Armas, armas, armas aos milhões

Na edição de hoje, O Globo publica um levantamento importante feito pelos repórteres Natalia Portinari, Gustavo Maia, Jussara Soares, Marco Grillo, Marlen Couto e Bernardo Mello, comparando o número de portes de arma existente hoje no país e o número em potencial que eles podem alcançar com a liberação feita ontem pelo presidente da República.

São, hoje, 36.702 autorizações para portar armas, segundo a Polícia Federal, que as expede.

Se todos os que passam a ter direito a carregar armas de fogo – e agora de grosso calibre – a quantidade, em tese, chegaria a 21 milhões de pessoas.

572 vezes mais.

Claro que não chegará a este ponto, até porque a maioria das pessoas que vive em área rural não tem dinheiro para comprar uma arma.

Ainda assim, vamos multiplicar por 100 ou 200 vezes o número de armas sendo carregadas – e bem carregadas de balas –  nas ruas e estradas brasileiras.

Saõ 65,1 mil políticos com mandato, 900 mil caminhoneiros autônomos e mais de um milhão de advogados, com mais 255 mil caçadores e colecionadores, para os quais, em tese, se dirigia originalmente. E mais 18, 6 milhões de habitantes de áreas rurais,  segundo o decreto presidencial, poderia andar com um revólver, uma pistola ou uma carabina por onde quisessem.

Mas quem está ligando que sejam mais algumas centenas ou milhares de vidas perdidas com este arsenal todo, ainda mais com cada um tendo direito a comprar  14 balas por dia para “brincar”?

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

25 respostas

  1. Pelos portos, pelos aeroportos, pelas fronteiras, de veleiros, de iates, de helicópteros, chegarão armas de todos os tipos e calibres. Só que nenhuma delas será vendida a nenhum cidadão sério e cumpridor, seja ele caminhoneiro ou jornalista. Pobre Brasil.

  2. Quanto US$ a indústria de armas investiu na campanha? Além disso, é óbvio que o objetivo é facilitar que milicianos se armem e portem armas pelas ruas. Diplomas de jornalistas, “certificados” de que o sujeito é caminhoneiro, inscrições em clubes de tiro, registros em sociedades de caçadores, etc servirão como pretexto para que milicianos portem armas. Ou o exército faz alguma coisa agora, ou o exército será subjugado pelas milícias junto com o resto dos brazileiros. Foi nisto que deu obrigar gente burra a tirar título de eleitor e votar.

  3. Talvez o Guedes lance uma linha de crédito para os habitantes rurais e caminhoneiros autonômos comprarem armas.

    Será o “Credi-bang-bang”.

      1. E essa turma do Boçal, assim como o Witzel (do Rio) têm escrúpulos? São capazes de bombardear os caminhões parados, em represália.

  4. Além do que o primeiro decreto dizia que cada pessoa poderia possuir mais de uma arma . Uma família um arsenal , briga de vizinho vai virar tiro ao alvo .

  5. Que tipo de pessoa combate os problemas do país distribuindo armas? Como alguém em sã consciência votou numa pessoa como Bolsonaro? Cada dia uma notícia pior sobre o governo. Tenho até medo de imaginar qual vai ser o próximo decreto do presidente.

  6. Sobre o malfadado decreto de porte de armas, digo que, nos termos do artigo 227 da CF, é dever da família, da sociedade e do Estado colocar as crianças, os adolescentes e os jovens a salvo de toda forma de NEGLIGÊNCIA.

  7. Frustrado ser obrigado a sair do exército, o Bozo, está criando um exército para ser o comandante. Ou é um plano para criar paramilitares, à la Uribe.

    1. Exato. O embrião dos camisas-pardas que serão úteis para eliminar fisicamente os opositores e acuar os indiferentes à base de violência social. Caminhamos rapidamente para uma situação histórica que o Brasil nunca vivera até agora, mas não há sorte que sempre dure. Desta vez a extrema-direita fascistoide não é mais composta por meia-dúzia de galinhas verdes, na maior parte desarmados, mas por fanatizados adeptos da truculência em todas as suas formas. E bem armados e treinados (“os profissionais da violência somos nós”). Um céu escarlate paira sobre nossas cabeças…

  8. Assassinos,franco atiradores e terroristas virão fazer turismo no maior Paraíso dos Degenerados, em que se tornou o Brasil ,como a primeira IDIOCRACIA devidamente registrada na OMPI (Organização Mundial dos Paises Idiotizados).
    O Anticristo está aqui. ……. ALELUYA ou AYULEAL !!!!

  9. Essa medida me surpreende. Sempre achei que, esse negócio de arminha, era apenas populismo de campanha. Não entendo como as forças armadas estão permitindo isso. Ainda acho que é blefe, que essa medida cairá logo. Mas fiquei cismado depois dessa.

    1. Ele governa para os milicianos, de forma específica, e para o crime organizado, de forma generalizada.
      Todo esse pessoal tem ou pode facilmente se enquadrar em alguma profissão para a qual o porte de armas é liberado.
      Não se trata de populismo, mas de efetivamente entregar o Brasil para o crime organizado.
      Se as Forças Armadas vão fazer alguma coisa para impedir, isso é o que veremos. Em breve.

  10. Olhaí, Brito, seu título me inspirou.
    E Castro Alves que me perdoe…

    Oh! Maldito o que semeia
    Armas… armas à mão cheia…
    E manda o povo matar!
    A arma, com ou sem calma
    É verme — em corpo sem alma,
    É choro— que vira mar.

  11. É clara a intensão de banalizar o porte de armas e LEGALIZAR as milícias que são a BASE do chamado BOLSONARISMO, isto é do fascismo brasileiro.

  12. Depois de tudo que eu vi e vivi nos meus 65 anos, inclusive o que fizeram com o Brizola, agora não tenho mais esperança em coisa nenhuma, desisti desse país.

  13. O comércio paralelo de armas de fogo vai bombar. Todos vão comprar uma arma ilegal e, de preferência, com numeração raspada para colocar nas mãos do morto e alegar legítima defesa. Vai ser uma festa fúnebre.

  14. eu achava bom a turma do MST providenciar um bom arsenal pra se defender, eles serão atacados sem dó

  15. Problema nenhum. Quem vai comprar armas e munição são só os que já tem instinto/índole/coração de assassino.
    São bem menos que 21 milhões.

  16. O que esperar desses canibais?
    A oferta de emprego cada dia menor, a educação recebendo cada vez menos investimentos, escolas sucateadas, saúde em estado lastimável e o inseto liberando porte de arma.
    Esse é o Brasil rumo ao fundo do poço!!!
    Melhor educação? Que bobagem!!! Oferta de emprego? Magina!!!! Os bozomaniacos têm um presidente que se elegeu apresentando uma única proposta, e cumpriu!!!
    Os bolsominions felizes já podem adquirir seus ” trabucos” e seguir a vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *