Carlos Bolsonaro desmente Bebbiano: “é mentira que meu pai conversou com ele”


Os intestinos do bolsonarismo continuam convulsos.

A encrenca com o surgimento das candidatas laranja (a segunda, Érica Santos, revelada aqui no domingo, é personagem de matéria da Folha, hoje) teria abalado as relações entre o presidente e seu ministro-chefe da Secretaria de Governo, Gustavo Bebbiano.

Bebbiano, até pouco tempo um outsider, aproximou-se de Jair há pouco mais de um ano, levando uma penca de personagens da elite endinheiradas – ou que se faz parecer ser – do Rio de Janeiro, a começar do empresário-socialite Paulo Marinho. Mostrou-se um operador de arranjos, como o que alugou o PSL para ser a legenda hospedeira do presidenciável.

Luciano Bivar, até então “dono” do partido cobrou, cash, as maiores transferências e recursos do Fundo Eleitoral, para ele e para as candidatas inexpressivas que indicou. No total, R$ 2,45 milhões. E Bebbiano, presidente do comitê financeiro do PSL foi quem assinou os cheques de repasse.

Criado o embrulho, Bebbiano procurou desmentir o mal-estar e disse a O Globo que conversou três vezes com o presidente por telefone para mostrar que “não há crise nenhuma”.

Carlos Bolsonaro, o “Filho Pitbull”, foi hoje ao Twitter dizer, com bons maus modos, que “é  uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro para tratar do assunto citado pelo Globo”.

E como se não bastasse, reproduziu gravação de Bolsonaro “despachando” Bebiano, dizendo que “não vou falar com ninguém, a não ser o estritamente necessário. (…) boa sorte aí”.

Laranja madura, ao que parece, vai ficar na beira da estrada.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. A bateção de cabeça não para, para desespero dos bolsominions. Eles acham que é invenção dos comunistas, mas a própria gravação divulgada pelo filho começa com “… ô Gustavo, não vou falar com ninguém…” o que prova que o “bestiano” ligou para ele, sim. Mas tenho uma notícia boa para os bolsominions: a NASA acaba de descobrir cura para a burrice. Basta pegar um liquidificador, polpa de açaí, de goiaba e suco de laranja. Bata tudo e beba, de uma só vez. Feito isso, basta ir para casa estudar. Não cura totalmente a burrice, mas já é possível participar de alguma conversa com argumentos inteligentes.

    1. Cara, a lavagem cerebral nos bolsominions foi grande. Acho que usaram soda cáustica nessa lavagem. Não sobrou um neurônio inteiro.

      1. Eu percebi isto, com tristeza, dentro da minha casa. É difícil entender, apesar de todas as análises até aqui publicadas, como um ser humano, vivendo ao nosso lado, de repente, numa manhã, abre os olhos e diz que tem que torturar os esquerdopatas, que tem que deixar o Lula morrer de sede na cela, que meninos sem norte pedindo no sinal são vagabundos e inúteis, e por aí afora. Que mágica é esta, mais eficiente, talvez, e tão brutal quanto as técnicas de comunicação de Goebbels. Que coisa monstruosa fizeram com este país.

        1. Meu palpite: uma catarse, uma reação passional à expectativa de que o PT tinha que fazer em uma década o que não foi feito em quinhentos anos, como um santo milagreiro, ignorando questões políticas, econômicas e geopolíticas. Mais ou menos como um sentimento de mágoa de alguém que foi traído, ao iludir-se pelo discurso do PT. Em suma, falta de maturidade política de quem espera um salvador da pátria.

          O pior é que em relação ao Boçal Nato, ainda estão na fase da negação sobre o “mito”. Eles ainda esperam por um “Fidel Castro” que ponha ordem nas coisas e revolucione tudo, nem que esse indivíduo seja de extrema-direita.

  2. Briga no Laranjal. Vai sobrar laranjada, mas, fiquem despreocupados: a amarela justiça não irá intervir. Ela só não aceita praga escarlate.

    1. A gravação postada por Carluxo, como todas as armações anteriores, próprias de um energúmeno, grita, berra, confessa urrando que Bolso pai falou, sim, com o Laranjão. O resto é o velho jogo de cena, tão conhecido por esses meandros politiqueiros, onde o pilantra do andar de baixo assume tudo, “mata no peito”, do mesmo modo que fazem quadrilheiros e milicianos quando vão em cana, livrando a cara de seus chefes. É a “lealdade”.

    2. Adorei a citação do livro do Jack London, bom ler algo inteligente em tempos de indigência intelectual no poder. Saudações!

  3. E qual a real importância disso? Na verdade é apenas mais um capítulo da guerra híbrida total, que essas quadrilhas agora empoderadas por meio de uma eleição farsesca e fraudulenta insistem em continuar usando, já que foi bem sucedida no processo eleitoral fraudulento.

    1. E bota fraudulento nisso. Só “não foi” fraudulento porque o Boçal Nato ganhou. Caso contrário, manteria as diatribes pré-eleição, em que o próprio Boçal questionava a lisura das urnas.

  4. Como diria Jessé de Souza, “é fácil juntar um bando de aventureiros para fazer um assalto. Difícil é depois repartir o butim.” Eis o Brasil de hoje… ????

  5. Foi nisso que deu obrigar um povo ignorante e de baixo nível intelectual a tirar título de eleitor e votar.

  6. Briga de foice no CABARÉ presidencial.
    Assisto de “camarotti” !????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

  7. Este é um país azarado: o bozo ia combinar com o bebiano a solução dos problemas que assolam a nação, mudar “tudo isso aí”. Não deu. Mas ainda resta o olavo. E o moro.
    Que desgraça!

  8. O cabaré está em polvorosa. Os garotos da famíglia bozonazi vão patrocinar uma limpeza no PSL, e botar esses intrusos pra correr. o cofre da união é bem fornido, mas quanto menos participantes na partilha, menor é o risco da organização criminosa ser desmascarada.

  9. A Presidencia deixou de ser um INSTITUIÇÃO DE ESTADO, para virar uma casa de mariajoana boçalnazi

  10. Eu quero que essa corja se exploda, parodiando o “Justo Verissimo” criação do imortal Chico Anísio.

  11. nataniel benjamin, bagagem de dejeitos, e realização de exames para dar baixa no hospital. acho que esse coiso anda tomando uns troços forte. nem consegue articular a fala decentemente. pensei que ele ia ter alta, baixa ele teve quando expulso do eb

  12. A quadrilha nem esperou os tais 100 dias para mostrar suas incompetências. Em 40 dias se revelaram o que são.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.