Ao vivo, o ato de Lula no Sindicato do Metalúrgicos do ABC

Programado para as 14 horas, o discurso do ex-presidente Lula já atrai uma multidão ao Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, de onde, há 581 dias, para a prisão de Curitiba.

Ontem, o tom era mesmo o de gratidão aos militantes que o apoiaram durante todo esta longa vigília.

Hoje, é dia de falar para a frente, das lutas que precisam ser travadas e como devem ser travadas.

Acompanhe, em transmissão da TVT, que já começou, toda a força e simbolismo deste ato.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

4 respostas

  1. SEM PAZ E AMOR,ISSO NOS LEVOU AO BURACO,ESTAMOS TRATANDO COM O QUE EXISTE DE PIOR NA HUMANIDADE.

  2. SEM PAZ E AMOR,ISSO NOS LEVOU AO BURACO,ESTAMOS TRATANDO COM O QUE EXISTE DE PIOR NA HUMANIDADE.

  3. Hoje cantemos, amanhã lutemos

    Amanhã vai ser outro día
    Amanhã vai ser outro día
    Amanhã vai ser outro día
    Hoje você é quem manda
    Falou, tá falado
    Não tem discussão, não
    A minha gente hoje anda
    Falando de lado e olhando pro chão
    Viu?
    Você que inventou esse Estado
    Inventou de inventar
    Toda escuridão
    Você que inventou o pecado
    Esqueceu-se de inventar o perdão
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Eu pergunto a você onde vai se esconder
    Da enorme euforia?
    Como vai proibir
    Quando o galo insistir em cantar?
    Água nova brotando
    E a gente se amando sem parar
    Quando chegar o momento
    Esse meu sofrimento
    Vou cobrar com juros. Juro!
    Todo esse amor reprimido
    Esse grito contido
    Esse samba no escuro
    Você que inventou a tristeza
    Ora tenha a fineza
    De “desinventar”
    Você vai pagar, e é dobrado
    Cada lágrima rolada
    Nesse meu penar
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Ainda pago pra ver
    O jardim florescer
    Qual você não queria
    Você vai se amargar
    Vendo o dia raiar
    Sem lhe pedir licença
    E eu vou morrer de rir
    E esse dia há de vir
    antes do que você pensa
    Apesar de você
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai ter que ver
    A manhã renascer
    E esbanjar poesia
    Como vai se explicar
    Vendo o céu clarear, de repente
    Impunemente?
    Como vai abafar
    Nosso coro a cantar
    Na sua frente
    Apesar de você
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai se dar mal, etc e tal
    La, laiá, la laiá, la laiá…
    Traducir al español
    Amanhã vai ser outro día
    Amanhã vai ser outro día
    Amanhã vai ser outro día
    Hoje você é quem manda
    Falou, tá falado
    Não tem discussão, não
    A minha gente hoje anda
    Falando de lado e olhando pro chão
    Viu?
    Você que inventou esse Estado
    Inventou de inventar
    Toda escuridão
    Você que inventou o pecado
    Esqueceu-se de inventar o perdão
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Eu pergunto a você onde vai se esconder
    Da enorme euforia?
    Como vai proibir
    Quando o galo insistir em cantar?
    Água nova brotando
    E a gente se amando sem parar
    Quando chegar o momento
    Esse meu sofrimento
    Vou cobrar com juros. Juro!
    Todo esse amor reprimido
    Esse grito contido
    Esse samba no escuro
    Você que inventou a tristeza
    Ora tenha a fineza
    De “desinventar”
    Você vai pagar, e é dobrado
    Cada lágrima rolada
    Nesse meu penar
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Ainda pago pra ver
    O jardim florescer
    Qual você não queria
    Você vai se amargar
    Vendo o dia raiar
    Sem lhe pedir licença
    E eu vou morrer de rir
    E esse dia há de vir
    antes do que você pensa
    Apesar de você
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai ter que ver
    A manhã renascer
    E esbanjar poesia
    Como vai se explicar
    Vendo o céu clarear, de repente
    Impunemente?
    Como vai abafar
    Nosso coro a cantar
    Na sua frente
    Apesar de você
    Apesar de você
    Amanhã há de ser outro dia
    Você vai se dar mal, etc e tal
    La, laiá, la laiá, la la…

    No novo tempo
    Apesar dos castigos
    Estamos crescidos
    Estamos atentos
    Estamos mais vivos
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    No novo tempo
    Apesar dos perigos
    Da força mais bruta
    Da noite que assusta
    Estamos na luta
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver
    Pra que nossa esperança
    Seja mais que vingança
    Seja sempre um caminho
    Que se deixa de herança
    No novo tempo
    Apesar dos castigos
    De toda fadiga
    De toda injustiça
    Estamos na briga
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    No novo tempo
    Apesar dos perigos
    De todos os pecados
    De todos enganos
    Estamos marcados
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver
    Pra que nossa esperança
    Seja mais que vingança
    Seja sempre um caminho
    Que se deixa de herança
    No novo tempo
    Apesar dos castigos
    Estamos em cena
    Estamos na rua
    Quebrando as algemas
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    Pra nos socorrer
    No novo tempo
    Apesar dos perigos
    A gente se encontra
    Cantando na praça
    Fazendo pirraça
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver
    Pra sobreviver

  4. Lula tem que receber o Jean Wyllys no aeroporto e fazer uma caravana com ele. Jean é uma das grandes vítimas do governo miliciano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.