pessoal protestar, sei lá.

      1. Capaz dos coxinhas de belo horizonte ir protestar na praça da estação, marcou no lugar errado, deveria ser na praça da savassi, praça do papa ou na praça da liberdade…. que isso aécio, tanto tempo fora de Bh que não sabe onde os burgueses se reúnem…..rs

  9. Estimado Fernando Brito, obrigado pelo grande esforço que você tem dedicado à tarefa de desmontar as tramoias de “nossa” máfia midiática. Seu trabalho tem sido muito valioso. Só queria fazer um pequeno pedido sobre algo que talvez não tenha tanta importância, mas que me incomoda: deixe de empregar o termo “americano/a” para fazer referência ao que for relacionado aos Estados Unidos. Em toda a América Latina, alcançou-se um consenso entre os linguistas não subordinados ao império que o termo apropriado para fazer referência ao que está vinculado a eles é “estadunidense” (em português) ou “estadounidense” (em espanhol). É pouca coisa, mas não deveríamos deixar que os gringos detenham para si o emprego de um adjetivo que pouco tem a ver com eles. Os americanos somos nós, os povos da América, do Rio Bravo à Patagônia. Obrigado novamente por seu enorme esforço em favor do povo trabalhador.

  10. Aécio sempre esteve “deitado em berço esplêndido”. Não aprendeu o que a vida, a vida do povo, de luta diária. Como um homem que não sabe das dificuldades do povo pode dizer que vai governar para ele?

  11. Isso é que é o verdadeiro aparelhamento do Estado. Bolsa família modelo Louis Vuitton. O rapaz nunca viveu de brisa, mas do dinheiro público. A vida inteira. A massa cinzenta, no entanto, já era, desde adolescente, genuíno pastel. Pastel de vento.

  12. Agora mais gente deve entender porquê chamam Aécio de “playboy”. É porquê ele foi mesmo um (e talvez ainda seja), que tipo de pessoa diria essa besteira de que todo mundo tinha empregada doméstica? Só quem vivia em uma “redoma” aonde tudo era flores, desligada da realidade. E como podemos aceitar como presidente alguém desligado da realidade, alguém que terá que governar para TODOS os brasileiros ao invés de uma meia dúzia de privilegiados?

  13. Fernando, mandei um vídeo do meu bisavô defendendo o voto dele na Dilma, para o Miguel do O Cafezinho. Tentei mandar pra você, mas não consegui ver o seu e-mail pra entrar em contato contigo. Você precisa ver meu bisavô de 97 anos defendendo o voto dele na presidente.

  14. Imagine se esse texto tivesse sido descoberto há umas duas semanas atrás. O povo o iria humilhar dia 26. Claro, só a elite como a dele lhe daria voto. Pois, graças a Deus, o Brasil já tem uma elite com outra cabeça.
    É terrível isso. O rapaz foi criado igual ao Buda, ao que se v: numa bolha. A diferença é que Buda quando viu a realidade que sua família escondia dele, se revoltou e foi ver tudo de perto, viveu a realidade. Muito diferente desse mocinho, que Lula acertou: filhinho de papai.

    1. Em SP a única podridão são os banheiros que estão fechados por falta d’agua. O problema é saber como vão se lavar os fascistas após o movimento, ou fascista não toma banho?

  15. “BATEU CONTINÊNCIA” (sic) NO DESESPERO DA DIREITONA!

    … Os FASCIGOLPISTAS estão em polvorosa, e roubando, gritam: “Pega o ladrão! Pega o ladrão, pelo amor de Deus!”

    O Deus, aí, é o da ex Marina [Silva?! Companheira?! Sustentável?! Confiável?! Natura?!… Crente?!… Das elites?!…]! ENTENDA

    ###############

    FHC E AÉCIO CONVOCAM ATOS CONTRA “PODRIDÃO” NO PAÍS

    Após a inversão de posições na corrida presidencial, lideranças do PSDB tentam realizar atos em diversas capitais para tentar resgatar o espírito das “jornadas de junho”; a poucos dias do segundo turno, convocação promete radicalizar os ânimos do País; “Sou neto de nordestino, tenho orgulho disso. Nós aqui de São Paulo precisamos estar juntos com vocês todos, nós todos juntos em indignação contra essa podridão que está havendo no Brasil”, diz o ex-presidente FHC num dos vídeos; “Nesta quarta-feira, a partir das 19h, o Brasil inteiro vai estar mobilizado pela mudança”, afirma Aécio; com o Brasil dividido, tucanos vão à guerra, enquanto Dilma adota a linha “paz e amor”

    22 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 15:16

    (…)

    FONTE: http://www.brasil247.com/pt/247/poder/157897/FHC-e-A%C3%A9cio-convocam-atos-contra-%E2%80%9Cpodrid%C3%A3o%E2%80%9D-no-Pa%C3%ADs.htm

    1. Nada me tira da cabeça que estas manifestações de junho formam infladas pelo Pig, até por que não refletiram nas urnas, nem nos votos dos mais jovens….
      O povo vai ver a bandeira do PSDB na rua, chegando em casa tarde do trabalho e sem agua, vai ajudar muito o aéciotédio….

  16. Ele ser um jovem vazio é deplorável, mas infinitamente pior é ser um adulto talvez mais vazio que aquele jovenzinho que pouco conhecia além de seu feudo.

    Como bem acentua o Sertanejo/PE – sempre foi um parasita !

  17. Por que não há censura numa mensagem, que estão passando nos intervalos dos programa da Net onde, uma figura parecendo a Dlma, com uma voz estranha, elogiando o aeroecio. No final a mensagem é: Até dilma fala bem do aeroecio…
    Que propaganda é essa. Já está rolando há vários dias.
    DILMA 13 VITORIOSA!!!!!!!!!!!

  18. Talvez eu devesse ser enforcado. Li 5 livros do FHC. Eles estavam na biblioteca do Centro Acadêmico, vez ou outra eu cansava dos livros técnicos e no intervalo entre um Lênin e outro Mao, lia FHC. Deplorável! E tudo não valeu a pena, porque a alma dele é muito pequena.

  19. Quem são os gringos que conspiram contra a reeleição da Presidenta Dilma:

    “Os principais agentes da conspiração contra a presidenta Dilma são funcionários da embaixada e de consulados dos EUA no Brasil: Alexis Ludwig (conselheiro político), Paloma Gonzalez (funcionária da seção econômica), Samantha Carl-Yoder (Chefe da Seção Econ/Pol.), Kathryn Hoffman (secretária política, Consulado Geral dos EUA em São Paulo) e Amy Radetsky (Cônsul Chefe para Assuntos Políticos e Econômicos, Consulado Geral dos EUA no Rio de Janeiro).

    (http://redecastorphoto.blogspot.com.br)

  20. Só agora o Príncipe da Sociologia descobriu que tem avô nordestino. O pé na cozinha já foi conversa antiga. Eu digo: VÁ SE CATAR!

  21. Vai esta cheio de gente, no mineirão no jogo do cruzeiro, no itaquera no jogo do corinthians e maraca no jogo do flamengo….. rs

  22. Surge um novo “COLLOR”!!!!
    “Em um dos discursos mais exaltados da campanha até agora, o presidenciável Aécio Neves (PSDB) declarou nesta terça-feira (21) que irá “libertar o país do PT”, e que “não tem medo” dos adversários.

    “Quero dizer a todos os brasileiros: comigo, não. Eu não tenho medo do PT. Vou vencer o PT”, bradava, com voz rouca e sob aplausos e gritos de cerca de 2.000 pessoas, que agitavam bandeiras a cada crítica ao partido.

    “Vou libertar o país desse partido político que tomou conta do Brasil e esqueceu dos brasileiros.”

    O comício foi numa associação em Campo Grande, com a participação do candidato tucano ao governo de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, eleitores e militância paga.

    No meio do comício, Aécio tomou alguns goles de tereré, um mate gelado típico de Mato Grosso do Sul, oferecido por um militante em frente ao palco. Ao final, disse: “bom”. O público aplaudiu efusivamente.

    Aécio disse que vai “refundar a Federação do Brasil”. “Vou vencer as eleições e vou tirar o PT do governo federal”, afirmou.

    O candidato ainda pediu que os militantes sejam a sua “voz rouca para dizer: basta de PT” . “Sejam a minha coragem, a minha determinação.”

  23. Você que se selfie-se

    Eu sei. Eu sei. Ninguém perguntou em quem eu vou votar. Acho curiosa a reclamação de muitos amigos virtuais quando se trata de manifestação sobre as eleições. Postar foto do rango do almoço pode. Foto com a roupinha nova pra ir pra balada pode. A frase bonitinha do filhinho pequeno, por mais boba que seja, reproduzindo o que o papai e mamãe ensinaram? Pode, é tão fofo! Postar aquelas mensagens de autoajuda que mostram uma expectativa de que as coisas melhorem mesmo diante da prostração, também é magnífico. Foto com os amigos na praia? No boteco? Sem dúvidas. Foto no espelho do banheiro fazendo beicinho da Gisele? Com certeza. Por outro lado, vi gente reclamando que por aqui não é lugar pra discutir política.
    Desculpa aí, mas eu vou lhes contar aqui o porquê do meu voto, pois acho que é mais importante do que o selfie que eu acabei de fazer (viram que fofo?). Aliás, esse texto pelo jeito vai ficar um pouco longo e tenho certeza que os que só estão acostumados a curtir as fotos no face já devem ter desistido no primeiro parágrafo.
    Acredito que a maioria de vocês, amigos, vive hoje uma realidade melhor do que na década de 90, com perspectivas profissionais, emprego, renda, possibilidade de fazer um curso superior, entre tantas outras coisas. Sei que, apesar desses avanços, temos ainda uma série de problemas para resolver e, infelizmente, muitas concessões foram feitas pelo atual governo a grupos reacionários e representantes das velhas oligarquias que mamam nas tetas do governo desde o “achamento” do Brasil. Concessões feitas em prol de uma tal de “governabilidade”.
    Mas apesar de, às vezes, confundirem a nossa cabeça, as duas propostas que estamos para escolher no próximo domingo são muito distintas. Creio que quem fala em mudança espera o melhor. Ou é coerente mudar para algo que seja pior?
    Fica muito claro (e nem precisava citar isso porque as pessoas sentem essas mudanças em suas próprias vidas) que os últimos 12 anos foram de avanço para o Brasil, principalmente no aspecto social e na mudança do eixo da nossa economia, passando por um aspecto muito positivo no mercado internacional, ao contrário do que dizem os urubólogos do campo econômico.
    Os BRICS, por exemplo, estão mostrando que é possível termos uma economia sólida sem depender exclusivamente dos ditames dos velhos mandatários da economia internacional. E isso incomoda muita gente, a começar pelos bancos, as grandes potências, as multinacionais, passando pela grande mídia comandada por esses mesmos grupos econômicos.
    Dito isso, não quero mudar pra pior. O negócio é bola pra frente.
    Meu voto é Dilma 13!
    Victor Miranda.

  24. Pessoal, para quem quiser procurar:Aécio esteve em Moscou, no início dos anos 80, representando o Brasil nos Jogos da Juventude, ou coisa parecida. Era uma mamata para os filinhos de papai passearem com grana pública. É só procurar…

  25. Atriz Tássia Camargo postou mais uma grave denúncia contra o Senador Aécio Neves em seu facebook. Leia abaixo o trecho retirado da linha do tempo de Tássia:
    ” Amigos como sou produtora e documentarista gosto de averiguar muitas coisas, principalmente as erradas.
    Depois de ter conversado, via telefone, ontem com o senhor Lucas Gomes Arcanjo resolvi olhar mais atentamente a pagina do mesmo no facebook.
    Encontrei abaixo de um vídeo que o próprio postou uma descrição onde encontrei o número do RED (B.O) que é o nº 2010-1170331-001.
    Passei o meu dia averiguando e não importa onde, mas achei o que queria.
    O próprio documento com graves denuncias sobre Aécio Neves.
    Aqui deixo registrado o documento que tem 4 páginas. Todas são importantes, mas prestem atenção na página 3. Nela diz que foi encontrada OSSADA HUMANA. Vejam o documento e saibam onde foi encontrada a ossada humana.
    Obrigada a todos pela atenção.
    Tássia Camargo. “
    Link: http://pocos10.com.br/?p=14490

  26. Fernando Brito. Isto mostra como o Brasil mudou. Como mudou a mentalidade do brasileiro, como as mulheres foram mais valorizadas. Mudou porque existem mais opções, além de serem empregadas domésticas, semi-escravas. Mudou porque a classe D foi para C a C para B a B para A. E a A se morde de raiva, mesmo enriquecendo, perdeu o glamour. Banqueiros enriqueceram, mas perderam o PODER. É isso que eles querem de volta. Que ninguém ande de bermuda nos sagrados salões dos aeroportos, que banqueiros e poderosos voltem a governar o país, de fato, como já aconteceu. FHC, antes de ser candidato, veio ao Rio, pedir licença a Roberto Marinho. Ele deixou. FHC traiu a quase todos. Nunca aos poderosos. Até o seu orientador e mentor, Florestan Fernandes. Quando Florestan morreu, nem um pio. Quando o filho do ACM morreu, foi chorar ao lado do caixão. Chorou mais por ele do que por Dona Ruth. A quem ele, aliás, traiu também.

  27. Numa frase:

    Aécio é medíocre!

    Como todos dessa elite de MG que eu conheço bem. Não tem cultura, não lê, não tem conteúdo, e quando o problema esquenta chama a irmã pra resolver, num típico ataque filhinho de papai (Mamãe ele me bateu! Buaaaa!).

  28. essa noticia é tão verdadeira que foi ser veiculada bem no “tijolaço”…
    até fiquei mais pobre dps dessa.

  29. Esta notícia sobre o Ah, é sim, apareceu há muito tempo. Pena que as pessoas não prestem atenção e são muito incultas. Esse sujeito jamais teria chegado até onde chegou se houvesse um mínimo de conhecimento sobre a vida pregressa dele. Mas, até no stf (minúsculo, mesmo) tem gente que coloca ele em “notável carreira” …, pai de família … e outras baboseiras que muitos tontos e midiotas acreditam.

  30. Esse energúmeno nunca trabalhou; sempre viveu nababescamente sugando nosso erário, pois desde a juventude, antes de se tornar o corrupto político que é, morando no Rio de Janeiro, já mamava em ricas sinecuras concedidas por seu avô Tancredo, ocupando cargos públicos de Brasília; sempre se considerou um privilegiado sinhozinho, a quem os otários da senzala deviam sustentar com o suor de seus trabalhos.
    Esse artigo de 1.977, grampeado pelo jornalista Paulo Moreira Leite, mostra a cara de um de nossos mais corruptos políticos em sua inutil juventude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *