Carona de helicóptero a parentes faz Bolsonaro dar ‘chilique’

Final insólito o da presença de Jair Bolsonaro no aniversário da PM de Goiás – tipo do evento que o ex-capitão não perde – ontem à noite: perguntado sobre o transporte de seus parentes num helicóptero da FAB para o casamento de seu filho embaixaburguer Eduardo, perdeu a paciência e disse que a pergunta da repórter era “idiota”. Diante da atitude digna de outro repórter, que repetiu a indagação, disse que preferia ir ver os parentes, virou as costas e foi embora, irritadíssimo.

Qualquer assessor de meia-tigela o orientaria a responder: “eu não sabia, mandei apurar o gasto e a Aeronáutica vai ser ressarcida”.

É um vôo curto, de 15 minutos, não custaria mais que dois ou três mil reais de combustível e, pronto, estava feito o serviço que o gato faz quando faz…

Quem já trabalhou em assessoria sabe que, mesmo cuidando (e não parece ser o caso), lambanças sempre são feitas e têm de ser desfeitas.

O custo de imagem é infinitamente maior, muito embora tenha energúmenos que culpem a imprensa por perguntar o que tem de ser perguntado.

Certo?

Não, errado.

O marketing de Bolsonaro é justamente esse: o do estúpido, do grosseiro, o do “vou dar filé mignon pro meu filho, talquei?”.

É a parcela da população que foi brutalizada, que passou a apreciar o grotesco, ao mesmo tempo que achava um horror ter um “paraíba” na Presidência.

Prefere um cavalo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Não fui convidada para o casamento do embaixaburguer.
    Será que ele preparou hamburgueres para os convidados?
    Seria chiquésimo. Afinal, ninguém deve fazer hamburgueres tão valorizados quanto os dele.

  2. Isso vai além da brutalidade e da ignorância . É ter certeza como presidente pode tudo , até a irracionalidade .

  3. Mas lembremos que a inveja é um sentimento poderoso.
    Muito maior que o poder da fé, creio.
    Inicialmente os bostonauros podem apoiar o “avança” na coisa pública, mas a inveja os fará alterar radicalmente.
    Vejo isso como um fato, assim como, quem deu o golpe em Dilma foram os militares. Todos amiguinhos dos Istaduszunidos e Israel.

  4. URGENTE
    Turma do nordeste, usar avião da FAB para levar parentes a casamento de filho é crime de responsabilidade do presidente da república por improbidade administrativa. Ou seja, é mais um crime para a nossa lista.
    Vide art. 37, da CF – Princípio da Moralidade; Lei 1079 Crimes de responsabilidade do Presidente da República – art. 4, V – Improbidade na Administração c/c Inciso 7 – Proceder de modo incompatível com a dignidade , a honra e o decoro do cargo e art. 9, inciso 7 – Expedir ordens ou fazer requisição de forma contrária às disposições expressas da constituição..

    1. Talquei, é crime. E daí? Quem vai processar o projeto de ditador?

      O STF? O Congresso Nacional? A PGR de mrs Dodge?

      1. Se todo mundo pensar como você estamos todos ferrados. Saiba que as cordas têm um limite para serem esticadas. Todo ditador um dia cai. E esse ‘daí’ vai cair muito mais cedo do que você pensa. É só aguardar quietinho no seu camarote.

  5. Sei que minha memória e meu senso de equilíbrio só me trazem problemas, mas não posso deixar de mencionar que o Lula mandava jatinhos da fab a São Paulo para buscar os netos para passar um fim de semana no Alvorada… que tinha um canteiro com o símbolo e as cores do pt criado e cultivado pela Dna. Marisa. Ambas as atitudes da família Da Silva e Bolsonaro são horripilantes e devem ser execradas por qualquer pessoa que tenha um mínimo de vergonha na cara. Afinal, como presidentes eles não passam de funcionários públicos número 1 que deveriam dar o exemplo de sobriedade e respeito à coisa pública.

    1. Saudosa Marisa Letícia enfeitava o jardim com flores multicoloridas flores da época diga-se. E as antas dos dois últimos presidentes que removeram peças de arte e cultura, trocaram os tapetes e as cadeiras do palácio. Só ações que foram vazadas… E as outras que não se sabe? Mentira sua que Lula mandava jatinhos da presidência buscar os netos em São Paulo para fins de semana em palácio.

    2. Sem falar nos 40 quilos de cocaína transportados no avião suporte da viagem do bozo. Tem alguém investigando ? Foi falta de sorte, né ? Em outras viagens similares eventualmente tiveram muita sorte ! O que você diz.? E mais. Cadê o Queiroz ?

    3. Como bem explicou o sociologo Gilberto Freyre, no Brasil sempre foi diluída a separação entre o “público e o privado”. Isso desde os tempos coloniais……Começou com o tipo de colonização do país (colonização de exploração) e se estruturou em todo o processo civilizatório posterior. Quem lê os grandes escritores brasileiros percebe que tais práticas sempre existiram….mudando apenas os personagens. É todo um processo sócio cultural que lentamente vai se desenvolvendo ao longo do tempo….Nosso país ainda tem muito que evoluir.

  6. É o tal negócio. Fizeram campanha do vamos acabar com a mamata quando deveriam ter dito: vamos acabar com a mamata deles porque agora é a nossa vez. Fizeram campanha do vamos defender a família quando deveriam ter dito: vamos defender a nossa família.

    1. Se resume no “escola sem partido”, sem o partido dos outros, já o meu…

  7. Este bosta, este macaco acha que pode fazer quiser sem ser indagado… pode dar piti seu lixo cagão, passe a levar biombos dobráveis para se isolar do povo, da imprensa, assim quem sabe, conseguir fugir de questionamentos. Déspota lambe saco de americanos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *