Caserna para maiores

Garoto, criado nos tempos da ditadura, jamais imaginei viver para ver os militares serem desmoralizados como estão sendo.

Pior, por vontade própria, por iniciativa daqueles que os bajulam e aos quais se aliaram para chancelar esta vergonha que se tornou o Brasil.

O tuíte do ex-ator pornô Alexandre Frota, agora dedicando seu talento ao mandato de deputado federal, posando ao lado do comandante militar do Sudeste, general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, mostra-o assumindo a defesa dos militares brasileiros contra a “ameaça estrangeira” de Olavo de Carvalho, com direito a “grito” de Selva! e emojis de “faca na caveira”…

E que o general ainda fosse responder, agradecendo “pelo prestígio de sair nessa foto a seu lado!!”

Sinceramente, vou me proibir de fazer qualquer análise sobre o pensamento militar no Brasil, pois já não guarda qualquer semelhança com o que conheci, na juventude e na maturidade.

Naquele tempo, um troço assim era mexer com os brios do Exército. Agora, não mexe mais.

Talvez por falta do que ser mexido.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

68 respostas

  1. Respeito opinões em contrário,mas,essa foto é a síntese das forças armadas brasileiras AO LONGO DA SUA HISTÓRIA, UMA ORGANIZAÇÃO PORNOGRÁFICA EM CONTRA DO BRASIL.
    Não deixa de ser salutar,a um custo altíssimo ,ver a máscara desses símios fardados caindo ,para as maiorías,pra mim não,sempre ví a face deles.

    1. Parece que faz tempo que as nossas(????) forças armadas não são mais nossas, são deles (imperialistas norte-americanos). Essas forças armadas não estão a serviço do Brasil, se tivessem elas tinham defendido Lula e Dilma contra os entreguistas que estão destruindo o Brasil. O que eles querem mesmo é manter seus privilégios e se chamados pelas elites, eles farão o serviço sujo de matar civis brasileiros que defendem a soberania nacional. Prá que pagar por uma força armada medíocre e antinacional?

      1. desde 1964 são assim. Nunca mais mudou. Nesse caso, Brito também está errado, pois desde 1964 são entreguistas e anti povo

    2. Parece que faz tempo que as nossas(????) forças armadas não são mais nossas, são deles (imperialistas norte-americanos). Essas forças armadas não estão a serviço do Brasil, se tivessem elas tinham defendido Lula e Dilma contra os entreguistas que estão destruindo o Brasil. O que eles querem mesmo é manter seus privilégios e se chamados pelas elites, eles farão o serviço sujo de matar civis brasileiros que defendem a soberania nacional. Prá que pagar por uma força armada medíocre e antinacional?

  2. Respeito opinões em contrário,mas,essa foto é a síntese das forças armadas brasileiras AO LONGO DA SUA HISTÓRIA, UMA ORGANIZAÇÃO PORNOGRÁFICA EM CONTRA DO BRASIL.
    Não deixa de ser salutar,a um custo altíssimo ,ver a máscara desses símios fardados caindo ,para as maiorías,pra mim não,sempre ví a face deles.

  3. Exército Brasileiro?Ora, a ÚNICA COISA QUE SABEM,É DAR “ORDEM UNIDA”.E RECEBEREM DOS COFRES PÚBLICOS, SEUS ALTOS SALÁRIOS.Fora disso,JURAR A BANDEIRA,que confundem com a BANDEIRA ESTADUNIDENSE.Se puxa saquismo doesse, eles não paravam de gritar.

  4. Brito, é muito golden shower na cabeça dos milicos e dos laranjas. Não há mais espaço para dignidade ou respeito pela nação, os caras instalaram um regime “laranjal sodoma e gomorra”. LIXO

  5. O Brasil de Bolsonaro virou uma Casa Verd, como disse o Brito, mas um set de filme pornochanchada

  6. Se cobrir vira circo, se cercar vira hospício, porém, se deixar como está…é o Brasil de hoje.

    1. Esse milico está perdidinho coitado, está pior que a facção olavista, e esse ator com um dote artístico pequeno para o meio em que trabalhava é peixe avulso no cardume bolsonarista.

  7. General amigo de ator de filmes impróprios, e agradecendo. É ! o mundo realmente está mudando.

    1. Amigo acho que só estamos vendo agora o mundo real dos nossos milicos. São fracos e nada patrióticos.

  8. Um contragolpe militar democrático é um sonho bom demais para um país com uma história e uma perspectiva de futuro tão deploráveis quanto o Brasil.
    Um fato é certo, não vai dar pra viver neste país, desse jeito, por muitos anos mais. É preciso pensar, pesquisar, estudar seriamente uma migração.

    1. Não concordo com a sua ideia ,militares deveriam estar guardados nos quartéis a espera de um inimigo EXTERNO tentar invedir o país.
      Outra função pra eles,intromissão na política como vc sugere ,é ilegal,imoral e defender isso é um tiro no nosso pé.
      Revolta popular é o único aceitável democraticamente falando para interromper o sangramento.
      Que ela nunca acontecerá ? é provável ,mas ,o outro é pior.
      As pessoas e por extensão os povos aprendem pelo intelecto ou pelo sangue.Se não aprenderem,desaparecem ,não mereciam continuar vivos.

  9. Comandante militar agradecendo ao Alexandre Frota por uma foto ao seu lado? Sempre que acho que já chegamos ao fundo do poço, aparece outro buraco.

    1. Bem.. A situação é mesmo espantosa… Mas isso não deve nos impedir de procurar entender o que se está passando no núcleo do governo de nossa estranha extrema direita anti-nacionalista. Os militares estão colocando limites à execução das metas do sistema de poder Olavo/Bolsonaro. Os militares, pelo que dão a entender, vão impedir muitos dos intentos daquele sistema de poder, ofuscando seu objetivo máximo que é sem qualquer sombra de dúvida tentar levar o Brasil tão longe quanto possa para trás, no atraso civilizatório e no subdesenvolvimento. E o mais importante, os militares impediram o desenrolar da meta tática principal daquele sistema de poder, que seria a guerra na Venezuela, guerra essa que deveria desembocar em permanente ausência de paz no nosso continente. Nunca mais teríamos paz deste lado do mundo. A paz que tanto temos buscado, cultivado, mantido e prezado, deveria ir para o espaço segundo os desígnios olavistas/bolsonarianos. Não resta qualquer dúvida de que o Bolsonaro vai amanhã aos States buscar apoio real contra os militares brasileiros. E não resta qualquer dúvida que os militares vão resistir em suas posições, porque têm como resistir.

      1. Sempre considerei suas postagens lúcidas. Mas parece que a maconha estragou. A não ser que a conta tenha sido clonada.

        1. Eh, eh, eh… Você verá em muito breve que tenho razão. Mas ajudaria, se você dissesse exatamente em que ponto ou pontos considera que viajei na maionese, Aí, nós aqui poderíamos argumentar sobre tais pontos, ou reconhecer que você tem razão. Só lhe digo uma coisa: Quando um general como o Mourão, vice-presidente, vai à reunião do tal Grupo de Lima na qual se definiria a intervenção militar contra a Venezuela, e diz “não” a esta intervenção que vinha sendo defendida a todo custo pelo governo Olavo/Bolsonaro, através de seu chanceler, que ficou desautorizado na reunião e saiu de rabo entre as pernas, é porque este general tem consigo todo o peso daquilo que chamam de tropa, enquanto o governo bolsonariano ficou, sim, desautorizado e humilhado. O Alexandre Frota tem razão quando diz que há um choque de forças entre os militares e o governo Olavo/Bolsonaro. A interferência militar é que está fazendo o Olavo arrancar os escassos cabelos, e não alguma diferença séria entre ele e seu parceiro Bolso, como muitos estão equivocadamente acreditando. As coisas dentro do governo se estão decantando com rapidez em dois polos diferentes, e Bolsonaro vai tentar buscar fortalecer seu polo de poder na única fonte que considera possível de lhe dar força, ou seja, nos Estados Unidos. Vai descobrir que Trump não tem como enquadrar os militares brasileiros.

          1. Mas essa conta não fecha, pq os militares também agiram de maneira extremamente antinacionalista. Seja com a aceitação da venda da Embraer, com a perda do sistema de exploração do pré-sal com conteúdo nacional e como fiadores da prisão de Lula, ameaçando o STF. A conta não fecha. A única coisa é que Bozo é destrambelhado demais. Ingovernável. E, por isso, apenas isso, querem derrubá-lo. Não é uma questão civilizatória, apenas de sobrevivência.

          2. Começa pelo fato de que os militares se dividem em dois blocos: Há os militares chamados “linha-dura”, que fizeram juramento eterno de combate a tudo o que, na cabeça deles, possa parecer com comunismo. Nesta cegueira contra o comunismo, acabam confundindo os Estados Unidos com o supremo baluarte da liberdade, da democracia e dos princípios mais sagrados da Humanidade, para todos os povos do mundo. E há os outros militares, que são nacionalistas, e que são chamados pelos primeiros de “comunistas”. Depois, há sinais evidentes de que alguns milicos importantes foram fortemente contra a entrega da Embraer. Apenas, não conseguiram evitar o acontecido. Mas ainda há esperança de que a parte militar da em´presa fique no Brasil, embora não esteja claro como.

          3. Começa pelo fato de que os militares se dividem em dois blocos: Há os militares chamados “linha-dura”, que fizeram juramento eterno de combate a tudo o que, na cabeça deles, possa parecer com comunismo. Nesta cegueira contra o comunismo, acabam confundindo os Estados Unidos com o supremo baluarte da liberdade, da democracia e dos princípios mais sagrados da Humanidade, para todos os povos do mundo. E há os outros militares, que são nacionalistas, e que são chamados pelos primeiros de “comunistas”. Depois, há sinais evidentes de que alguns milicos importantes foram fortemente contra a entrega da Embraer. Apenas, não conseguiram evitar o acontecido. Mas ainda há esperança de que a parte militar da empresa fique no Brasil, embora não esteja claro como.

          4. Vc é otimista demais. Mas mesmo que você esteja certo. Saiba que a política desses militares continua sendo oligárquica, autoritária e economicamente concentradora. Não há lugar para pobres, nem reforma agrária, nem liberdade de pensamento nas escolas.

          5. Fernado Brito, me desbloqueia aí… mil anos posto aqui e isso continua…

          6. Entendi seu ponto de vista, mas Mourão não pode ser elevado à condição de herói , nem os militares que estão sendo defensores de uma ideologia e não defensores da Pátria. Os militares brasileiros já se auto-enquadraram ao permitirem e fomentarem a entrega do pré-sal, Embraer, segredo do pró-sub, ofertarem a base de Alcântara e pressionarem o STF contra o PT.

          7. Onde está escrito formalmente que os militares permitiram a entrega do pré-sal? Que documento foi assinado por eles permitindo isso e aquilo? Onde está a prova de que eles ofertaram a base de Alcântara? Não queremos ser defensores de militares, apenas devemos ter cabeça fria para tentar entender todas as nuances do jogo. Elas, as nuances, não são muito fáceis de entender. É muito fácil esculachar militar, jogá-los no mesmo saco dos destruidores do país e pronto, ficar com a consciência leve. Saiba você que o plano de dominação total do Brasil não incluía de forma alguma dar aos militares mais do um papel de executores de uma política repressiva e amedrontadores dos outros poderes da República. O general Mourão ter despontado como vice-presidente foi como se eles, os militares, colocassem um pé na porta, impedindo-a de fechar. E essa porta era a dominação total do Brasil por aqueles que não querem que ele tenha qualquer protagonismo econômico e geopolítico independente. Pode ser que o sistema de dominação venha a dobrar e engolir os militares, mas até agora isso não aconteceu, nem há sinais de que poderá acontecer..

          8. Infelizmente, tenho que discordar. A embraer já é realidade. Foi entregue. Acabou. O pré-sal se foi. Pelo menos o sistema de partilha do PT. Acabou. Convidaram o exército americano para treinar na Amazônia. Tem comandante brasileiro sendo comandado direto pela Casa Branca, no exército do Sul. Onde está esse nacionalismo ou pé na porta? Não consigo ver.

          9. Há sinais evidentes de que milicos foram fortemente contra a entrega da Embraer. Apenas, não conseguiram evitar o acontecido. Mas ainda há esperança de que a parte militar da empresa fique no Brasil, embora não esteja claro como.

          10. ESPERO QUE VC. ESTEJA CERTO
            muito complicado pra gente compreender tudo, já que pouco (ou nada) sabemos dos bastidores dessa história

          11. mas pensa comigo

            so o VillasMaus faz tuite “no limite” para pressionar o STF não soltar Lula – porque se cala em todas as outras questões?

            Pré-sal e Embraer já foram entrregues
            Lava Jato está de coluio com a turma dos EUA
            e generais quietos ou aparecendo em lives ridiculas ao lado do traste – é essa a verdade

          12. Ele então, o Vilamaus, estava neste caso sendo executor perfeito de uma política de amedrontar outros poderes, como escrevi lá em cima. Mas agora, eles, os milicos, dão a entender que não querem mais ser apenas executores. Eles querem ser formuladores de políticas. Daí vem sua rusga com o eixo {bolsonariano/olavista/lavajatista} de poder.

          13. em outras palavras – eles decidem desde sempre

          14. Você acha então tudo normal? Que tudo ocorreu sem a aquiescência, apoio e ordem dos militares? Dilma caiu, Lula foi preso, Temer assumiu, entregou o pré-sal e o ministro do exército na época do julgamento do Lula ameaça o STF e foi tudo normal? A velhinha de taubaté também acha. Desculpe ter falado que você fumou maconha estragada. Você defende os milicos a pleno pulmões e mente. Vade retro.

          15. Escrevi acima:
            “Saiba você que o plano de dominação total do Brasil não incluía de forma
            alguma dar aos militares MAIS DO QUE UM PAPEL DE EXECUTORES DE UMA POLÍTICA
            repressiva e amedrontadores dos outros poderes da República”. Se eles eram executores de uma política de reprimir e amedrontar os outros poderes, evidentemente eles eram aquiescientes e apoiadores de tudo o que aconteceu. Mas não foram eles que deram o pré-sal aos americanos. Eles não eram formuladores da política, apenas executores. A briga entre eles e o eixo {bolsonariano/olavista/lavajatista} de poder agora é exatamente por isso: Os milicos querem deixar de ser meros executores e partir para ser formuladores. Entendeu?

            Não estou defendendo milicos zorra nenhuma. Apenas tento entender o que está a acontecer, sem me deixar cegar por opinião pré-concebida.

          16. Vamos encerrar assim: Não se trata de opinião pré-concebida. Tratam-se de fatos. Passar bem.

          17. Não lhe reconheço com poder de encerrar a discussão do modo que você quer. Não queria, mas sou obrigado a dizer que desconfio demais de quem posta em blogs de esquerda tentando impedir qualquer tipo de aproximação entre militares e a esquerda. Tem muita gente de direita e extrema direita interessado nessa eterna briga, e em fomentar um ódio recíproco. Cavar uma guerra eterna e uma trincheira intransponível entre os militares brasileiros e a esquerda, é uma das grandes metas do vasto programa de destruição do país.

          18. Não espero seu reconhecimento em nada. Quem anda puxando o saco de milico não sou eu.

          19. Alecs, a mim não ficou claro o que você chamou de “metas de poder” do Bozzo e do astrólogo e por qual motivo uma guerra com a Venezuela seria a tática utilizada para efetivá-las.
            Qual seria a estratégia, além de manter uma continua “ausência de paz” no continente?
            Em que o casalzinho fascio-astrólogo ganharia com isso?
            Obrigado e saudações.

          20. Há uma determinação americana de não permitir o crescimento do Brasil. E de, se possível, promover a divisão do território brasileiro. Um senador americano disse sobre o Brasil, no começo do século XX: “Não podemos permitir o surgimento de um novo Japão em nosso pátio dos fundos”. Isto vem desde os tempos da independência, em 1824, quando mandaram armas para os separatistas da Confederação do Equador, e o navio que trazia as armas foi afundado em Recife pela marinha brasileira. É dentro desta determinação que age o poder Olavo/Bolsonaro, para tentar levar o Brasil a ser um insignificante país produtor de matérias primas que nem sequer seja dono destas mesmas matérias primas. Elas todas, inclusive no agronegócio, vão pertencer a gigantes internacionais, e os brasileiros não vão passar de seus empregados. Concomitantemente, há uma coisa chamada de Plano Cebrowski, que consiste em preparar a destruição de vários estados na Bacia das Caraíbas, incluindo a Venezuela. O Brasil teria, com a eleição de Bolsonaro, um papel fundamental nesta destruição de ordem continental. Antes da eleição, o general Mourão aparecia como grande entusiasta desta guerra de destruição, enquanto o Bolsonaro aparecia como apaziguador, dizendo que o Brasil não iria promover guerra nenhuma, e que o Mourão falava demais. Depois da eleição, os papéis se inverteram: Bolsonaro ficou sendo o belicista, e o Mourão concretamente evitou, na reunião do Grupo de Lima, a guerra com a Venezuela. Esta posição do Mourão não era esperada pelos Estados Unidos, e agora certamente vão tentar isolar o Mourão do resto dos militares e vão tentar recuperar a influência decisiva da opinião das Forças Armadas. Conseguirão? Tudo indica que o Mourão está solidamente respaldado pelas Forças Armadas. Veja mais sobre isso em: https://jornalggn.com.br/america-latina/os-estados-unidos-preparam-uma-guerra-entre-latino-americanos-por-thierry-meyssan/ Apesar de se achar que os militares brasileiros são caudatários dos americanos em tudo, parece que este alinhamento tem um limite, além do qual se impõe um certo nacionalismo. Isto já aconteceu antes, com as posições do General Geisel.

        2. Então, entre outras, os militares impuseram ao judiciário manter prisão do Lula e apoio incondicional para eleger Bolsonaro. Permitindo várias tramoias, como provas das fakes em campanha, denúncia d laranjas, etc para garantir a posse..etc. Ou seja, se o país esta assim, desde o impeachment, e por força dos militares….eu hein!!!

  10. Isso não é de espantar ,pois como os milicos sempre tiveram QI bem abaixo do cidadão médio, e com a entrada do Brasil na IDIOCRACIA com primazia, certamente eles com seus intelectos quase infantis, estariam na liderança desse mergulho profundo nas águas da estupidez.

  11. O Gal. Heleno não estava nesta quinta ao lado do Energúmeno Mor, que numa live de facebook o sujeito falava pra rasgar a caderneta do SUS porque aparecia uma camisinha sendo posta num pênis ereto? ( ui…isso deve dar comichão no sujeito). Um gal. se prestar a isso…PQP

  12. Parece qye cérebro anda em desuso no exército hoje em dia. Vergonha nacional por todos os lados.

  13. Carambaaaa !
    Se esse general representa o pensamento do nosso exército estamos fú mesmo.
    Um cérebro de ameba como o do porno-deputado dá PRESTÍGIO ao generaleco?
    E esse povo que dizia que para chegar a general um cara estudava muito…

  14. Esse relacionamento recente do ator pornô com o general comandante militar do Sudeste, pode ser bem promissor para ambos.

  15. Deus do ceu! Eu ficaria morto de vergonha se por algum infortúnio acontecesse numa mesma foto esse ex-ator pornô e eu…

  16. Oi Fernando! Meu comentário está pendente há 2 horas, enquanto outros estão publicados há 1 hora. Esqueceu de mim?

  17. A nossas Forças Armadas, especialmente o Exercíto, são um antro de imbecis!…Foram e são educados pra isso!…
    Vamos ter que articular com o setor minoritário de lá!….

  18. Só lamento pelo honrados militares que conheci e que nunca aceitaram transformar aquela instituição em mula de projetos entreguistas e neo-liberais. Essa foto e esse comentário fariam corar meu padrinho que é coronel da reserva… VERGONHA. Onde vamos parar?

  19. Muitos Oficiais do Exército (principalmente), mesmo que aposentados – não importa, atacaram Governo Dilma e depois o candidato Fernando Haddad de forma covarde e imbecil (taí na internet pra demonstrar que essa tal formação de Colégio Militar é uma farsa) e nunca li nada a favor.
    QUANTO ao entreguismo está na cara “a omissão” e vídeos do General Mourão e do Presidente Capitão favoráveis a entrega da Amazônia.
    O Marechal Floriano de Lima Brayner – Comandante da FEB – em seu livro “A verdade sobre a FEB”, lançado em 1968, critica a QUINTA COLUNA https://uploads.disquscdn.com/images/a214bf81d5bd21d062def678fce4a4a53ed207e8de64f7fab1f4aa02446e6997.jpg

  20. General Geisel de estar se revirando no túmulo, talvez até vomitando em ver no que se tornaram Generais.

  21. Tem muita gente iludida com os militares…
    Os que estão aí com Bolsonaro entregaram a Embraer e o pré-sal. Vão “flexibilizar” a posse de terras (principalmente nas áreas com minerais valiosos) e a Base de Alcântara. É questão de tempo negociarem o “enriquecimento do Urânio”…
    Eu, como sou ignorante, tenho só um nome pra isso: TRAIDORES.

  22. Este vagabundo não era aliado do Bozo? Mudou de lado? Bem, convenhamos, mudar de lado é com ele mesmo… cara mais escroto. E este exército? Exército??? Como diria Bento Carneiro, vampiro brasileiro, cuspe cuspe…

  23. e não é q o olavo tem alguma lucidez qdo afirma q os milicos estão totalmente deslumbrados pela recém chegada visibilidade?! A AMAN é um ralo de dinheiro público formando doutrinados teleguiados pelos eua, não tem um que se salva e são como as cobrinhas da medéia/medusa, todos em um uníssono entreguista.. não tem um q destoa…lá se foi a embraer e agora alcântara…O pior é a desesperança q bate de q podemos nunca mais nos livrar dos frotas, dos ramos, dos bolsonaros, dos olavos, das damares…. é muito pra minha pobre cabeça…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.